Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Agora é oficial: Jeep Renegade será 1º “Fiat” pernambucano;Veja os detalhes

Produção em Goiana (PE) deve começar em 2015

Avatar

Publicado

Agora é oficial. O primeiro carro que o grupo Fiat Chrysler fará em Goiana (PE) será o Jeep Renegade, atração da empresa no Salão de Genebra (Suíça), que abre ao público de 6 a 16 de março. O anúncio foi feito pelo CEO mundial da Fiat e da Chrysler, Sergio Marchionne, nesta terça (4), no primeiro dia de imprensa do salão.

Segundo o executivo, o Renegade será produzido na fábrica italiana da Fiat em Melfi, além de ser ainda transferida à China. Ele acrescentou que a produção no Brasil começa em 2015 e na China em 2016. De acordo com Marchionne, o grupo trabalha em diversos projetos de expansão e o sucesso da estratégia depende da capacidade de obter sinergias entre as marcas Fiat e Chrysler e suas estruturas de produção.


O Renegade foi desenhado nos Estados Unidos. Seu objetivo é ampliar a gama da marca Jeep com o objetivo de definir novos padrões para o segmento dos utilitários esportivos compactos. Seu objetivo é oferecer a melhor capacidade off-road de sua categoria, liberdade e comodidade ao ar livre. Traz o primeiro câmbio automático de nove marchas no segmento, motores com baixo consumo de combustível, interior refinado e uma ampla lista de itens tecnológicos.
“O novo Jeep Renegade 2015 se destina ao segmento dos SUVs compactos, em rápida expansão mundial, com níveis de referência em eficiência e dinâmica de condução e ainda entregando a melhor capacidade 4×4 de sua categoria, bem do jeito que os clientes esperam da Jeep”, afirma Mike Manley, presidente e diretor-geral da marca Jeep.

O Renegade 2015 tem previsão de lançamento na Europa para o último trimestre deste ano e, para a América do Norte no início de 2015, importado da Itália. Como nome de veículo, Renegade é inédito na gama Jeep. No passado, ele foi utilizado para identificar versões do Jeep Wrangler e do Liberty. Em 2008 o nome foi usado para designar um carro-conceito apresentado no Salão de Detroit.

O modelo terá à disposição os sistemas 4×4 Jeep Active Drive e Active Drive Low, que incluem o recurso Jeep Selec-Terrain, com até cinco modos: Auto (automático), Snow (neve), Sand (areia) e Mud (lama), mais o exclusivo Rock (Pedra) na versão Trailhawk. O objetivo dessas funções é aprimorar a condução com tração nas quatro rodas, tanto na estrada como fora dela, em qualquer condição climática.

Para quem utiliza ao máximo toda a capacidade off-road de um Jeep, o Renegade tem a configuração Trailhawk, que ostenta o selo “Trail Rated 4×4” e oferece a maior aptidão para o uso fora de estrada dentro do segmento. O veículo traz Jeep Active Drive Low de série, sistema Selec-Terrain com modo Rock exclusivo, altura da carroceria aumentada em 2 centímetros, placas protetoras e ganchos vermelhos de reboque dianteiros e traseiros, para-choques exclusivos com ângulo de ataque de 30.5°, ângulo de rampa de 25.7° e ângulo de saída de 34.3°, além de controle de descida (Hill Descent Control).

Para manter a tradição do lendário Jeep Willys MB 1941, o Renegade 2015 proporciona liberdade a céu aberto com dois sistemas opcionais de teto solar My Sky. Com retirada manual ou elétrica por meio de uma função extra de deslizamento e inclinação, os painéis de teto My Sky trazem rapidamente o ar livre para o interior do carro. Desenhados para serem cômodos, os painéis de teto de poliuretano e fibra de vidro podem ser alojados perfeitamente no porta-malas.

