Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Boletim: Pernambuco registra 25 novas mortes e confirma mais 538 casos de Covid-19

Além disso, o boletim registra um total de 125.554 pacientes recuperados da doença. Destes, 16.341 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 109.213 eram casos leves.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Montagem/PortalPE10

(Foto: Montagem/PortalPE10)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (24.09), 538 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 28 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 510 (95%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Agora, Pernambuco totaliza 143.703 casos confirmados, sendo 26.153 graves e 117.550 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 125.554 pacientes recuperados da doença. Destes, 16.341 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 109.213 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 25 óbitos (sendo 17 do sexo masculino e 8 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Alagoinha (1), Calumbi (1), Camocim de São Félix (1), Carpina (1), Caruaru (1), Cumaru (1), Gravatá (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Ouricuri (1), Paulista (2), Petrolina (1), Recife (11), Santa Cruz do Capibaribe (1) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 8.110 mortes pela doença.

Do total de mortes do informe de hoje, 13 (52%) foram registradas nos últimos três dias, sendo duas na quarta-feira (23/09), seis em 22/09 e cinco em 21/09. Os outros 12 registros (48%) ocorreram entre os dias 09/05 e 20/09.

Os pacientes tinham idades entre 33 e 92 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (1), 50 a 59 (5), 60 a 69 (6), 70 a 79 (5), 80 anos ou mais (7). Dos 25 pacientes que vieram a óbito, 18 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (9), diabetes (8), hipertensão (8), doença respiratória (3), obesidade (3), imunossupressão (2), câncer (1), tabagismo (1), doença renal (1) e doença de Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham comorbidades e os demais estão em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 21.726 casos foram confirmados 35.794 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. O boletim de hoje também traz, em sua parte final, o detalhamento da testagem destes profissionais.

Pernambuco

Paulo Câmara anuncia R$ 3,4 milhões de investimentos para obras de ampliação no Ceasa

Paulo Câmara anuncia R$ 3,4 milhões de investimentos para obras de ampliação no Ceasa

Marcelo Passos

Publicado

O Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa-PE) vai passar por obras de ampliação e reforma em sua infraestrutura. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas, nesta segunda-feira (19.10), em comemoração aos 58 anos do entreposto. Estão previstos um novo estacionamento para veículos pesados, além de expansão dos galpões do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Espaço Reciflor. A construção da nova garagem para os caminhões será realizada em uma área de 14.200 m² e está orçada em R$ 1,9 milhão, com investimentos do Governo do Estado e do Ceasa. Já a ampliação dos outros dois espaços será realizada a partir de uma emenda parlamentar do deputado federal Felipe Carreras, no valor de R$ 1,5 milhão.

O galpão do Pronaf é usado por pequenos agricultores para comercialização de seus produtos. Já o galpão do Espaço Reciflor, é onde acontecem as feiras de flores e de produtos orgânicos. “Hoje é um encontro de celebração. A forma que o Ceasa tem planejado o futuro busca dar melhores condições de trabalho para os produtores de Pernambuco. Ao longo dos próximos anos, a ampliação e a modernização fazem parte do que a gente quer garantir para que as pessoas possam comercializar seus produtos com toda a infraestrutura adequada”, pontuou Paulo Câmara. O Ceasa movimenta cerca de R$ 300 milhões por mês. No total, o centro dispõe de 1.340 lojas/boxes, onde circulam 65 mil pessoas por dia.

“Os anúncios de hoje são obras simples, mas estratégicas. O estacionamento é fundamental para melhorar a circulação. Os outros dois, oriundos da emenda, também são fundamentais e têm esse viés tão importante e que a gente tem feito tanto esforço dentro da secretaria. Estamos tratando aqui de pequenos produtores, agricultores familiares, que vêm aqui para vender seus produtos. É uma forma de dar mais garantia e tranquilidade para que eles possam operar bem”, detalhou o secretário estadual de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto.

O presidente do Ceasa, Gustavo Melo, destacou que o crescimento do centro comercial se deve aos investimentos recebidos nos últimos anos. “Quando o Ceasa foi concebido, ninguém imaginava a quantidade de veículos que estaríamos recebendo hoje, sobretudo o tamanho dos veículos. Nesse estacionamento, são 14.200 m² para os caminhões, sem nenhuma edificação, apenas com uma área de apoio aos caminhoneiros para que eles possam descansar, tomar banho e se alimentar. É uma obra que vem para melhorar a mobilidade. Já as outras obras possuem um viés mais social. Com a ampliação do Pronaf, poderemos dobrar a quantidade de pequenos produtos, dando condições dignas para que eles escoem sua produção”, explicou

Continuar Lendo

Pernambuco

Pernambuco registra 101 novos casos e mais 3 mortes por covid-19

Os dados são divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE).

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reuters/Lindsey Wasson)

Um profissional de saúde realiza um teste finalizado em um local de testes de coronavírus fora dos Serviços Comunitários de Saúde Internacionais no Distrito Internacional de Chinatown durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19) em Seattle, Washington, EUA, em 26 de março de 2020. REUTERS / Lindsey Wasson

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (19/10), 101 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, nove (9%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 92 (91%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 156.130 casos confirmados da doença, sendo 26.709 graves e 129.421 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 138.870 pacientes recuperados da doença. Destes, 17.053 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 121.817 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente três novos óbitos (1 masculino e 2 femininos), ocorridos nos dias 17/10 e 18/10. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Jaboatão dos Guararapes (2) e Mirandiba (1). Com isso, o Estado totaliza 8.490 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 32 e 85 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2) e 80 ou mais (1). Os três pacientes apresentavam doenças pré-existentes: câncer (1), doença cardiovascular (1), imunossupressão (1), obesidade (1), tabagismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 22.117 casos foram confirmados e 37.423 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Continuar Lendo

Pernambuco

Pernambuco prorroga suspensão de aulas presenciais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental

A decisão é do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19.

Marcelo Passos

Publicado

As aulas presenciais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental seguirão suspensas em Pernambuco até, pelo menos, 31 de outubro. O anúncio foi feito pelo Governo do Estado nesta segunda-feira (19). A decisão é do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19.

O prazo do último decreto publicado pelo governo se encerrava nesta segunda-feira. As aulas nessas duas modalidades de Educação Básica estão suspensas desde 18 de março em razão da pandemia de coronavírus.

A medida vale para todas as instituições de educação básica do Estado, sejam públicas ou privadas. O decreto com a nova prorrogação da suspensão deve ser publicado na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial do Estado.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.