Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Dez anos após vazamento do Enem, nenhum envolvido em roubo foi preso

Em 1º de outubro daquele ano, a dois dias do início das provas, o Enem vazou e a aplicação foi cancelada.

Avatar

Publicado


Em 2009, no meio do otimista segundo mandato do presidente Lula (PT), 4,1 milhões de candidatos haviam se inscrito para a primeira edição do novo Enem: a partir dali, a nota do exame criado em 1998 para avaliar o ensino médio valeria como vestibular unificado para universidades federais.

Mas tinha um furto no meio caminho. Em 1º de outubro daquele ano, a dois dias do início das provas, o Enem vazou e a aplicação foi cancelada. 

Um funcionário de uma empresa de segurança que trabalhava na gráfica que imprimia as provas furtou uma cópia e tentou vendê-la ao jornal O Estado de S. Paulo. A veracidade do material foi confirmada e o então ministro da Educação Fernando Haddad cancelou o Enem.

Uma década depois, ninguém foi preso por causa disso. Quatro envolvidos no vazamento e na tentativa de vender o material foram condenados em 2011 pela Justiça Federal. A defesa dos acusados ingressaram com recurso.

Também o Ministério Público Federal recorreu ao considerar as penas, de 2 anos a 5 anos, muito brandas em face do estrago do episódio. 

Na época, o prejuízo calculado pela Procuradoria Federal foi de R$ 45 milhões, cálculo que incluiu a aplicação às pressas ainda naquele ano (o valor equivale a R$ 78 milhões com atualização da inflação).

O processo segue no TRF (Tribunal Regional Federal) da 3º Região, mas a ação está sob sigilo. Os motivos do segredo também são sigilosos, conforme conta a jornalista Renata Cafardo no livro “O roubo do Enem” (Ed. Record). Foi ela quem recebeu a ligação com a oferta da prova.

O material havia sido levado de dentro da gráfica Plural, parceria do Grupo Folha com a Quad Graphics. A empresa não foi responsabilizada judicialmente pelo ocorrido. 

O episódio causou prejuízos aos cofres públicos, transtorno a estudantes e a instituições que aguardavam a nota para preencher as vagas. 

Foi também um desgaste político para o governo, embora tenha imposto a diligência que cerca a realização do exame até hoje.

O Inep passou a incrementar os protocolos de segurança, o que também ampliou os gastos. O exame tem um custo estimado para este ano de R$ 537 milhões e conta com 31,7 mil pessoas envolvidas apenas na logística –transporte, segurança e distribuição dos malotes.

Embora de menor dimensão, o Enem acumulou outros erros, principalmente nas duas edições seguintes. Em 2010, uma falha na impressão prejudicou vários candidatos, e uma nova prova foi realizada para esse grupo. Um ano depois o exame trouxe 14 questões repetidas de uma aplicação recente de pré-teste em uma escola de Fortaleza.

O pré-teste de questões é uma das etapas do modelo de elaboração da prova, iniciado em 2009, e que permite diferentes exames com o mesmo grau de dificuldade.

Mas, em seus 21 anos, o Enem resistiu e se consolidou com o passar dos anos como vestibular para praticamente todas as universidades federais do país.

A USP, por exemplo, também seleciona alunos a partir da nota no exame e 41 universidades portuguesas também o aceitam.

Após o vazamento, o governo contratou a gráfica RR Donnelley para a reaplicação ainda em 2009. A empresa se manteve à frente dos trabalhos desde então. No período, houve apenas duas licitações, em 2010 e 2016, e a empresa saiu vencedora e recebeu o contrato.

No ano que o vazamento completa dez anos, porém, a gráfica anunciou falência e a segunda colocada no último certame, a Valid, assumiu os trabalhos por decisão do governo Jair Bolsonaro (PSL). 

O TCU (Tribunal de Contas da União) ainda apura se houve um suposto conluio entre as duas empresas.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Pernambuco recebe nova remessa da vacina da Pfizer contra a Covid-19

Doses serão destinadas aos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Heudes Regis/SEI)

O segundo lote de vacinas da Pfizer/BioNTech foi recebido por Pernambuco às 20h45 desta segunda-feira (10.05). As 46.800 doses chegaram ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre em sete caixas térmicas, e foram levadas para acondicionamento no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), onde ficarão disponíveis para os municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife. A orientação é que o imunizante seja aplicado nas pessoas com comorbidades, incluindo grávidas e puérperas (até 45 dias após o parto).

“Recebemos, esta noite, o segundo lote de vacinas da Pfizer/BioNTech. O primeiro lote, com 17.550 doses, chegou na segunda-feira passada (03.05). Isso aumenta nossa esperança de atender cada vez mais pernambucanas e pernambucanos. Sabemos que ainda há um grande contingente de pessoas a serem vacinadas, e permanecemos empenhados em garantir que novas remessas cheguem o mais rápido possível ao Estado”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O imunizante da Pfizer/BioNTech está sendo armazenado no Programa Estadual de Imunização em freezers específicos, que o mantém na temperatura correta, entre -25°C e -15°C, podendo permanecer assim por até duas semanas. Ao ser entregue às cidades, a vacina deve ser guardada em temperatura entre 2° C e 8° C, mas somente por, no máximo, cinco dias. Após aberto o frasco, o prazo para utilização de todo o conteúdo, com seis doses, é de seis horas. Lembrando que, por orientação do Ministério da Saúde, a segunda dose deve ser feita três meses após a primeira.

