Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Avião com 116 pessoas a bordo cai na África

Companhia aérea Air Algérie anunciou pela manhã que perdeu contato com um de seus aviões 50 minutos depois de decolar.

Avatar

Publicado

Um avião da McDonnell Douglas MD-83 da Swiftair, similar ao desaparecido na África

O avião da Air Algérie que havia desparecido enquanto voava de Burkina Faso para Argel caiu, disse um representanto da agência argelina de aviação à agência Reuters nesta quinta-feira. “Posso confirmar que o avião caiu”, disse o funcionário, sem dar mais detalhes sobre o paradeiro da aeronave ou as causas do acidente. Anteriormente, a companhia aérea espanhola Swiftair informou que perdeu o contato com um de seus aviões operado pela empresa Air Algérie, com 110 passageiros e seis tripulantes a bordo. A empresa comunicou em uma nota postada em seu site que o avião decolou de Burkina Faso, país da costa oeste da África, à 1h17 (22h17 da quarta-feira, no horário de Brasília) e deveria ter aterrissado em Argel, capital da Argélia, às 5h10 (2h10, de Brasília), mas não chegou a seu destino. O avião é um modelo McDonnell Douglas MD-83, segundo informou a empresa.

Uma fonte da empresa aérea Air Algérie, em declarações anônimas à agência de notíciasFrance-Presse, disse que “o avião não estava muito longe da fronteira argelina quando os comandantes do McDonnell Douglas foram instruídos a fazer um desvio por causa da má visibilidade e para evitar o risco de colisão com outra aeronave na rota Argel-Bamako”. Segundo o funcionário, “o contato foi perdido após a mudança de curso”. O governo argelino disse em comunicado que os controladores de voo perderam contato com o avião a 1h55 (22h55 de quarta-feira, em Brasília), cerca de 50 minutos após a decolagem, segundo a agência de notícias Algerian Press Service.

“De acordo com os procedimentos padrões, a Air Algérie já iniciou seu plano de emergência”, disse um funcionário da empresa citado pela agência argelina de notícias APS. O voo AH5017, entre a cidade de Uagadugu e Argel, é uma rota que funciona quatro vezes por semana, reporta a rede BBC. O primeiro-ministro argelino Abdelmalek Sellal disse a uma rádio local que “o avião desapareceu em Gao [no Mali], a 500 quilômetros da fronteira com a Argélia”. As tropas da ONU em Mali afirmaram à BBC que o avião pode ter caído entre Gao e Tessalit. O General Koko Essien, que está liderando as tropas da ONU, disse à BBC que a área no Mali que antecede a fronteira argelina é vasta e pouco povoada. Ele acrescentou que o clima na área tinha sido muito ruim durante a noite.

Nacionalidades – A tripulação é de nacionalidade espanhola e o voo tinha sido fretado para a Air Algérie por um período de dois meses. Segundo a própria companhia aérea, entre os passageiros tinham 50 franceses, 24 cidadãos de Burkina Faso, oito libaneses, seis argelinos, cinco canadenses, quatro alemães, dois luxemburgueses, um do Mali, um belga, um do Níger, um camaronense, um egípcio, um ucraniano, um romeno, um suíço e três de nacionalidades ainda “em investigação”. Em Paris, o Ministério das Relações Exteriores anunciou que emitirá em breve um comunicado sobre as vítimas francesas.

O desaparecimento do voo AH5017 operado pela Air Algérie acontece um dia após o acidente com o avião da TransAsia Airways, que matou 47 pessoas em Taiwan, e uma semana depois da derrubada do Boeing 777 da Malaysia Airlines no leste ucraniano, que vitimou 298 civis.

Reprodução/Google Maps/VEJA

Rota do voo AH5017

Rota do voo AH5017 da Air Algérie, entre Uagadugu, em Burkina Faso, e Argel, na Argélia

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Motorista perde controle de carreta e veículo sai da pista na BR-101, próximo a Joaquim Nabuco

Segundo a PRF, pista ficou parcialmente interrompida, deixando trânsito lento durante a manhã. Ninguém ficou ferido.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/PRF)

O motorista de um caminhão que transportava monoetilenoglicol, perdeu o controle do veículo e acabou saindo da pista na BR-101, próximo a Joaquim Nabuco, no sentido Recife. O acidente aconteceu na manhã de segunda-feira (18). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu na altura do quilômetro 166,5 e deixou o trânsito lento.

O caminhão não atingiu outros veículos, o motorista e uma passageira ficaram feridos e foram socorridas para o Hospital Regional de Palmares (HRP).

A PRF ainda informou que o veículo seria retirado após o transbordo da carga.

