Nos siga nas redes sociais

Esportes

Dez perguntas e respostas sobre a morte de Ayrton Senna

De garoto trapalhão a empresário, conheça mais sobre Ayrton Senna

Avatar

Publicado

Qual foi a causa da morte?

A autópsia revelou que o impacto a 208 km/h causou os ferimentos múltiplos na base do crânio do piloto, resultando em insuficiência respiratória. Além disso, havia esmagamento do cérebro, que foi arremessado junto à parede do crânio, causando edema, hemorragia e o aumento de pressão intracraniana. Houve também a ruptura da artéria temporal que causou a hemorragia nas vias respiratórias e parada cardíaca.

Quem foi condenado pela morte do piloto?

Procuradores italianos acusaram seis pessoas de homicídio pela morte de Senna, todas absolvidas posteriormente. Eram eles Frank Williams, Patrick Head e Adrian Newey, da Williams, Fedrico Bendinelli, representante dos proprietários do Autódromo Enzo e Dino Ferrari, Giorgio Poggi, diretor do circuito, e Roland Bruynserarde, diretor da prova e que sancionou o circuito. O caso levou mais de 11 anos para ser concluído, devido a um recurso e um novo julgamento.

Quem era o principal rival de Senna no ano de sua morte?

Após dois anos de domínio da Williams, com os títulos de Nigel Mansell em 1992 e Alain Prost em 1993, Senna transferiu-se para a equipe inglesa, mas não marcou pontos nas duas corridas que antecederam o GP de San Marino. O vencedor nas duas etapas foi Michael Schumacher, da Benetton.

O que mudou na F-1 após a morte de Senna?

A categoria passou a investir mais em segurança, não apenas nos carros e equipamentos, como também nos circuitos. Mais áreas de escape e barreiras de pneus foram colocadas e os testes de impacto passaram a ser mais rigorosos.

Quem havia sido o último piloto a morrer numa corrida de F-1?

O austríaco Roland Ratzenberger morreu um dia (30/4) antes de Senna durante um acidente na classificação. Antes dele, o último havia sido o italiano Riccardo Paletti, durante o GP do Canadá de 1982.

Senna e Ratzenberger foram os únicos a se acidentar em Imola naquele final de semana?

Não. Tudo começou na sexta-feira, quando Rubens Barrichello, então na Jordan, perdeu o controle de seu carro a 225 km/h e bateu no alto da barreira de pneus. Com o impacto, seu carro capotou várias vezes antes de cair no cão, de cabeça para baixo. O brasileiro ficou inconsciente e teve o nariz e o braço quebrados.

Apesar do acidente, o GP de San Marino foi disputado até o fim?

Sim, como Senna não foi declarado morto na pista, a corrida continuou normalmente até o final. Michael Schumacher venceu, seguido pelo italiano Nicola Larini e Mika Hakkinen. No pódio, em respeito a Ratzenberger e Senna, nenhum champanhe foi estourado.

Quem prestou os primeiros socorros ao piloto brasileiro?

Logo após a batida, fiscais de pista tentaram socorrer o brasileiro, mas ao ver a gravidade da situação esperaram que o médico da F-1, o neurocirurgião Sid Watkins, chegasse. Foi ele quem fez a traqueostomia no piloto, ainda na pista, antes que ele fosse levado de helicóptero ao hospital em Bolonha.

Se os ferimentos de Senna eram irreversíveis, qual foi a hora da morte?

O brasileiro foi anunciado como morto às 18h40 em Imola, duas horas e 20 minutos depois do encerramento do GP de San Marino. O horário oficial da morte, no entanto, foi dado como 14h17, ainda durante a corrida.

Depois dos acidentes em 1994, algo mudou no circuito de Imola?

