Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Belem de Maria,PE tem 6 dos 9 vereadores e o prefeito condenados por corrupção

Crise com prisão ou fuga de prefeito, vereadores e secretários em Belém de Maria (PE) paralisou obras

Avatar

Publicado

Com Índice de Desenvolvimento Humano dos mais baixos do país, obras de um posto de saúde paradas e uma maternidade que não realiza partos, a cidade de Belém de Maria, na Mata Sul , ficou ainda mais pobre nos últimos anos, devido a uma rede de corrupção desvendada no município.

O prefeito Valdecir José da Silva (PSB) conhecido popularmente como “Tio Correia”, seu secretário de Finanças, o chefe das licitações, um gerente do Banco do Brasil e seis dos nove vereadores estão presos ou foragidos após serem condenados por montar uma organização criminosa.Juntos, desviaram cerca de R$ 9 milhões –35% do orçamento da cidade, que sobrevive de repasses federais.

Segundo o Ministério Público, o grupo, por meio de empresas fantasmas, cobrava por serviços que nunca foram realizados. Com contratos no valor de até R$ 8.000 e que, portanto, não precisava passar por licitação, a quadrilha desviou verbas de todas as secretarias. Houve até a contratação de árbitros para um campeonato de futebol que nunca aconteceu.

“Criaram contratos de serviços que não foram executados apenas para desviar dinheiro público”, afirmou o promotor de Justiça Frederico Guilherme da Fonseca.Por decisão da Justiça, as contas da prefeitura foram bloqueadas. Os cerca de 200 servidores, cujos pagamentos ajudam a movimentar o comércio local, ficaram até quatro meses sem receber.”Aqui na loja as vendas caíram muito. A dona chegou a pensar em demitir uma das duas funcionárias porque não estava conseguindo pagar os salários”, afirmou a vendedora Cícera Batista, 32.

A empresária Zuleide Maria Cavalcante, 48, dona de uma loja de móveis e eletrodomésticos, afirma esperar que a situação melhore a partir deste mês. “Os salários foram regularizados, mas as pessoas resolveram logo dívidas mais urgentes, como as de feira. Espero que, aos poucos, voltem a pagar a loja.”

Na última quinta (18) o Jornal Folha de São Paulo esteve no município, nenhum vereador quis comentar o assunto. Um deles, que pediu para não ser identificado, disse que não é possível chamar os suplentes porque o Legislativo não tem verba para bancar mais esses salários: cada parlamentar recebe R$ 4.000 mensais. O jeito, diz, é esperar a decisão da Justiça.

Segundo o Ministério Público, as investigações da Operação Pulverização –o nome foi inspirado no grande número de notas de serviços para controle de pragas e na quantidade de empresas fantasmas envolvidas– concluíram que, entre 2013 e 2014, o prefeito, Tio Correia, autorizou mais de 300 notas de empenho de até R$ 8.000 para serviços fantasmas.

ARRUMAR A CASA

Em janeiro, 13 pessoas foram presas, incluindo um secretário de governo e cinco vereadores. O prefeito, um vereador e outras cinco pessoas estão foragidas.A vice-prefeita, Maria Amália Egito (PSB), que também é investigada pelo Ministério Público, assumiu interinamente o Executivo em dezembro passado.

Segundo o assessor jurídico da nova gestão, Sebastião Cavalcanti, a prioridade dela é organizar “a casa”.”Primeiro, cuidamos da folha de pagamento. No próximo mês, vamos retomar as obras da unidade básica de saúde, que estará pronta em 40 dias”, afirmou.

Cavalcanti disse também que todos os gastos da prefeitura estarão disponíveis na internet a partir de 1º de março. “Será o Portal da Transparência mais completo que já se viu”, disse.

