Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Aeroviários da Latam ameaçam paralisação às vésperas da Copa

Sindicatos dos empregados do grupo Latam estão reunidos hoje (12) e amanhã (13), na sede do ITF

Avatar

Publicado

Turistas que se preparam para vir ao Brasil durante a Copa do Mundo, principalmente da América Latina, podem sofrer os impactos de uma paralisação na empresa Latam, que reúne a chilena Lan e a brasileira Tam. Mesmo os passageiros internos correm o risco de serem atingidos por uma eventual greve, pois o sistema aéreo é encadeado e o atraso em um voo acaba prejudicando o outro.

Sindicatos dos empregados do grupo Latam estão reunidos hoje (12) e amanhã (13), na sede da Federação Internacional dos Trabalhadores de Transporte (ITF), no Rio de Janeiro, debatendo os problemas da categoria e definindo o que será feito. O secretário de Aviação Civil da ITF, Gabriel Mocho, disse que a chance de haver paralisação da categoria, justamente na época da Copa, é real.

“Estamos tentando, nos últimos meses, um diálogo direto com a gerência regional da Latam, para evitar problemas, mas só encontramos negativas da companhia, que não quer dialogar com os sindicatos. Não é nosso desejo afetar os passageiros, ainda mais na Copa do Mundo. Mas o tempo está acabando. [Se não formos recebidos], isso certamente pode levar à paralisação”, advertiu Mocho.

A Latam possui cerca de 55 mil empregados e 700 aviões. Segundo os sindicalistas, a companhia já tem contratados para a Copa mil voos fretados, inclusive da Europa. Além do Brasil, onde está representada pela Tam, a companhia está presente na Argentina, no Chile, Peru, Equador, Paraguai e na Colômbia. Os serviços de manutenção das aeronaves estão concentrados no Peru, justamente onde a empresa encontra a maior resistência dos trabalhadores, pelo baixos salários pagos aos mecânicos. Por mês, os funcionários peruanos são responsáveis pela verificação e conserto de 70 aeronaves, 16 delas da Tam.

Para o presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac), Sérgio Dias, o maior problema é referente aos aeroviários, funcionários que trabalham em terra. “Os mesmos trabalhadores, em países diferentes [da companhia], recebem quase a metade do salário [em comparação aos outros colegas]. Quanto à Tam, a empresa ainda não fechou a convenção coletiva em relação aos aeroviários. E algumas empresas, ainda que terceirizadas, estão retirando direitos dos trabalhadores, com aumento da carga horária. Esses funcionários são responsáveis pela bagagens, pelos guichês de embarque e pelas rampas, o que pode ocasionar atrasos e até cancelamentos de voos”, disse Dias: “Existe uma inquietude de todos os aeroviários, não apenas dos ligados à Tam. É um movimento generalizado”.

Procurada, a assessoria de imprensa da Tam divulgou nota de apenas uma linha, sem se posicionar detalhadamente sobre as reivindicações dos trabalhadores: “A Tam informa que não há ameaça oficial de greve neste momento”.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Amigos e parentes pedem orações para Genésio Cavalcanti, que segue internado na UTI com Covid

O Poeta precisou ir para o leito de tratamento intensivo na segunda-feira (18).

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)

Amigos e parentes usaram as redes sociais para desejar melhoras ao poeta, cronista, contista e aforista, Genésio Cavalcanti, 61 anos , internado no Hospital Regional de Palmares (HRP), após complicações causadas pela Covid-19.

O artista, deu entrada no hospital e precisou ir para um leito de UTI (Unidade de terapia intensiva) na segunda-feira (18) de acordo com informações divulgada nas redes sociais.

Genésio é autor de várias obras como Noites Ensolaradas, Poéticas de Amor, Alma de Poeta e Tempo de Amar.

O cantor Marquinhos Cabral, pediu orações aos seus seguidores em seu perfil em uma rede social. “Caríssimos amigos bom dia. Venho aqui pedir orações pela saúde de meu cunhado O POETA Genésio Cavalcanti. O mesmo encontra-se internado na UTI do HRP. Foi diagnosticado com covid19 e necessita de orações nesse momento.”, escreveu.

