Nos siga nas redes sociais

Política

Com a presença do governador, João Fernando Coutinho assume o PROS-PE

Antes do evento, líderes do partido almoçaram com o ex-petista João Paulo, que pode ingressar na sigla

Avatar

Publicado

 

O deputado federal João Fernando Coutinho assumiu neste sábado a presidência estadual do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). O evento que aconteceu no auditório do Empresarial Rio Mar Trade Center contou com a presença do presidente nacional do PROS, Eurípedes Júnior, e do ex-presidente estadual, Antônio Souza, que é pré-candidato ao Senado.

Entre os presentes estiveram ainda o governador do estado, Paulo Câmara (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e os deputados federais André de Paula (PSD) e Fernando Monteiro (PP), o chefe de gabinete de Paulo Câmara, João Campos. Também marcaram presença o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, e o secretário Nilton Mota, da Casa Civil.

O novo presidente estadual do PROS disse que vai lutar por Pernambuco. “Hoje é um dia histórico na minha caminhada. Temos que olhar para o futuro. Futuro esse que se aproxima e exige de nós a capacidade de construção coletiva de um novo Pernambuco, onde possamos retomar seu crescimento. Quero doar minha experiência de mais de 20 anos de vida pública. Quero doar o meu suor, eu quero doar, se preciso, o meu sangue para construir dias melhores para o povo de Pernambuco”, declarou o deputado federal. João Fernando Coutinho deixou o PSB, onde passou 23 anos, e declarou que espera receber o apoio dos socialistas para a consolidação do PROS em Pernambuco.


João Paulo pode ir para o PROS

Também nesse sábado, os líderes do PROS almoçaram com o ex-petista João Paulo, que pode ingressar no partido nos próximos dias. Participaram do encontro o presidente nacional, Eurípedes Júnior, o presidente estadual, João Fernando Coutinho, o vice-presidente estadual, Antônio Souza, e o filho de João Fernando, Arthur Coutinho.

Além dos familiares e amigos de João Fernando Coutinho, entre eles seu pai, o prefeito de Água Preta, Eduardo Coutinho (PSB), vários prefeitos participaram do evento. Durante a posse, o governador Paulo Câmara ressaltou a trajetória de Coutinho. “Viemos hoje aqui homenagear João Fernando Coutinho por toda sua trajetória como político, como militante, e como companheiro nosso. Que começou lá atrás, muito novo ainda ingressou na política e teve a honra de execer três mandatos na Assembleia Legislativa e agora ajuda Pernambuco na Câmara Federal”, declarou o governador.

Recém filiada ao PROS, Renê Patriota, pré-candidata a deputada federal disse que as mulheres precisam ter mais espaço na política. “Foi por esse motivo que escolhi o PROS. As mulheres precisam aparecer na política”, destacou Renê. Candidato ao Senado, o ex-presidente estadual do partido, Antônio Souza, disse que o PROS tem crescido em todo o Brasil e que em Pernambuco não será diferente. Falaram ainda a respeito da trajetória política de João Fernando Coutinho a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), o defensor público geral, Manoel Jerônimo, o deputado estadual Clodoaldo Magalhães (PSB), o deputado federal André de Paula (PSD), e o presidente nacional do PROS, Eurípedes Júnior.

 Estiveram presentes  o prefeito de Sanharó, Heraldo Oliveira (PSB), o prefeito de Camocim de São Félix, Giorge Bezerra (PSD), o prefeito de Poção, Merson Vasconcelos (PMDB), o prefeito de São José da Coroa Grande, Pel Lages (PEN), o prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres (PSB), a prefeita de Gameleira, Verônica (PSB) e o prefeito de São Joaquim do Monte, Joãozinho Tenório (PSDB). Também compareceram vereadores de diversos municípios.  

 

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Guilherme Boulos começa a sentir sintomas da Covid-19 e médico é chamado

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

O candidato a prefeito de São Paulo Guilherme Boulos (PSol) começou a sentir os primeiro sintomas da Covid-19 na manhã deste sábado (28/11). Ele apresentou febre, dores pelo corpo e dificuldade em respirar. A equipe de campanha divulgou, em nota, que um médico vai visitar o candidato na tarde de hoje.

