Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Aplicativos de táxi investem em parcerias para atrair estrangeiros durante a Copa

Além de campanhas publicitárias ao redor do mundo, startups fecharam acordos com bares e empresas no Brasil.

Avatar

Publicado

Diante das muitas deficiências de mobilidade no Brasil e recentes greves no transporte público, os táxis aparecem como opções mais simples e seguras para os turistas estrangeiros — ainda que custem mais. Para captar essa massa de clientes que chega ao país em busca de futebol, festas e passeios, as startups de serviços de taxi têm atuado de forma ostensiva para mostrar aos estrangeiros os benefícios da corrida sem os transtornos em metrôs e ônibus. Parcerias com bares, hotéis e propaganda no exterior são algumas das formas que as empresas encontraram para mostrar aos europeus, tão acostumados ao transporte coletivo de qualidade, que é possível se locomover no Brasil com certa eficiência, apesar do trânsito intenso das grandes capitais — desde que paguem por isso.

O número de turistas europeus e norte-americanos que chegam ao Brasil aumentou mais de 60% durante o período da Copa do Mundo na comparação com junho de 2013. Para atrair esse novo público, as empresas de aplicativos de táxis adaptaram seus serviços para outras línguas e passaram até mesmo a oferecer cursos de inglês e espanhol on-line para taxistas, como é o caso da 99Taxis.

A startup também fechou acordos com a Paypal e a Accor para a divulgação de seus serviços em guias turísticos para estrangeiros. A Easy Taxi, por sua vez, já funcionava em quinze idiomas diferentes antes da Copa. Com o objetivo de atrair os turistas nos 29 países em que já atua, a empresa produziu um vídeo, no qual taxistas brasileiros convidam passageiros ao redor do mundo para assistir aos jogos de perto.

Já o aplicativo Taximov está traduzido para o inglês e o espanhol e possui uma equipe de atendentes bilíngues tanto no call center quanto no chat.  A Taximov lançou campanhas de divulgação em nove países, sem contar o Brasil, por meio de anúncios na internet. No país, a startup aposta na distribuição de brindes e cartões com Qr code em pontos turísticos estratégicos em São Paulo e no Rio de Janeiro. Com relação à capital paulista, o grupo estabeleceu parcerias com seis bares da Vila Madalena, em que canetas e cartões com Qr code são entregues aos clientes.

Tallis Gomes, publicitário e sócio da Easy TaxiA Taximov está disponível no Android – Play Store, mas não na Apple Store. O aplicativo Easy Taxi pode ser encontrado em todas as lojas de aplicativos nos países em que a empresa atua, enquanto o aplicativo 99Taxis está no Android – Play Store, na Apple Stores e no Windows Phone Store.

Aceita cartão? – Contar com um bom número de taxistas que aceitam cartão de crédito ou débito é outra forma de atrair ainda mais corridas durante a Copa do Mundo. Nas duas maiores cidades-sede da competição, São Paulo e Rio de Janeiro, a Taximov tem mais 3 mil taxistas cadastrados, dos quais aproximadamente 60% aceitam cartão de crédito ou débito. Também considerando ambas as capitais, a 99Taxis possui 31.500 mil motoristas, sendo que cerca de 30% aceitam cartão. No caso da Easy Taxi, a adesão é de 39% em São Paulo e de 25% no Rio de Janeiro. As empresas não informaram o porcentual para as demais cidades-sede. (por VEJA)

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Primeiro dia do Enem tem índice de abstenção de 48,4% em Pernambuco

Dados foram divulgados pelo Inep, na noite deste domingo (17). Ao todo, mais de 312 mil candidatos se inscreveram no exame e 151.535 faltaram. Próximas provas ocorrerão no dia 24 de janeiro.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Candidatos fizeram primeiras provas do Enem 2020, em Pernambuco, neste domingo (17) — (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020), em Pernambuco, teve uma abstenção de 48,4,%. Os dados foram divulgados na noite de domingo (17) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelas provas. A segunda rodada de questões ocorre no dia 24 de janeiro.

No Brasil, a abstenção ficou em 51,5%, a maior de toda a história do Enem. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%, segundo o ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Para ele, o alto índice ocorreu “em parte pela dureza e questão do medo da contaminação [com a Covid-19], em parte de um trabalho de mídia contrário ao Enem muito grande.”

Em Pernambuco, cerca de 312 mil pessoas se inscreveram para o exame de 2020. O número subiu 13,7%, em relação a 2019, quando houve 275.327 candidatos.

Na edição de 2020, 161.356 pessoas fizeram as provas (51,6% do total). Ao todo, 151.535 candidatos não compareceram.

Os testes só foram aplicados agora por causa da pandemia. Por isso, todos os candidatos tiveram que usar máscaras e adotar medidas de distanciamento social.