Por meio de nota, o PSB de Pernambuco informou que não existe nenhum processo disciplinar contra o prefeito porque “não há, até o momento, um posicionamento judicial conclusivo”.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Pernambuco confirma 83 mortes por Covid em 24 horas, maior número desde julho de 2020

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Pernambuco confirmou mais 83 mortes por Covid-19, nesta quarta-feira (14). Este foi o maior número de confirmações de óbitos em 24 horas desde 9 de julho de 2020, quando o estado confirmou 86 falecimentos. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, também houve 2.359 novas confirmações de infectados pelo novo coronavírus.

As mortes confirmadas nesta quarta-feira ocorreram entre 2 de agosto de 2020, cerca de oito meses atrás, e a terça-feira (13). Com os acréscimos, o estado passou totalizar 12.988 óbitos e 375.115 casos de Covid-19, desde março de 2020.

A atual média móvel de óbitos por Covid-19 é de 64 mortes diárias. Essa é a maior média móvel de óbitos desde o dia 15 de julho, que também tinha 64 óbitos por dia, em média.

O governo informou, ainda, que 128 dos 2.359 casos de Covid-19 confirmados nesta quarta-feira são leves. Isso representa 5% do total de novas ocorrências. Esses casos são de pessoas que precisaram ser internadas ou, ainda, de pacientes que morreram com a doença.

Outros 2.231 (95%) foram de pessoas com quadros leves da doença e que não precisaram ser internadas. Esses casos englobam, também, pessoas que foram assintomáticas ou que descobriram ter tido a doença depois de curadas, por meio de testes sorológicos.

Continuar Lendo

Cotidiano

Motorista fica preso às ferragens após acidente entre carro e caminhão, em Água Preta

Trecho chegou a ficar com uma das faixas interditadas.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

Um acidente entre um veículo de passeio e um caminhão deixou uma pessoa ferida nesta quarta-feira (14), em Água Preta, na Mata Sul de Pernambuco.

Um caminhão carregado com madeira colidiu de frente com um veículo modelo Fiat que vinha sentido contrario. O acidente aconteceu próximo a uma curva, na PE-096.

Um motorista do carro chegou a ficar preso às ferragens, mas foi resgatado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para uma unidade de saúde próxima. O motorista do caminhão não se feriu. Uma das pistas foi interditada para atendimento da ocorrência.

*Mais informações em instantes

(Foto: Reprodução)

Continuar Lendo

Cotidiano

Pernambuco anuncia ampliação da vacinação para idosos acima de 60 anos de idade em todo o Estado

Governador Paulo Câmara divulgou a flexibilização do rodízio de abastecimento de água nas áreas críticas da RMR, com a elevação do nível de armazenamento dos reservatórios provocada pelas chuvas

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Aluísio Moreira/SEI)

Em pronunciamento nesta quarta-feira (14.04), o governador Paulo Câmara anunciou a chegada de mais 255 mil doses de vacina contra a Covid-19 ao Estado, prevista para amanhã (15.04). Com o novo lote, será possível avançar em todos os municípios pernambucanos na imunização de idosos acima de 60 anos de idade. Além disso, Paulo Câmara também divulgou a flexibilização no rodízio do abastecimento de água nas áreas mais críticas da Região Metropolitana do Recife.

“É um passo importante na proteção da população idosa, que já vem registrando resultados positivos nas faixas etárias cuja imunização já foi concluída. Nosso esquema de logística está pronto e a distribuição dessas novas doses será concluída até a próxima sexta-feira”, ressaltou Paulo Câmara.

ÁGUA – Ainda de acordo com o governador, o volume de chuvas registrado nos últimos cinco dias elevou o nível de armazenamento dos principais reservatórios da Região Metropolitana do Recife. Com isso, será possível flexibilizar o rodízio do abastecimento de água nas áreas mais críticas da RMR. “O novo calendário será divulgado pela Compesa, e vai permitir uma oferta maior para atender às demandas da nossa população. Com mais água, temos mais condições de intensificar a higienização das mãos e dos ambientes”, reforçou Paulo Câmara.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.