Continuar Lendo

Cotidiano

Vacina contra a Covid chega a Pernambuco; técnica em enfermagem será primeira imunizada

O secretário informou que, além das vacinas, os municípios também irão receber um cartão vacinal produzido pelo Governo de Pernambuco para registro das doses.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Paulo Paiva/DP)

O avião que trouxe as primeiras doses da Coronavac a serem aplicadas em Pernambuco e outros estados do Nordeste aterrissou no Aeroporto Internacional do Recife por volta das 19h30 desta segunda-feira (18). As vacinas foram trazidas por um voo de passageiros da Latam, acondicionadas em compartimentos climatizados no bagageiros. Os imunizantes destinados a Pernambuco – 270 mil doses nesta primeira remessa – seguem do terminal aéreo para a Faculdade de Ciências Médicas do Hospital Oswaldo Cruz, onde a técnica de enfermagem Perpétua do Socorro Batista, de 52 anos, será a primeira pernabucana imunizada contra o novo coronavírus. Ela trabalha na UTI do Hospital Universitário Oswaldo Crus e é profissoal de saúde há 30 anos.

Nesta segunda-feira, o secretário estadual de Saúde, André Longo, pactuou com os gestores municipais, durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), as populações prioritárias para o primeiro momento da vacinação contra a Covid-19 em Pernambuco. Ao todo, 135 pessoas participaram da reunião, entre secretários municipais, representantes da sociedade civil, de órgãos de controle, do Ministério da Saúde, conselhos de saúde e técnicos das mais diversas áreas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Com o envio de 270 mil unidades do imunizante da Coronavac/Butantan pelo Ministério da Saúde (MS), já contemplando a primeira e a segunda doses (135 mil para cada etapa), ficou acordado que serão beneficiados, inicialmente, trabalhadores de saúde atuantes em UTIs e enfermarias de atendimento à Covid-19, além dos vacinadores, idosos em instituições de longa permanência, pessoas com deficiência institucionalizadas e indígenas aldeados. Para marcar o início da vacinação, haverá evento simbólico já nesta noite para imunizar os profissionais do plantão noturno do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no Recife.

As doses da vacina serão encaminhadas de forma equânime a todos os municípios pernambucanos, que irão retirar seus quantitativo nas 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) já a partir da terça (19/01). Com as doses enviadas, serão vacinados 34% dos trabalhadores de saúde pernambucanos (mais de 99 mil) e 100% dos demais públicos: 26,5 mil indígenas, 2,5 mil idosos institucionalizados e 130 pessoas com deficiência institucionalizados. De acordo com orientação do MS, a segunda dose deve ser aplicada em um período entre duas e quatro semanas após a primeira. O Estado ainda tem orientado que, neste momento, a vacinação ocorra nos serviços de saúde, nas instituições e aldeias, ou seja, indo até o público prioritário.

“Neste primeiro momento, de acordo com o quantitativo que vamos receber, nossa prioridade será imunizar os trabalhadores de saúde que estão atendendo pacientes da Covid-19 nas nossas enfermarias e leitos de UTI. Havendo doses, devem ser atendidos os serviços de urgência, atenção primária e agentes comunitários de saúde, respeitando a gradação de acordo com o perfil que cada município tem de sua rede de atenção à Covid-19”, ressaltou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

(Foto: Arnaldo Sete/Diário de Pernambuco)

A superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo, informou que, para se vacinar, a população deve estar munida do CPF ou cartão SUS. “É importante que todos os municípios façam a alimentação diária e permanente do sistema de informação para que possamos acompanhar as ações da campanha e público vacinado”, destacou Ana Catarina.

O secretário informou que, além das vacinas, os municípios também irão receber um cartão vacinal produzido pelo Governo de Pernambuco para registro das doses. “No cartão, estarão os dados gerais do paciente, o tipo de vacina que foi aplicada e o lembrete para que seja feita a segunda dose. É importante que, além do controle que vamos ter no sistema de informação, o usuário tenha o cartão para voltar e comprovar que fez a vacina”, frisou Longo.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) lembra que já foram encaminhadas, na última terça-feira (12/01), 1,5 milhão de seringas para todos os municípios pernambucanos iniciarem a campanha e que há mais 2,5 milhões em estoque, além da previsão de receber ainda em janeiro outras 2,8 milhões e da aquisição de mais 7,5 milhões, totalizando 14,2 milhões de unidades.

*Com informações Diário de Pernambuco

Continuar Lendo

Cotidiano

Avião de pequeno porte faz pouso de emergência próximo a Tamandaré, no Litoral Sul

Incidente foi registrado próximo a Usina Santo André, na noite desta segunda-feira (18). Três pessoas estavam na aeronave

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

Um avião de pequeno porte fez um pouso de emergência, no ínicio da noite desta segunda-feira (18), no município de Tamandaré, no Litoral Sul de Perambuco.

O pouso aconteceu dentro das terras da Usina Santo André.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local às 18h50, mas todos as pessoas que se encontravam na aeronave – três tripulantes – estavam bem. A informação também foi confirmada pela assessoria de comunicação da prefeitura local.

Haviam sido enviadas para o local duas viaturas, uma de salvamento, inclusive levando cães, e uma ambulância.

A Polícia Militar também foi acionada e investiga mais detalhes do ocorrido.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.