“Na manhã deste sábado (28), o candidato Guilherme Boulos apresentou sintomas da Covid-19. Por medida de precaução, receberá uma visita médica em sua casa por volta das 14h30”, informa a nota da campanha.

Guilherme Boulos foi diagnosticado com Covid-19 na sexta-feira (27/11). Por causa disso, foi cancelado o debate com Bruno Covas (PSDB), que seria transmitido pela TV Globo.

O concorrente do PSol restringiu a agenda na última semana de campanha após a aliada, a deputada federal Sâmia Bomfim (PSol-SP), ter testado positivo para o novo coronavírus na segunda-feira (23/11).

Desde o anúncio de Bomfim, o PSol organizou sete encontros com a presença de Boulos. A equipe do psolista diz que os encontros foram feitos em ambientes controlados, no entanto o Metrópoles presenciou algumas aglomerações, mesmo em encontros a céu aberto. A equipe do ativista chegou a pedir várias vezes por distanciamento, no entanto os pedidos não foram totalmente acatados pelas pessoas presentes.

Aglomerações também ocorreram nas agendas de Bruno Covas (PSDB). O prefeito pegou Covid-19 em junho. Agora em novembro ele minimiza a alta de casos na cidade de São Paulo. “Não vamos fazer discurso alarmista em véspera eleitoral, superestimando esses dados. Também não vamos fazer discurso de que a pandemia acabou”, declarou o prefeito.

 

 

Continuar Lendo

Brasil

TSE orienta que o eleitor baixe o e-Título até 23h59 deste sábado (28)

Praticidade, facilidade e segurança para o cidadão na hora de votar.

Redação PortalPE10

Publicado

E-Título pode ser usado como documento oficial no dia da votação. - (Foto: Reprodução/Gazeta do Povo)

E-Título pode ser usado como documento oficial no dia da votação. – (Foto: Reprodução/Gazeta do Povo)

Não deixe para a última hora para fazer o download gratuito do documento digital que substitui o título eleitoral e dispensa a impressão de uma segunda via: o aplicativo e-Título. O app, desenvolvido pela Justiça Eleitoral, oferece diversas facilidades ao eleitor:

– Acessar local de votação;
– Consultar a situação do eleitor:
– Se identificar na seção (se tiver feito biometria); e
– Justificar a ausência.

O cidadão que quiser baixar a ferramenta para utilizar no segundo turno das Eleições Municipais, dia 29 de novembro, deve fazê-lo o mais rápido possível. A habilitação das funcionalidades da plataforma estará disponível para download até as 23h59 deste sábado (28). A medida visa garantir que o usuário que precisa do serviço no domingo tenha uma melhor experiência.

No domingo (29), só quem já tiver baixado o app poderá utilizar as funcionalidades. Será permitida apenas a atualização da versão. O funcionamento do app volta ao normal a partir de segunda-feira (30).

Atualmente, cerca de 16 milhões de eleitores (mais de 10% do eleitorado) estão cadastrados no e-Título. No primeiro turno das Eleições Municipais de 2020, mais de 2,2 milhões de pessoas justificaram ausência por meio da ferramenta. O Sudeste foi a região onde o app foi mais utilizado: mais de 7,5 milhões de pessoas usaram o aplicativo.

Veja como é fácil utilizar o e-Título.

Utilização e segurança

Para fazer o download gratuito do app, basta acessar as lojas on-line Google Play e App Store no seu smartphone ou tablet. Já para validar o aplicativo, é importante que o eleitor preencha os dados corretamente: se houver o preenchimento de alguma informação em discordância com as do cadastro eleitoral, o sistema não aprovará a solicitação de emissão, e assim, o eleitor não poderá utilizar o app.