Utilizado desde 1981 na F-1, o traçado da pista italiana foi bastante modificado após as tragédias. A Tamburello, que era uma curva de alta velocidade foi transformada em uma chicane muito mais lenta. A última vez que o circuito recebeu uma etapa da F-1 foi em 2006. (Folha de São Paulo)

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Neymar deixa marca dos pés na calçada da fama do Maracanã

Redação PortalPE10

Publicado

O atacante Neymar passará a ter a marca de seus pés na calçada da fama do Maracanã. Neste fim de semana, o jogador se reuniu com uma equipe do estádio para tirar os moldes que serão exibidos no local.

O jogador do PSG e da seleção brasileira foi recebido pelo secretário de esportes do Rio, Leandro Alves, e pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. Ambos posaram ao lado do atleta e do pai dele, Neymar da Silva Santos.

“Muito feliz e orgulhoso de poder fazer da história do futebol e me juntar ao lado de tantos craques que deixaram seus pés marcados no Maracanã”, escreveu Neymar no Instagram.

A calçada da fama do Maracanã reúne pegadas de mais de 100 personalidades do futebol mundial, como Pelé, Garrincha, Zico, Romário, Sócrates, Marta, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. Ainda não há data para a inclusão da homenagem a Neymar no local.

O jogador do PSG passou as festas de fim de ano no Brasil e, logo após tirar os moldes dos pés, postou uma foto anunciando seu retorno à França. “Para alegria de uns e tristeza de outros. Voltando pra casa” escreveu o atleta.

Continuar Lendo

Esportes

São Paulo anuncia volta de Muricy Ramalho como coordenador de futebol

Tricampeão brasileiro com o clube, Muricy volta ao Morumbi após 6 anos.

Redação PortalPE10

Publicado

Muricy voltará ao São Paulo após período como comentarista – (Foto: Raw Image/Folhapress)

O São Paulo anunciou no sábado (2) o retorno de Muricy Ramalho ao clube. O ex-técnico assumirá o cargo de coordenador de futebol.

A promessa havia sido feita em dezembro pelo então candidato à presidência Julio Casares, que assumiu nesta sexta-feira (1º) o comando do São Paulo no triênio 2021-2023. O treinador tricampeão brasileiro no Morumbi (2006-2008) deixou a Globo, em que era comentarista, no início do último mês.

Na nova função, Muricy deve acompanhar o trabalho cotidiano da comissão técnica, liderada por Fernando Diniz, e atuar em setores específicos, como os departamentos físico e médico.

Além disso, o ex-treinador deve ser responsável pela interface com outros dirigentes do clube e pela coordenação das categorias de base do São Paulo, facilitando o ingresso de jovens jogadores no CT da Barra Funda.

A última passagem de Muricy pelo clube foi de 2013 a 2015. Ele estava fora de times do futebol brasileiro desde maio de 2016, quando se afastou do comando técnico do Flamengo por problemas de saúde.

*Com informações FolhaPress.

Continuar Lendo

Esportes

Neymar ironiza festa para 500 pessoas e diz que todos “merecem celebrar a vida”

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

Após ficar dias sem se pronunciar sobre a polêmica festa de Réveillon em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio, Neymar publicou no Instagram nesta quinta (31), os preparativos para a sua celebração de Ano-Novo.

Nas imagens, ele mostra a decoração de sua casa, que tem uma enorme mesa de jantar com flores brancas e velas. “Jantarzinho de casa, com distanciamento entre uma cadeira e outra. E não é para 500 pessoas, tá”, ironizou o jogador do PSG sobre notícias que a festa reuniria esse número de pessoas.

“Na legenda do vídeo, Neymar escreveu: “Todos aqui para sermos felizes, depois de um longo e difícil ano! Nós merecemos celebrar as nossas vidas! Momentos únicos ficarão eternos em nossa memória.” Mais cedo, ele já havia publicado vídeo fazendo o exame para a detecção da Covid. Mostrou também o seu filho, Davi Lucca, realizando o teste.

Não fica claro se o jogador está em Mangaratiba ou em Santa Catarina. A assessoria de imprensa de Neymar informou na quarta (30) que ele deveria passar o Réveillon com a família e os amigos no estado catarinense.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.