Com suspensão totalmente independente, capaz de até 20,5 cm de articulação das rodas e 22 cm de altura livre do solo, o Renegade faz uso extensivo de aço avançado, resinas compostas e novas simulações de impactos em computador permitem que a plataforma do Renegade 2015 ofereça rigidez torcional de primeira classe e durabilidade típica da marca Jeep. O Renegade é o primeiro Jeep a contar com os amortecedores de frequência seletiva (FSD) da Koni. Esse sistema de amortecimento confere ao modelo as melhores características de aderência no asfalto e de dirigibilidade.

Serão 16 combinações de motores e transmissões. O Renegade 2015 terá a primeira transmissão de nove marchas entre os SUVs compactos. Combinado, por exemplo, com o motor 2.0 diesel MultiJet com o 2.4 gasolina MultiAir2, o câmbio de nove velocidades traz muitas vantagens que os clientes apreciarão, como arrancadas fortes, entrega suave de potência em altas velocidades e consumo mais eficiente, em comparação com uma caixa de seis marchas.

Outra proposta é oferecer soluções tecnológicas antes disponíveis somente em SUVs maiores, tornando-as acessíveis aos clientes da categoria de SUVs compactos, que vem crescendo atualmente. Entre elas estão o Uconnect, com tela sensível ao toque e o maior quadro de instrumentos colorido de sua classe.
A segurança foi prioritária na criação do Renegade, que tem 70 recursos avançados, a exemplo dos sistemas de Aviso de Colisão Dianteira Plus e de Aviso de Saída de Faixa (LaneSense) Plus (ambos inéditos no segmento), do Monitoramento de Pontos Cegos, da câmera traseira ParkView, dos sensores de estacionamento traseiro ParkSense, do Controle Eletrônico de Estabilidade com mitigação de rolagem da carroceria e sete airbags de série.
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Morre Lee Kun-hee, presidente da Samsung

De acordo com comunicado, Lee, que já estava hospitalizado em Seul, passou os últimos momentos ao lado dos familiares, incluindo seu filho Lee Jae-yong — que, com a doença do pai, lidera a Samsung.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O presidente da empesa de tecnologia Samsung, Lee Kun-hee, morreu aos 78 anos neste domingo (25) (horário local), informou a companhia da Coreia do Sul.

De acordo com comunicado, Lee, que já estava hospitalizado em Seul, passou os últimos momentos ao lado dos familiares, incluindo seu filho Lee Jae-yong — que, com a doença do pai, lidera a Samsung.

Não se sabe a causa da morte. Ele foi hospitalizado em Seul em maio de 2014, quando sofreu ataque cardíaco. Lee, então, recebeu um procedimento para evitar a geração de material tóxico nos vasos sanguíneos ao desacelerar o metabolismo. Na década de 1990, o magnata se recuperou de um câncer pulmonar.

“Todos nós na Samsung vamos celebrar sua memória e somos gratos pela jornada que compartilhamos com ele”, diz o texto.

Crescimento da empresa e problemas na Justiça

Nascido em 1942, Lee ajudou a transformar a pequena empresa de seu pai, Lee Byung-chull, no maior conglomerado sul-coreano. Desde que assumiu a liderança da companhia em 1987, ele acompanhou a transição da Samsung como fabricante de televisores rumo à maior produtora de smartphones e chips de memória.

Com isso, o magnata se tornou o homem mais rico da Coreia do Sul, com fortuna estimada em US$ 20,7 bilhões, segundo a Bloomberg.

Lee também se envolveu em problemas com a Justiça envolvendo pagamentos de propinas a ex-presidentes. Um deles, Lee Myung-bak, que governou a Coreia do Sul entre 2008 e 2013, foi condenado em 2018 a 15 anos de prisão por aceitar US$ 5,4 milhões de propinas da Samsung para conceder perdão ao chefe da empresa por sonegação de impostos.

Um dos filhos de Lee Kun-hee, Lee Jae-yong tomou o controle da empresa sem que o pai deixasse a presidência por causa da doença e também se envolveu em problemas na Justiça. O herdeiro foi condenado em 2017 a 5 anos de prisão por pagamento de propinas a outra ex-presidente, Park Geun-hye, que sofreu impeachment. Ele deixou a prisão no ano seguinte.