“Pelas especificações técnicas desse fabricante, vamos manter as doses entre as cidades de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife, conforme pactuado anteriormente com o Governo Federal, Estado e municípios. O Programa Estadual de Imunização tem feito a guarda das vacinas e, sempre que solicitado, repassa ao ente municipal, além de reforçar a importância do planejamento para uso correto e dentro do prazo preconizado de todas as doses disponibilizadas”, explicou o secretário estadual de Saúde, André Longo. “Amanhã, no início da manhã, vamos começar a distribuição para que os municípios consigam utilizar as doses imediatamente”, detalhou a superintendente de Imunizações da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina.

Com mais essa remessa, Pernambuco soma 3.182.580 vacinas contra a Covid-19, sendo 1.830.160 da Coronavac/Butantan, 1.288.070 da Astrazeneca/Fiocruz e 64.350 da Pfizer/BioNTech. Já estão sendo imunizados nesta campanha todos os idosos a partir dos 60 anos, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde, trabalhadores de forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, incluindo gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC.

Continuar Lendo

Cotidiano

PRF consegue desarticular associação criminosa que cometia diversos crimes em Pernambuco

Os cinco homens que estavam no veículo tinham passagens pela polícia e efetuaram diversos disparos contra os policiais que repeliram à injusta agressão. A equipe da PRF teve apoio da Polícia Civil de Águas Belas/PE e da Polícia Militar.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/PRF)

Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu quatro homens na noite desta segunda-feira (10). Eles tinham entre 27 e 39 anos e eram integrantes de uma associação criminosa, que possuíam passagens pela polícia por diversos crimes, como roubo a bancos, casas lotéricas e homicídios, inclusive de policiais na região. Durante a abordagem, os criminosos efetuaram diversos disparos contra os policiais que revidaram. Dois dos suspeitos ficaram feridos e foram socorridos, mas um não resistiu e veio a óbito. A ação aconteceu no km 185 da BR 423, em Águas Belas/PE.

Era por volta das 19 horas quando uma equipe realizava fiscalização nas proximidades da entrada da cidade de Águas Belas/PE e avistou um Fiat/Palio, de cor cinza, com cinco ocupantes. Ao ser dado ordem de parada ao veículo, o motorista desobedeceu e iniciou fuga.

De imediato, os policiais iniciaram o acompanhamento ao veículo, o qual forçava ultrapassagens perigosas na referida rodovia. Alguns minutos depois, o condutor do veículo perdeu o controle da direção, jogando o carro para o acostamento.

Assim que o carro parou, os ocupantes do automóvel abriram as portas e saíram efetuando disparos contra a equipe. Os agentes revidaram os disparos, até todas as ameaças serem interrompidas.

Durante a troca de tiros, o motorista do veículo ficou no acostamento e alegou ser um refém dos envolvidos. Foi realizada a sua contenção e encaminhamento à viatura para a sua proteção e dos policiais, enquanto os demais homens permaneceram efetuando disparos e correndo para um matagal.

No decorrer da ocorrência, os policiais encontraram próximo ao veículo, um dos passageiros, que estava ferido. De imediato, os agentes tentaram entrar em contato com o Samu para realizar os primeiros socorros. Como o local era de difícil acesso, os policiais o encaminharam para o hospital de Águas Belas, entretanto, o homem, de 39 anos, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Após indagações ao motorista, que tinha 36 anos, foi percebido inconsistências em suas respostas. Em consultas ao sistema, descobriu-se que ele tinha envolvimento com diversos crimes, além de ser irmão de um dos criminosos que atentaram contra a vida da equipe.

Depois de algum tempo, Policiais civis em diligências no local, encontraram mais um ferido e o encaminharam para o hospital. Ele tinha 33 anos e foi identificado com uma vasta ficha criminal, sendo que um desses crimes foi por ter assassinado um Sargento reformado da PM de Pernambuco no ano de 2018.

A equipe permaneceu no hospital, quando receberam informações que próximo ao local dos disparos, um dos envolvidos estaria mantendo reféns em uma residência. Ao chegar no local, o homem foi capturado, sendo averiguado que o indivíduo, de 27 anos, também possuía vasta ficha criminal.

Dentro do veículo foram encontradas: uma pistola, da marca Taurus, calibre .40, uma espingarda e 19 munições. Ressalta-se que no veículo tinham cinco ocupantes, entretanto, o último não foi encontrado pelas equipes. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Garanhuns/PE, para providências cabíveis.

Continuar Lendo

Cotidiano

Vídeo flagra o exato momento que sacada em apartamento de luxo desaba durante festa de aniversário

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

A sacada de um apartamento de praia em Malibu, nos Estados Unidos, desabou deixando ao menos 12 pessoas feridas – duas delas em estado grave. De acordo com o New York Post, o incidente, cujo vídeo viralizou nas redes sociais, aconteceu no último sábado (8).

De acordo com a publicação, a emissora KABC noticiou que testemunhas relataram uma festa de aniversário sendo realizada no local quando a estrutura cedeu.

Nove pessoas sofreram algum tipo de ferimento, sendo que quatro delas foram encaminhadas para o hospital – duas delas em estado grave. Autoridades locais afirmam que mais de 15 pessoas estavam na sacada no momento que ela despencou.

Também segundo o New York Post, a dona da casa, que havia alugado o imóvel, contou que descobriu pelos vizinhos que ao menos 30 pessoas estavam no local – número superior às seis que ela havia permitido. Ela também disse que a casa foi vandalizada.

Assista o instante em que a sacada desabou:

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.