Para diminuir a quantidade de pessoas nas salas, houve aumento de 84,2% nos prédios, passando de 584 para 1.076, em relação ao Enem de 2019.

O tema da redação do Enem 2020 foi ‘O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira’.

Os candidatos tiveram que fazer um texto dissertativo-argumentativo, apresentar opiniões e organizar a defesa de um ponto de vista.

Para os professores ouvidos pela reportagem, o tema foi considerado “pertinente” e “acertado”, mas os alunos devem ficar atentos à palavra “estigma” para desenvolver a argumentação.

O Enem é considerado o maior vestibular do país, e a nota serve para disputar vagas em universidades e ter acesso a programas de bolsas (Prouni) ou financiamento de mensalidade (Fies).

Neste domingo, os estudantes também responderam a 90 questões de múltipla escolha (45 de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias).

No dia 24, serão 5 horas para responder a mais 90 questões de múltipla escolha (45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias).

Policiamento

Na tarde deste domingo, a Polícia Militar fez um balanço parcial da Operação Enem 2020, em Pernambuco. Segundo o tenente coronel Darlan Bartolomeu, coordenador da ação, o primeiro dia de provas foi marcado pela tranquilidade.

Segundo ele, não houve atraso na entrega das provas e dos cartões. O único problema registrado, informou o oficial, foi com uma aluna. “Minutos depois da prova, ela passou mal”.

Sobre possíveis problemas relacionados a aglomerações e desrespeito a regras contra a Covid-19, o tenente-coronel afirmou que também houve muita tranquilidade.

Continuar Lendo

Cotidiano

Pernambuco ultrapassa a marca de 10 mil mortes provocadas pela Covid-19

Dados foram divulgados no boletim deste domingo (17). Segundo o governo, nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 482 casos do novo coronavírus e 27 óbitos.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

(Foto: Reprodução)

No dia em que o Brasil teve a aprovação de uso emergencial de duas vacinas contra a Covid-19, Pernambuco ultrapassou, neste domingo (17), a marca de 10 mil mortes provocadas pela doença. Os dados estão no boletim divulgado pela Secretaria Estadual de saúde (SES). Nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim, foram confirmados 482 casos e 27 óbitos.

As mortes confirmadas neste domingo ocorreram entre o dia 9 de junho de 2020, sete meses atrás, e a sexta-feira (15). Segundo o governo, desde o início da pandemia, em março Pernambuco registrou 241.087 casos do novo coronavírus e 10.020 óbitos.

Do total de novos casos, 50 (10,5%) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 432 (89,6%) são leves. Dos 241.087 casos confirmados desde o início da pandemia, 30.310 são graves e 210.777, leves. Há ocorrências em todos os 184 municípios pernambucanos e no arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 205.719 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.770 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 186.949 eram casos leves.

Mortes

Foram confirmadas, neste domingo, as mortes por Covid-19 de 14 homens e 13 mulheres. As novas mortes são de moradores de Abreu e Lima (1), Afrânio (1), Carpina (1), Caruaru (1), Itapissuma (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Limoeiro (1), Recife (17) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 10.020 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 34 e 96 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2), 40 a 49 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (4), 70 a 79 (9) e 80 ou mais (9).

Do total, 24 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (18), diabetes (9), doença renal (5), obesidade (4), doença respiratória (2), hipertensão (1), histórico de tabagismo (1) e doença de Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Ocupação de leitos

A ocupação de leitos dedicados à Covid-19, em Pernambuco, neste domingo, está em 77%, sendo 86% das unidades de terapia intensiva (UTIs) e 66% das enfermarias.

Testagem

Desde março, foram realizados 1.019.538 testes para detecção do novo coronavírus em Pernambuco.

Continuar Lendo

Cotidiano

Pernambuco receberá cerca de 270 mil doses da vacina contra a Covid-19 no primeiro lote

O primeiro lote irá garantir as duas doses da imunização para 129 mil pessoas entre profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos que vivem em asilos e indígenas aldeados.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

O Governo do Estado anunciou, neste domingo (17), que Pernambuco receberá 270 mil doses da vacina CoronaVac, oriunda do primeiro lote disponibilizado no Brasil. A expectativa é que, das 4,3 milhões de doses que serão compartilhadas entre os estados brasileiros, esse montante (270 mil) seja destinado para Pernambuco.

O governador Paulo Câmara vai acompanhar do Recife a cerimônia de entrega das primeira doses da vacina contra a Covid-19, marcada para o início da manhã desta segunda-feira (17), em São Paulo.

O Gabinete de Enfrentamento ao Novo Coronavírus estará mobilizado a partir das 7h, no Palácio do Campo das Princesas, para coordenar o início da imunização em Pernambuco.

O primeiro lote irá garantir as duas doses da imunização para 129 mil pessoas entre profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos que vivem em asilos e indígenas aldeados.

*Com informações Portal Folha de Pernambuco

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.