Nos siga nas redes sociais

Empregos

Concursos 2014:Polícia Rodoviária Federal abre concurso para 216 vagas

O salário é de R$ 2.043,17.

Avatar

Publicado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou edital de concurso público para 216 vagas de agente administrativo. O salário é de R$ 2.043,17. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência.

No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital (acesse o edital).

Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio completo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

As oportunidades são para Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Espírito Santo, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Sergipe, Distrito Federal, Tocantins, Amazonas, Amapá e Roraima.As inscrições devem ser feitas pelo site www.funcab.org no período de 9 a 30 de abril. A taxa é de R$ 60.

A seleção será feita por meio de prova objetiva e investigação social. A prova cobrará as disciplinas de língua portuguesa, ética e conduta pública, raciocínio lógico, noções de direito constitutcional, noções de direitos administrativo, noções de administração, noções de arquivologia, noções de informática e legislação relativa à PRF.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 25 de maio. O concurso será realizado em todas as capitais do país e no Distrito Federal.A validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado uma vez pelo mesmo período

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Seleção da Secretaria Estadual de Saúde com 828 vagas começa a inscrever nesta segunda (18/01)

Serão selecionados 258 médicos, 234 profissionais de diversas áreas de nível superior e 336 de nível médio.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Ascom-UFCG/Divulgação)

(Foto: Ascom-UFCG/Divulgação)

Já está aberto o período de inscrição da seleção pública simplificada da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) com 828 vagas. O objetivo é atender a necessidade temporária de excepcional interesse público relacionada à emergência em saúde pública provocada pelo novo coronavírus. Ao todo, serão selecionados 258 médicos, 234 profissionais de diversas áreas de nível superior e 336 de nível médio, que serão lotados em todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres). Os interessados têm até o dia 21/01 para se inscrever pelo ead.saude.pe.gov.br. O edital foi publicado na última quinta-feira (14/01) no Diário Oficial (DOE) e também está disponível no https://cutt.ly/djIOtW2.

A seleção simplificada será realizada em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, que consistirá em análise curricular. O resultado preliminar do certame sairá em 28/01. Já os recursos poderão ser interpostos até às 23h59 de 29/01. O resultado final será divulgado em 03/02. Os profissionais selecionados serão contratados por um período de até 6 meses, podendo ser prorrogado por até 2 anos.

Desde o início da pandemia, já foram convocados, por meio de seleções simplificadas, mais de 5,2 mil profissionais de saúde apenas para os serviços ligados diretamente à SES-PE. Ainda foram nomeados mais de 3 mil aprovados em concurso público, totalizando mais de 8,3 mil profissionais.

SELEÇÃO SIMPLIFICADA – CARGOS

Médicos: cardiologista, cirurgião geral, cirurgião pediátrico, cirurgião torácico, cirurgião vascular, clínico geral, coloproctologista, endoscopista, neonatologista, neurocirurgião, neurologista pediátrico, neurologista adulto, oncologista, otorrinolaringologista, pediatra, psiquiatra, tocoginecologista, traumato-ortopedista, radiologia em diagnóstico por imagem, urologista;

Outras profissões de nível superior: assistente social, biomédico, enfermeiro assistencial, enfermeiro sanitarista, enfermeiro obstetra, engenheiro de segurança do trabalho, farmacêutico, fonoaudiólogo, nutricionista e psicólogo;

Profissões de nível médio: técnico de enfermagem, técnico de mobilização ortopédica, técnico de laboratório, técnico de radiologia e técnico em farmácia.

 

Continuar Lendo

Brasil

Marinha publica edital para curso de formação de fuzileiros navais

O concurso de admissão será feito sob supervisão do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais, em sete etapas. Inscrições serão de 22/2 a 26/3.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Hugo Barreto/Metrópoles)

O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais tornou público, nesta sexta-feira (15/1), o edital de convocação apara concurso público de admissão às turmas I e II/2022 do curso de formação de soldados fuzileiros navais. As inscrições estarão abertas de 22 de fevereiro a 26 de março de 2021.

A íntegra do edital também estará à disposição dos candidatos na internet, por meio do site da Marinha, no menu “Concursos para o CFN”. O concurso público de admissão será realizado sob a supervisão do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais, em sete etapas: exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física de ingresso, avaliação psicológica, verificação de documentos e procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração para os candidatos negros autodeclarados pretos ou pardos.

As datas, os horários e os locais de realização do concurso também serão publicados no site da Marinha. Os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no curso de fuzileiros navais e o realizarão incorporados como praça especial, na condição de aprendiz-fuzileiro naval.

Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistências médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o aprendiz-fuzileiro naval receberá bolsa-auxílio relacionada à graduação,constituída de soldo, adicional militar e adicional de compensação por disponibilidade militar, como previsto na legislação em vigor.

O curso terá a duração de, aproximadamente, 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), no Rio de Janeiro (RJ), e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab).

As vagas serão distribuídas da seguinte maneira: Ciampa, com 720 vagas destinadas, preferencialmente, a candidatos das regiões Sul e Sudeste do Brasil, obedecendo à ordem de classificação; e Ciab, com 240 vagas destinadas, preferencialmente, a candidatos das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do Brasil, obedecendo à ordem de classificação no concurso.

*Com informações Metrópoles

Continuar Lendo

Brasil

Concurso da PF com 1,5 mil vagas tem edital publicado. Provas serão em março

Os salários iniciais variam de R$ 12 mil a R$ 23 mil. O período para se inscrever no certame vai de 22 de janeiro a 9 de fevereiro.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Ascom/PF)

A Polícia Federal publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15/1) o edital do segundo maior concurso já promovido pela instituição. São 1,5 mil vagas para agente de polícia, escrivão, papiloscopista e delegado. Há expectativa de convocação de mais 500 excedentes.

Os salários iniciais variam de R$ 12 mil a R$ 23 mil. O período para se inscrever no certame vai de 22 de janeiro a 9 de fevereiro, por meio do site da banca organizadora, o Cebraspe. A taxa varia de R$ 180 a R$ 250, dependendo do cargo. As provas serão realizadas em todas as capitais do país, em 21 de março.

Conforme o Metrópoles antecipou em entrevista exclusiva com a diretora de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, Cecília Franco, não houve novidades com relação às disciplinas neste edital. O conteúdo se manteve o mesmo cobrado na última seleção, aplicada em 2018.

A corporação quer celeridade, para que, em agosto, os aprovados já ingressem na academia e o provimento de cargos ocorra até 31 de dezembro de 2021. No fim do processo, a PF contará com o maior efetivo de sua história, podendo ultrapassar a marca de 12 mil policiais.

Veja o edital

Além das provas objetivas e discursivas, a seleção conta com exame de aptidão física, avaliação médica e psicológica, prova oral e prova de digitação para os cargos de delegado e escrivão, respectivamente, avaliação de título e investigação social. Os que passarem por todas as etapas são convocados para o curso de formação, realizado no período de 10 semanas na Academia Nacional de Polícia, em Brasília.

Cotas

Uma das grandes mudanças do novo edital é a possibilidade de o candidato que optar pela concorrência por meio de cotas raciais ser aprovado na prova objetiva e discursiva, mas desclassificado na banca, justamente por não atender ao requisito racial. Nesse caso, o estudante poderá migrar para as vagas de ampla concorrência.

*Com informações Metrópoles

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.