As relações de Lee com o poder da Coreia do Sul transformaram a Samsung em uma das maiores impulsionadoras do desenvolvimento econômico do país asiático: sozinha, a empresa de tecnologia responde por 20% do capital na maior bolsa de valores sul-coreana.

Continuar Lendo

Brasil

Mega-Sena, concurso 2.312: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 45 milhões

Veja também os números sorteados de mais cinco loterias.

Marcos Philipe Passos

Publicado

Mega-Sena – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.312 da Mega Sena sorteados neste sábado (24) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou, e o valor previsto para quem acertar as seis dezenas no próximo sorteio subiu para R$ 45 milhões. Veja também os números sorteados de mais cinco loterias.

A Mega-Semana da Sorte ofereceu uma chance extra ao apostador, com três sorteios: o primeiro realizado na terça-feira (20), o segundo, na quinta-feira (22), e o último ocorreu neste sábado (24).

Mega-Sena

Os número sorteados foram: 03 – 27 – 39 – 46 – 47 – 60.

A Quina teve 43 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 71.554,38.

A Quadra teve 3.773 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 1.164,98.

Quina

Os números sorteados foram: 27 – 32 – 44 – 46 – 49.

Timemania:

Os números sorteados da Timemania foram: 01, 10, 14, 25, 47, 48, 50.

Time do coração: 76 (Vila Nova – GO)

Lotofácil:

Os números sorteados da Lotofácil foram: 21-05-17-19-09-13-11-12-22-06-07-14-08-04-10.

Dupla Sena

Número do 1º Sorteio: 22 – 24 – 30 – 32 – 37 – 39.

Números do 2º Sorteio: 06 – 09 – 28 – 29 – 40 – 47.

Dia de Sorte

Os números sorteados foram: 05 – 10 – 21 – 25 – 26 – 29 – 31.

Mês da sorte: 04 (abril)

Continuar Lendo

Cotidiano

Em comício, Obama diz que Casa Branca errou na gestão da pandemia

“Essa pandemia teria sido difícil para qualquer presidente administrar”, mas “a ideia de que, de alguma forma, a Casa Branca fez algo além de arruinar tudo é tola”, continuou.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)

(Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, atacou neste sábado (24) o atual presidente Donald Trump por sua gestão da pandemia da covid-19, durante um evento de campanha em apoio ao candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden.

“Oito meses após o início desta pandemia, o número de novos casos continua batendo recordes”, disse o ex-presidente durante um comício democrata realizado em Miami, na Flórida, dez dias antes das eleições de 3 de novembro.

“Essa pandemia teria sido difícil para qualquer presidente administrar”, mas “a ideia de que, de alguma forma, a Casa Branca fez algo além de arruinar tudo é tola”, continuou.

Diante de um público que chegou de carro para um comício realizado na modalidade “drive-in”, Obama, o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos, criticou Trump por não ter um plano de combate à pandemia.

“Donald Trump não vai nos proteger agora, de improviso. Ele sequer é capaz de tomar as precauções mais elementares para se proteger”, disse ironicamente, três semanas após a hospitalização do presidente republicano, que contraiu o vírus.

“Ele sequer reconhece que há um problema”, continuou Obama, em resposta às declarações feitas neste sábado por Trump, que durante um comício na Carolina do Norte previu que, no dia seguinte à eleição, não se falará mais sobre a pandemia.

Este é o segundo ato em poucos dias em que Obama participa em apoio ao seu ex-vice-presidente.

Em Miami, Obama pediu a mobilização massiva do eleitorado democrata da Flórida, um estado-chave que o apoiou em 2008 e 2012, mas no qual Trump venceu em 2016.

“Você me escolheu duas vezes, Flórida. Agora peço que escolha Joe”, concluiu.

*Com informações AFP

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.