Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Em novo boletim Pernambuco registra 664 novos casos e 15 mortes em decorrência da Covid-19

Além disso, o boletim registra um total de 139.453 pacientes recuperados da doença.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Boris SV/Getty Images)

(Foto: Boris SV/Getty Images)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (20/10), 664 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 38 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 626 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 156.794 casos confirmados da doença, sendo 26.747 graves e 130.047 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 139.453 pacientes recuperados da doença. Destes, 17.087 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 122.366 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 15 novos óbitos (10 masculino e 5 femininos), ocorridos desde o dia 26 de abril. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Alagoinha (1), Camaragibe (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Passira (2), Pesqueira (1), Recife (2), São Lourenço (2), Trindade (1), Vitória de Santo Antão (2). Com isso, o Estado totaliza 8.505 mortes pela doença.

Do total de mortes do informe de hoje, duas (13%) ocorreram nos últimos três dias – ambas no último domingo (18/10). Os outros 13 registros (87%) ocorreram entre os dias 26/04 e 16/10.

Os pacientes tinham idades entre 36 e 81 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (2), 70 a 79 (9) e 80 ou mais (1). Do total, 14 pacientes apresentavam doenças pré-existentes: doença cardiovascular (9), diabetes (6), hipertensão (4), doença renal (2), tabagismo (2), Alzheimer (1), doença respiratória (1), obesidade (1), tabagismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um caso está em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 22.131 casos foram confirmados e 37.470 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

SÍNDROME PEDIÁTRICA – A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que não foram registrados novos casos da Síndrome Inflamatória Multissistêmica (SIM-P). Até o momento, continuam as 23 ocorrências já divulgadas: 21 evoluíram para cura e alta hospitalar e 2 vieram a óbito. Todos tiveram resultado positivo para Covid-19.

Mata Sul

Justiça eleitoral nega recurso e mantém cassação de prefeito e vice de Joaquim Nabuco

Redação PortalPE10

Publicado

 

Neto Barreto (PTB) e Eraldo Veloso (MDB), prefeito e vice-prefeito de Joaquim Nabuco, na Mata Sul de Pernambuco.

Com a publicação do acórdão que nega provimento ao recurso eleitoral interposto pela coligação União por Joaquim Nabuco, encabeçada pelo prefeito eleito Neto Barreto (PTB), o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) determina que o presidente da Câmara de Vereadores de Joaquim Nabuco, Charles (SD), seja comunicado da sentença e seja empossado como prefeito interino.

Entre os pontos destacados pelo relator do caso, Rodrigo Cahu Beltrão, e votado por unanimidade pelos membros do TRE-PE, está: “Constatação de uso ostensivo e direto de dinheiro como meio de conquista de votos, o que configurou, no caso, não somente a ilicitude do art. 41-A da Lei n.º 9504/97 como também abuso de poder econômico, conceito mais amplo do que a captação sufrágio.”

Isso fez com que a Corte concedesse “parcial provimento ao recurso eleitoral apenas para afastar a condenação do tesoureiro do partido, mantendo nos demais termos a sentença recorrida”. Com isso, o prefeito Neto Barreto, o vice Eraldo Veloso (MDB) e o candidato a vereador José Luiz de Souza, conhecido como Irmão Luiz (SD), foram cassados.

Por unanimidade, TRE mantém cassação de prefeito e vice que jogou dinheiro para eleitores, em Joaquim Nabuco

Continuar Lendo

Mata Sul

Ministério da Saúde lança campanha contra covid 15 meses após 1º caso e mais de 425 mil mortes acumuladas

Redação PortalPE10

Publicado

 

Após 14 meses de pandemia, o Ministério da Saúde lançou nesta quarta-feira (12) uma campanha sobre medidas de prevenção contra a Covid. A pasta também anunciou a médica infectologista Luana Araújo como a nova titular de uma secretaria criada para enfrentamento à doença.

Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a nova área deve concentrar as ações de controle da epidemia no país.
Formada em medicina pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Araújo tem residência em infectologia pela mesma instituição e é pós-graduada em epidemiologia pela Universidade John Hopkins.

Em discurso, ela prestou solidariedade a familiares de vítimas da Covid e disse que pretende adotar ações com base em evidências científicas. “Minha experiência hoje é trabalhar com preparo e resposta de sistemas de saúde ao redor do mundo em relação a pandemias, e isso foi o que me trouxe hoje para essa posição”, afirmou.

Continuar Lendo

Pernambuco

Pernambuco suspende vacinação de grávidas sem comorbidade após orientação do Ministério da Saúde

Redação PortalPE10

Publicado

Após orientação do Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) determinou a suspensão da vacinação contra a Covid-19 de mulheres grávidas e puérperas sem comorbidades no Estado.

Apenas as gestantes e mulheres que tiveram filhos há 45 dias e que tenham doença pré-existente devem continuar sendo vacinadas contra o coronavírus – e com o imunizante da Pfizer e a CoronaVac/Butantan.

O uso da vacina da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz segue suspenso para todas as grávidas e puérperas.

A SES-PE informou ainda que reúne de forma extraordinária, nesta quarta-feira (12), o Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19 e a Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Na reunião, será debatido e pactuado o processo de vacinação no Estado diante da problemática envolvendo grávidas e puérperas.

O Ministério da Saúde deve divulgar, nos próximos dias, uma nota técnica com mais esclarecimentos sobre a vacinação no público de mulheres gestantes e puérperas, inclusive sobre o cumprimento do esquema vacinal daquelas que já fizeram a primeira dose com a AstraZeneca.

A suspensão da vacinação em todo o País de mulheres grávidas e puérperas ocorre como precaução em meio à investigação de um óbito por acidente vascular cerebral (AVC) de uma gestante de 35 anos que recebeu a vacina no Rio de Janeiro. A relação desse caso com a vacina, porém, ainda não foi comprovada.

Até o momento, ao menos 22.295 gestantes já foram vacinadas no País, segundo os dados do Ministério da Saúde. Dessas, 15.014 receberam a vacina da AstraZeneca; 3.414, a CoronaVac e 3.867, a vacina da Pfizer.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.