Nos siga nas redes sociais

Empregos

Conselho Regional de Odontologia de PE oferece concurso com mais de 100 vagas; salários de até R$ 3,6 mil

Concurso com 116 vagas para o Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco

Redação PortalPE10

Publicado

Estão abertas as inscrições para o concurso público do Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO-PE) para seis vagas imediatas e 110 de cadastro de reserva para três cargos. As formações técnicas exigidas vão do ensino médio completo ao nível superior em odontologia. Os salários iniciais vão desde R$ 1.300, para auxiliar administrativo e recepcionista, a R$ 3.666 para dentista fiscal.

Os candidatos devem fazer a inscrição no site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib), através do www.idib.org.br, até às 23h59 do dia 29 de novembro. As taxas variam de R$ 38 a R$ 42, dependendo do cargo, e devem ser pagas até 24 horas após a emissão do boleto no ato da inscrição. As provas terão questões objetivas e estão previstas para acontecer no dia 28 de fevereiro nas cidades de Recife, Caruaru, Petrolina e Serra Talhada.

Empregos

Edital do concurso da Polícia Civil do RN é publicado; inscrições começam dia 27 de novembro

Inscrições podem ser feitas até 21 de dezembro. São oferecidas 301 vagas.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução)

O edital do concurso público da Polícia Civil foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (25). São oferecidas 301 vagas, todas de nível superior. As inscrições podem ser feitas pela internet a partir de sexta-feira (27) até o dia 21 de dezembro.

A taxa de inscrição custa R$ 150 para o cargo de delegado e R$ 120 para os cargos de agente e escrivão. AS provas estão previstas para 7 de março de 2021.

São 47 vagas para delegado, 230 para agente de polícia e 24 para escrivão. Os salários são R$ 16.670,59 para delegados e R$ 4.731,90 para agente e escrivão.

O último concurso da Polícia Civil foi em 2008, e o anterior, 15 anos antes. Ou seja, em quase três décadas, só houve dois concursos público para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Na semana passada, a Polícia Militar finalizou um curso com a formação de mais de mil soldados e anunciou uma nova turma para 2021. O último concurso havia acontecido em 2005.

Anunciado em janeiro deste ano, o concurso público da Polícia Civil previa o começo do curso de formação em agosto – para que os profissionais já fossem contratados no início de 2021. No entanto, por conta da pandemia do coronavírus, segundo o governo, o processo estava parado praticamente desde abril.

Segundo a Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol), o RN deveria ter um efetivo de 5.150 servidores na área, mas atualmente conta com 1.325 vagas ocupadas – apenas 26% do ideal.

*Com informações G1

Continuar Lendo

Brasil

13º deve ser integral a quem teve jornada reduzida, diz governo

Segundo o documento, o benefício natalino é calculado com base na remuneração integral do mês de dezembro, sem influência das reduções temporárias de jornada e salário.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

O governo divulgou uma nota técnica em que define que o 13º salário deve ser pago integramente para quem teve a jornada de trabalho reduzida em função da pandemia. Segundo o documento, o benefício natalino deve ser calculado com base na remuneração integral do mês de dezembro, sem influência das reduções temporárias de jornada e salário.

O pagamento integral vale mesmo que, em dezembro, o funcionário esteja recebendo remuneração menor em função da jornada reduzida.

No caso dos contratos suspensos, o período que o funcionário não trabalhou não será considerado para o cálculo do 13º, a não ser que ele tenha prestado serviço por mais de 15 dias no mês. Aí esse mês será considerado para o pagamento do benefício.

Segundo Ricardo Calcini, professor de Direito do Trabalho da Pós-Graduação da FMU e especialista nas relações trabalhistas e sindicais, embora não tenha força de lei, a nota técnica deverá ser seguida pelas empresas, “salvo aquelas que desejam judicializar a questão”. “Ela servirá de norte orientativo para os órgãos de fiscalização das relações do Trabalho”, aponta.

Férias
A nota técnica define ainda como serão as férias para quem teve o contrato suspenso ou a jornada reduzida. Os períodos de suspensão do contrato de trabalho não serão levados em conta para o período aquisitivo de férias. Assim, o trabalhador terá direito às férias somente após completar 12 meses de trabalho. Já a jornada reduzida não tem impacto sobre o pagamento da remuneração e adicional de férias, pois as parcelas devem ser calculadas considerando o mês de gozo do benefício.

Corte e suspensão
A suspensão de contratos e redução de remuneração e jornada foram permitidos por meio do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, do governo federal.

O programa permite aos empregadores suspenderem os contratos de trabalho ou reduzir as remunerações e as jornadas em 25%, 50% ou 70% pelo período de até 6 meses.

No caso dos contratos suspensos, os salários são cobertos pelo governo até o limite do teto do seguro-desemprego (R$ 1.813,03) para funcionários de empresas com receita bruta até R$ 4,8 milhões. Já quem teve a jornada reduzida recebe o salário proporcional da empresa e um complemento relativo a uma parte do valor do seguro-desemprego.

Em ambos os casos, os trabalhadores têm direito à estabilidade pelo tempo equivalente à suspensão ou redução.

Veja como ficam os pagamentos dos benefícios para preservação de emprego:

Suspensão do contrato de trabalho: recebe 100% da parcela do seguro-desemprego, que pode variar de R$ 1.045 a R$ 1.813,03 (exceto no caso de funcionário de empresa com receita bruta superior a R$ 4,8 milhões – neste caso: recebe 30% do salário + 70% da parcela do seguro-desemprego)
Redução de 25% na jornada: recebe 75% do salário + 25% da parcela do seguro-desemprego
Redução de 50% na jornada: recebe 50% do salário + 50% da parcela do seguro-desemprego
Redução de 70% na jornada: recebe 30% do salário + 70% da parcela do seguro-desemprego
Nenhum trabalhador vai ganhar menos do que um salário mínimo

 

 

 

 

 

Continuar Lendo

Empregos

Distante cerca de 129 km de Palmares; Belo Jardim terá atacarejo do Grupo Pajeú que vai gerar 400 empregos

Nova unidade da rede de supermercados conta com um investimento de R$ 12 milhões e vai gerar 100 empregos diretos

PortalPE10 Com informações FolhaPE

Publicado

O município de Belo Jardim, no Agreste Central,distante cerca de 129 km de Palmares, receberá uma unidade da rede de supermercados do Grupo Pajeú. A operação tem um investimento de R$ 12 milhões e deverá iniciar em maio de 2021. Serão gerados 100 novos empregos diretos pelo atacarejo.

O supermercado será implantado na BR-232, em um terreno de 2,09 hectares. A loja, de acordo com o presidente da Pajeú, Carlos Henrique Pereira Alves, será a mais moderna do grupo. “É uma loja de 11 mil metros, com 300 vagas de estacionamento. A expectativa é muito boa. Vamos ter cerca de 100 empregos diretos e 300 indiretos. A gente acredita muito no potencial de Pernambuco, conhecemos muito bem o Sertão e estamos indo agora para o Agreste para consolidar mais ainda o nosso negócio”, celebrou Alves.

A instalação do empreendimento foi anunciada nesta sexta-feira (13) pelo governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas, onde o gestor estadual recebeu os executivos do grupo. “Hoje a gente tem a satisfação de anunciar um grande empreendimento em Belo Jardim, e é muito bom ver que, mesmo em um momento difícil como o que estamos passando, as coisas estão voltando a acontecer de maneira muito rápida. São essas oportunidades de geração de emprego, de movimentação de renda, que a gente quer continuar fazendo em todas as regiões”, afirmou o governador.

 

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.