Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Carnaval deve atrair mais de 10 milhões de turistas e movimentar R$ 11 bilhões

As estimativas foram divulgadas hoje (25) pelo Ministério do Turismo.

Avatar

Publicado


Foto: Reprodução
O feriado de carnaval, que este ano ocorre de 9 a 13 de fevereiro, deve injetar R$ 11,14 bilhões na economia nacional e resultar em um fluxo total de 10,69 milhões de viajantes brasileiros e cerca de 400 mil turistas internacionais. As estimativas foram divulgadas hoje (25) pelo Ministério do Turismo. Se as projeções se confirmarem, será um crescimento de 0,75% no número de turistas em relação ao feriado do ano passado.

As cidades mais procuradas para o carnaval, segundo o ministério, são o Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, o Recife e Olinda. Juntas, elas representam 65% de toda a movimentação financeira no período: R$ 7,4 bilhões.

As vendas de pacotes de viagens aumentarão 15% em relação ao mesmo período de 2017, de acordo com dados da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav). Além das cidades conhecidas pela folia, Foz do Iguaçu (PR) e os cruzeiros marítimos também registram maior procura no período.

Entre os visitantes estrangeiros, a maioria será proveniente de países como a Argentina, os Estados Unidos, o Paraguai, Chile, Uruguai, a França e Alemanha.

Folia nos estados

No Rio de Janeiro são aguardados 1,5 milhão de turistas que, somados aos moradores da cidade, devem injetar R$ 3,5 bilhões na economia local para acompanhar os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí e os blocos de rua. Os hotéis da capital fluminense esperam chegar à marca de 85% de ocupação, número 7% maior que o do ano passado.

Na capital paulista, de acordo com a São Paulo Turismo (SPTuris), as atrações do sambódromo e os blocos de rua devem movimentar R$ 464 milhões. Os reflexos também serão sentidos no litoral paulista, que deve registrar ocupação de 90% em sua rede hoteleira.

Em Salvador, que tem um dos maiores carnavais do país, são esperados 770 mil turistas e uma receita de R$ 1,7 bilhão. A ocupação hoteleira na capital baiana deve atingir 98% durante os dias de folia.

A capital mineira, Belo Horizonte, deve atrair até 3,6 milhões de foliões em seus 480 blocos, entre turistas e moradores da cidade, informou o Ministério do Turismo. Ao todo, eles deverão deixar na economia local mais de R$ 600 milhões durante os quatro dia de festa.

Em Pernambuco, a folia deve atrair 1,7 milhão de pessoas e arrecadar R$ 1,2 bilhão. A ocupação hoteleira poderá chegar a 95%, estima o governo. Na capital, Recife, estão previstos 43 polos de animação espalhados pela cidade, com mais de duas mil apresentações. No tradicional carnaval de Olinda, haverá 230 atrações artísticas, 80 cortejos itinerantes, 300 orquestras de frevo, 60 agremiações e 1.500 blocos, troças, maracatus, afoxés, caboclinhos, clubes, entre outros.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Internado com coronavírus, Eduardo Galvão sofre piora e é intubado

Filha do ator afirma que funções vitais dele estão funcionando bem

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

ator Eduardo Galvão

Com Covid-19 e internado na UTI de um hospital particular do Rio de Janeiro, o ator Eduardo Galvão, de 58 anos, foi entubado nessa terça-feira (1/12).

“Meu pai precisou ser intubado, mas, no momento, está estável, com os rins funcionando bem, a pressão arterial estabilizada e os pulmões descansando para desinflamar como tem que ser. E está descansando, o que vai fortalecê-lo com certeza”, contou Mariana Galvão, filha do ator em entrevista à Quem.

Na segunda-feira (30/11), Mariana havia relatado que o quadro do pai tinha melhorado. “Meu pai passou melhor essa noite. O médico disse que ele conseguiu dormir um pouco e está menos incomodado com a sonda do que com a máscara (de oxigênio). E com certeza está melhor para ele em relação à oxigenação, ele está conseguindo respirar melhor”, contou.

Continuar Lendo

Entretenimento

Músico acusa Safadão de não pagar direitos de música e quer R$ 4,5 milhões de indenização

Músico acusa Safadão de não pagar direitos de música e quer R$ 4,5 milhões de indenização

PortalPE10 com informações UOL

Publicado


O compositor Jonnas Alves entrou com um processo contra o cantor Wesley Safadão por danos morais e materiais. Na ação, Jonnas alega que Safadão não lhe pagou nada pela composição da música Vaqueirinha Maltrata, lançada em 2018. “Sempre tive muito carinho por ele, e a nossa amizade era boa até então. Já gravou 8 músicas minhas, mas, em 2018, resolveu gravar Vaqueirinha Maltrata para o CD Diferente Não, Estranho e não fez o acerto comigo”, disse Alves à coluna.

“Procurei a empresa dele mais de três vezes e nada. E é claro que, depois disso, procuraria os meus direitos, né? Fiz de tudo para resolver as coisas na paz, mas o Safadão não quis agir assim”, completou o autor do processo.

A ação pede indenização por perdas, danos materiais e morais. Ainda segundo consta nos documentos, obtidos com exclusividade por este colunista, a música foi acessada e baixada por 1.57 milhão de pessoas. Por isso, Alves exige receber a quantia de R$ 4,5 milhões por danos materiais. Tal montante em dinheiro corresponde ao número de vezes que a música foi acessada e baixada, multiplicado por R$ 2,90. Os advogados do compositor pedem ainda R$ 200 mil por danos morais.

Até o momento, o juiz responsável pela causa ordenou que a faixa Vaqueirinha Maltrata fosse excluída de todas as plataformas de streaming. Procurado pela coluna, Marcos Benevides, advogado do cantor de Safadão afirmou que ele está proibido de falar sobre o assunto por enquanto. “O processo está com o departamento jurídico. Nós iremos analisar toda a documentação e, então, vamos elaborar a defesa de Safadão. Qualquer manifestação será feita somente após essa análise”, disse.

Continuar Lendo

Entretenimento

WhatsApp lança papéis de parede e recurso para pesquisar figurinhas

A empresa diz que disponibilizará papéis de parede personalizados para diferentes contatos.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

O WhatsApp vai lançar nesta semana atualizações para a plataforma, que incluem papéis de parede personalizados, recurso de pesquisa de figurinhas e um pacote de figurinhas animadas. A empresa, que pertence ao Facebook, anunciou as novidades nesta terça (1º).

A empresa diz que disponibilizará papéis de parede personalizados para diferentes contatos. “Você nunca mais vai precisar se preocupar de ter enviado uma mensagem no chat errado”, diz o WhatsApp.

O aplicativo também vai oferecer papéis com imagens de natureza e arquitetura e a possibilidade de eles se adaptarem automaticamente ao modo claro e escuro.

Outra novidade anunciada nesta terça é o pacote de figurinhas animadas “Juntos em Casa”, da Organização Mundial da Saúde. Segundo a empresa, esse pacote tem sido um dos mais populares no aplicativo. Ele está disponível com textos em nove idiomas, incluindo o português.

As mudanças serão disponibilizadas ao longo dos próximos dias para usuários do WhatsApp no Android e no iOS, sistemas operacionais do Google e da Apple.

*Com informações FolhaPress

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.