O documento digital exigirá a resposta do eleitor a uma série de perguntas. Apenas as pessoas que responderem com sucesso a esse desafio poderão usar o aplicativo e suas funcionalidades. Embora soluções de segurança como essa possam tornar a experiência do usuário menos fluida, elas são relevantes para a proteção dos dados do eleitor. Outra mudança de segurança implementada pela Justiça Eleitoral no e-Título foi a necessidade de criação de senha de acesso do eleitor ao app.

Foto no aplicativo

Caso a sua foto esteja disponível no aplicativo você poderá votar utilizando o e-título.

Local de votação e certidões

O e-Título também informa o endereço do local de votação e fornece informações sobre a situação eleitoral, além de permitir que o eleitor emita as certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais. Essas declarações são emitidas por meio do QR Code do aplicativo, o que possibilita a leitura pelo próprio celular.

Justificativa de ausência

Os eleitores que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia da eleição poderão utilizar o e-Título para justificar a ausência, por meio da geolocalização do aplicativo. Ou seja, o app identificará que o eleitor está fora do município no domingo e vai liberar a justificativa sem necessidade de apresentar documentos. Essa funcionalidade estará disponível somente no dia da eleição, das 7h às 17h.

Para fazer a justificativa fora do dia da eleição, o eleitor deverá apresentar documento comprobatório que motivou a ausência. É possível justificar em até 60 dias após cada pleito (considerando cada turno como uma eleição) ou em até 30 dias após o retorno ao Brasil. Essa justificativa pode ser feita pelo e-Título, site do TSE ou cartório eleitoral.

O TSE processará os pedidos de justificativa o mais breve possível, porém o prazo para registro desta modalidade será até 07 de janeiro de 2021, conforme o calendário eleitoral. Se você tem uma justificativa “deferida” ela servirá como prova da sua quitação para o turno correspondente.

ATENÇÃO: Nenhum dos serviços prestados pelo e-Título é exclusivo do aplicativo. Isso significa que as consultas também podem ser obtidas pelo computador ou junto ao cartório eleitoral. Além disso, é possível acessar serviços e informações por meio do chatbot, o Tira-Dúvidas Eleitoral, no Whatsapp. Basta salvar o número: (61) 9637-1078 e iniciar uma conversa.

Com informações do TSE

Continuar Lendo

Política

Boulos, candidato à Prefeitura de São Paulo, é diagnosticado com Covid-19

Guilherme Boulos irá cumprir o protocolo de quarentena pelo período necessário’, diz nota.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

O candidato Guilherme Boulos (PSOL) informou nesta sexta-feira (27) que deu positivo o exame para Covid-19 que ele fez nesta semana.

O debate da TV Globo entre ele e o candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), está marcado para a noite desta sexta. Segundo a assessoria de Boulos, a campanha do PSOL vai propor a emissora que o confronto seja feito de maneira virtual. A emissora ainda não se manifestou.

A campanha divulgou a seguinte nota:

“Comunicamos que o candidato Guilherme Boulos testou positivo para Covid-19 na tarde desta sexta-feira, mesmo sem apresentar qualquer sintoma da doença.
Na segunda-feira, a campanha foi informada de que a deputada Sâmia Bonfim, do PSOL, que esteve em uma agenda pública da campanha na sexta-feira passada, havia testado positivo. No encontro, Boulos e Sâmia seguiram todas as medidas sanitárias recomendadas, como uso de máscaras e álcool em gel.

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, Guilherme Boulos suspendeu as atividades de rua, dedicou-se a agendas em locais reservados e com público restrito, sempre resguardando as recomendações sanitárias, e fez o teste RT-PCR.
Diante do resultado positivo, Guilherme Boulos irá cumprir o protocolo de quarentena pelo período necessário. Toda a equipe que trabalha na campanha e que tem contato próximo com o candidato será testado a partir de agora.
O candidato reforça a preocupação que tem afirmado nos últimos dias sobre os indícios de uma segunda onda da pandemia, até aqui negligenciada pelos governos estadual e municipal, responsáveis pela aplicação das medidas
A campanha seguirá atuante nesta reta final para apresentar o projeto de mudança que São Paulo precisa e fazer a esperança que a gente vê nas ruas desaguar numa vitória no próximo domingo.”

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.