Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Disque 100 funcionará em esquema de plantão durante o Carnaval

População brasileira é convocada a denunciar crimes contra crianças e adolescentes

Avatar

Publicado

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em parceria com o Ministério do Turismo e a Embratur, lançou a Operação Carnaval do Disque 100 – Disque Direitos Humanos. A ministra informou que o trabalho das equipes da central estarão em regime de plantão especial para o período de Carnaval. 

“Queremos com a campanha convidar quem presencie atos contra os direitos da criança e do adolescente que levem ao conselho tutelar, às delegacias e nós estaremos em plantão, disponíveis através do Disque 100, 24 horas por dia em todos os dias. Quando a pessoa liga ela aciona uma rede. Ela aciona o Conselho Tutelar, o Ministério Público e as polícias locais e a Polícia Rodoviária Federal quando se trata de estradas. Somos uma grande rede”, afirmou Maria do Rosário.

A ministra afirmou que as crianças e adolescentes são de responsabilidade de todos. “Toda criança e adolescente precisa de cuidado e atenção. E cada uma é responsabilidade da família, da comunidade na qual ela vive e dos governos em todas as esferas. Então devemos estar atentos e estarmos juntos para brincar com tranquilidade o Carnaval”.

Para assegurar a defesa da criança e do adolescente, os Conselhos Tutelares estão sendo equipados. “Estamos com as equipes em todas as capitais, cidades de fronteiras e turísticas com 1.150 conselhos tutelares, que estão sendo equipadas com carros, computadores e impressoras, para que trabalhem de forma interligada” informou a ministra.

E finalizou. “Cuidem das crianças como se fossem suas. Contamos com a população em todos os momentos, mas especialmente no Carnaval e na Copa do Mundo. Estamos muito preparados”.

Camisetas alusivas ao turismo sexual

A operação no Disque 100 coincide com o lançamento pela empresa Adidas de camisetas comemorativas à Copa do Mundo de 2014 com conteúdo alusivo ao turismo sexual. Sobre o caso, a ministra reforçou repúdio às peças, que já foram retiradas das vendas pela empresa.

“O Brasil não é destino do turismo sexual e não aceita atitudes como essa. A postura do Ministério do Turismo e da Embratur representaram muito bem o posicionamento do governo brasileiro em relação à exploração sexual” afirmou.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Família quebra porta de hospital e arrasta maca com corpo de morto por Covid-19 até cemitério

Familiares não concordaram com os protocolos de sepultamento para evitar contaminação pelo coronavírus.

Redação PortalPE10

Publicado

Família arrastou a maca com cadáver até o cemitério. (Reprodução)

Uma família quebrou as portas de um hospital, retirou o corpo de um parente morto por Covid-19 e arrastou a maca com o cadáver pelas ruas até o cemitério. O caso aconteceu na última quinta-feira (8), no município de Fundación, em Magdalena, na Colômbia. As informações são do NE10 Interior.

Segundo o site colombiano de notícias RCN, os familiares de Ramón Eliecer Quintero, de 59 anos, não concordaram com o diagnóstico médico e com os protocolos de sepultamento – que são restritos devido ao risco de contaminação pelo novo coronavírus. Eles decidiram levar o corpo do falecido embora, sem a permissão do hospital.

O corpo foi levado de maca por familiares ao longo de sete quarteirões até o cemitério, conforme mostram as imagens que repercutem nas redes sociais.

“Peço desculpas ao município, não somos vândalos, mas como pobres temos que agir assim para que eles nos escutem”, disse Rosa Katherine Quintero, a filha mais velha, ao jornal “El Heraldo”. Em nota, o Hospital San Rafael repudiou o episódio.

Continuar Lendo

Cotidiano

Polícia Federal deflagra operação para combater pedofilia e pornografia infantil no sertão de Pernambuco.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/PF)

Na manhã de hoje, 11, a Polícia Federal, através de sua delegacia em Salgueiro/PE, deflagrou a Operação Protect I, para cumprimento de 2 (dois) mandados de prisão temporária e 3 (três) de busca e apreensão, na intenção de coibir prática de crimes de estupro de vulnerável e pornografia infantil contra uma criança de apenas 5 anos de idade. A ação foi deflagrada nas cidades de Araripina/PE e Caldeirão Grande do Piauí/PI.

A investigação contou com o auxílio da INTERPOL e retratou um gravíssimo caso de abuso sexual infantil intrafamiliar. A suspeita é que o crime venha sendo praticado desde agosto de 2020 pelo pai da vítima.

Os abusos contra a menor eram registrados em vídeos e imagens e posteriormente compartilhados na rede mundial de computadores através da chamada DeepWeb. O material pornográfico era produzido pelos próprios investigados e difundido entre outros usuários da rede.

A INTERPOL mantém um banco de dados de imagens de abuso sexual infantil, o qual é alimentado por policiais de 61 países membros e pela EUROPOL. O Brasil faz parte dos países autorizados e certificados para a utilização do sistema desde 2009. Nesse contexto, a Polícia Federal instituiu uma Força Tarefa composta de policiais federais e civis, treinados na referida ferramenta da Interpol, que tem por objetivo a identificação das crianças brasileiras vítimas de abuso.

Salienta-se que o Brasil, como país membro da Interpol, aderiu à resolução 08 da Assembleia Geral da Interpol em 2011, por meio da qual se comprometeu a promover o gerenciamento de material de operações voltadas ao combate ao abuso sexual infanto-juvenil de maneira centrada na vítima.

Os dois presos foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro/PE onde foram autuados pelos crimes de Estupro de vulnerável e produção e difusão de pornografia infantil.

Continuar Lendo

Brasil

Presidente faz visita surpresa à igreja Assembleia de Deus e é abençoado pelo Círculo de Oração

Bolsonaro passava por comunidade quando viu igreja aberta e resolveu entrar.

Redação PortalPE10

Publicado

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Twitter)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), fez uma visita surpresa a uma congregação da Assembleia de Deus Ministério de Madureira no bairro Morro da Cruz, em São Sebastião (DF), comunidade perto de Brasília. As informações são do GospelPrime.

Bolsonaro estava passando de moto pelo local quando viu a igreja aberta e resolveu entrar, sendo abençoado por irmãs do Círculo de Oração que estavam presente. O presidente também deu uma rápida saudação para os fiéis antes de deixar o local.

Em sua breve passagem pela congregação, o presidente agradeceu pela recepção e pelas bênçãos, recebendo uma oração das evangélicas presentes.

Na mesma comunidade, o presidente visitou uma casa onde venezuelanas que fugiram do regime socialista de Nicolas Maduro estão abrigadas. Bolsonaro aproveitou para alertar sobre os riscos do Brasil chegar a essa condição, passando a uma ditadura.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.