PERNAMBUCO COVID-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (20/01), 1.770 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 53 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.717 (97%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 244.814 casos confirmados da doença, sendo 30.437 graves e 214.377 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 209.502 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.822 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 190.680 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 39 novos óbitos (22 masculinos e 17 femininos), registrados entre os dias 30/11/2020 e 18/01/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Araripina (2), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (1), Caruaru (2), Cupira (1), Escada (1), Frei Miguelinho (1), Garanhuns (2), Goiana (1), Jataúba (1), Olinda (3), Ouricuri (1), Petrolina (1), Recife (16), Ribeirão (1), São Caitano (1), São José da Coroa Grande (1), São Lourenço da Mata (1) e Terra Nova (1). Com isso, o Estado totaliza 10.098 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 21 e 92 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (4), 60 a 69 (7), 70 a 79 (14) e 80 ou mais (9). Do total, 33 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (14), diabetes (13), hipertensão (10), obesidade (8), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença respiratória (4), doença hepática (2), câncer/histórico de câncer (2), AVC (2), doença renal (1), etilismo/histórico de etilismo (1), doença neurológica (1) e imunossupressão (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Continuar Lendo

Cotidiano

Vacinas chegam a 100% dos municípios Pernambucanos

Primeira fase beneficiará idosos em instituições de longa permanência, pessoas com deficiência institucionalizadas, índios aldeados e trabalhadores da linha de frente do enfrentamento da Covid-19.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

Todas as cidades de Pernambuco estão em posse das vacinas, destinadas para essa primeira etapa da vacinação contra a Covid-19. Na manhã desta quarta-feira (20), cinco cidades da Mata Norte fizeram a retirada do imunizante na XII Gerência Regional de Saúde (Geres), com sede em Goiana, totalizando os 184 municípios pernambucanos e o arquipélago de Fernando de Noronha. As doses estavam disponíveis para retirada desde a última terça (19).

“Reforço a importância de todos seguirem as recomendações pactuadas para beneficiar, neste primeiro momento, os idosos em instituições de longa permanência, pessoas com deficiência institucionalizadas, índios aldeados e os trabalhadores de saúde de UTI e enfermarias Covid ou, de acordo com a realidade de cada cidade, a gradação de serviços que atuam na linha de frente do enfrentamento”, disse o secretário estadual de Saúde, André Longo.

.:: Leia também: Vacinação contra a covid-19 já começa em cidades da Mata Sul

.:: Leia também: Saiba quantas vacinas da Covid-19 são destinadas a cada município da Mata Sul

O secretário também destacou a agilidade da entrega das vacinas para todas as 12 Geres, 18 horas após a chegada da primeira remessa do Ministério da Saúde. “Isso ratifica a expertise que ganhamos ao longo de diversas campanhas de vacinação e o trabalho dedicado das nossas equipes para começar com agilidade a proteção dos pernambucanos contra o novo coronavírus”, afirmou.

O gestor ainda reforçou o apoio da Secretaria de Defesa Social (SDS), incluindo servidores das Polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros Militar, para garantir a segurança das entregas.

*Com informações Portal Folha de Pernambuco.

Continuar Lendo

Cotidiano

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

Kamala Harris fez o juramento e é a nova vice-presidente do país

Redação PortalPE10

Publicado

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos – (Foto: Andrew Caballero-Reynolds/AFP)

O democrata Joe Biden tomou posse, nesta quarta-feira (20), como 46º presidente dos Estados Unidos, em cerimônia marcada pela pandemia e ausência de seu antecessor Donald Trump, que deixou Washington poucas horas antes para a Flórida.

Biden, de 78 anos, prestou juramento às 11h50 (hora de Washington; 13h50 em Brasília) perante o presidente da Suprema Corte, John Roberts, em cerimônia solene diante do Capitólio.

O ato foi marcado pela pandemia e pelas fortes medidas de segurança após a tomada do prédio do Congresso no último dia 6 de janeiro.

“Hoje é um dia de história e esperança. Hoje é o dia dos Estados Unidos. A democracia prevaleceu”, disse Biden em seu discurso de posse, no qual pediu a “unidade” do país e prometeu ser o presidente de todos os americanos.

No discurso, o democrata ainda afirmou que irá defender a constituição, a democraria e os Estados Unidos. “Darei a vocês tudo o que posso a serviço do povo. Juntos, construiremos uma história de luz e não de sombras, de decência, de dignidade e de amor”, disse Biden.

Os Estados Unidos enfrentam “a ascensão do extremismo político, a supremacia branca, o terrorismo doméstico, que é algo que devemos enfrentar e que vamos derrotar”, disse Biden

Pouco antes do juramento de Biden, Kamala Harris foi empossada como a primeira vice-presidente dos Estados Unidos, tornando-se também a primeira pessoa negra de origem indiana a ocupar o cargo.

Harris, de 56 anos, prestou juramento com uma mão na Bíblia perante a progressista juíza da Suprema Corte Gloria Sotomayor, que foi a primeira latina a ser eleita magistrada do tribunal superior.

Kamala Harris, vice-presidente dos Estados Unidos (Foto: Saul Loeb/AFP)

Entre os juramentos, houve a apresentação das cantoras Lady Gaga, que cantou o hino dos Estados Unidos, e Jennifer Lopez.

*Com informações AFP

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.