Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Em PE quatro policiais rodoviários federais são condenados por receber propina

Agentes recebiam dinheiro para que caminhões trafegassem sem qualquer fiscalização

Avatar

Publicado

Quatro policiais rodoviários federais foram condenados pelo crime de corrupção passiva. José Humberto Tavares de Melo, Carlos Henrique da Silva Gomes, Luciana de Lima Albuquerque e Dagoberto Fernandes de Araújo são acusados de receber propinas para permitir o tráfego irregular de veículos, sem fiscalização. A decisão da Justiça Federal foi divulgada pelo Ministério Público Federal de Pernambuco (MPF) nesta sexta-feira (24).

De acordo com as apurações, os policiais recebiam propinas para que os caminhões trafegassem pelas rodovias sem qualquer fiscalização. A prática criminosa foi descoberta em 2010 e resultou na deflagração da Operação Boa Viagem. A açãp investigou o envolvimento de policiais rodoviários federais em Pernambuco e motoristas, bem como de funcionários e donos de empresas de transporte. Outros envolvidos, denunciados pelo MPF, são réus em processos que estão em trâmite na Justiça Federal – a primeira condenação relativa ao caso ocorreu em novembro do ano passado.

A Justiça Federal condenou José Humberto Tavares de Melo a 21 anos e oito meses de reclusão, enquanto Carlos Henrique da Silva Gomes foi condenado a 13 anos e um mês de reclusão. As penas de Dagoberto Fernandes de Araújo e Luciana de Lima Albuquerque foram, respectivamente, de nove anos e quatro meses e de sete anos e dois meses de reclusão. As penas aplicadas aos policiais devem ser cumpridas em regime fechado, com exceção da aplicada a Luciana de Lima, que deve ser cumprida em regime semiaberto. A Justiça também decretou a perda do cargo exercido pelos policiais, além de determinar o pagamento de multa.

Além dos policiais rodoviários federais, a Justiça ainda condenou José Francisco do Nascimento, denunciado por ter oferecido propina aos policiais, por corrupção ativa. A pena de José Francisco foi de quatro anos, substituída por prestação de serviços e doação mensal a entidade pública, além do pagamento de multa. Com informações da assessoria

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Mãe que arrancou os olhos da filha e um pedaço da língua com tesoura diz que a criança estava possuída

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/YouTube)

Em depoimento concedido aos policiais da Delegacia Regional de Santana do Ipanema, Josimare Gomes da Silva, de 30 anos, que matou a própria filha nesse domingo (24), na cidade sertaneja de Maravilha, disse que a criança estava possuída por demônios.

Segundo a suspeita, que arrancou os olhos e parte da língua da filha com uma tesoura, apenas o demônio morreu e a criança estaria viva.

“Os olhos caíram no ralo depois que eu arranquei, mas foi do demônio, minha filha está viva”, teria dito ela, com demonstrações claras de que sofre de problemas psiquiátricos.

Josimare está sob efeitos de medicamentos e segue presa na Delegacia de Delmiro Gouveia, onde permanece à disposição da Justiça.

Policiais que atenderam a ocorrência se surpreenderam ao encontrar a criança sem os olhos, já morta, e a mãe rezando sobre o corpo.

Sobre o caso:

Na noite deste domingo (24) uma mãe que apresentava um quadro grave de depressão e outros problemas psiquiátricos, matou a própria filha de apenas cinco anos de idade. O caso foi registrado no município de Maravilha, no Sertão alagoano.

De acordo com informações, após matar a menina, a mãe, que não teve a identidade revelada, ficou ao lado do corpo da filha, rezando um terço. Ela foi presa em flagrante sem resistir à prisão. Policiais do 7º Batalhão de Polícia Militar (7GBM) encaminharam a mulher até à Delegacia Regional de Polícia Civil.

*Com informações 7Segundos

Continuar Lendo

Brasil

(Vídeo) Mãe amarra bebê com corda e chama filha de “ratazana”

Conselho Tutelar encaminhou o bebê aos cuidados da avó materna.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/YouTube)

Uma denúncia de maus tratos a uma bebê resultou na prisão da mãe da criança. O caso foi registrado neste domingo (24) em Girau do Ponciano, no Agreste de Alagoas.

A denúncia foi feita pela avó da criança, que mora na zona rural do município.

A Patrulha Maria da Penha foi acionada e quando os policiais chegaram ao local da denúncia, a avó mostrou o vídeo onde a criança está com as mãos e pés amarrados. Durante o vídeo gravado pela própria genitora, a menina é chamada de “ratazana”.

Os policiais acionaram o Conselho Tutelar que encaminhou o bebê aos cuidados da avó paterna.

A idosa relatou que o filho dela, pai do bebê, mora em outro estado e é separado da mãe da criança.

*Com informações 7Segundos.

Continuar Lendo

Cotidiano

Após 32 anos, Faustão deixa a Rede Globo em dezembro

O contrato de Faustão não sera renovado, e chega ao fim em dezembro de 2021. O motivo seria a renovação da grade de programas da Globo no ano seguinte, o que não está nos planos do apresentador.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/TV Globo)

O apresentador Fausto Silva chegou a um consenso com a Rede Globo, e deixará o comando do ‘Domingão do Faustão’. Ao todo, foram 32 anos no ar liderando a audiência nos domingos. As informações são do portal R7.

O contrato de Faustão não sera renovado, e chega ao fim em dezembro de 2021. O motivo seria a renovação da grade de programas da Globo no ano seguinte, o que não está nos planos do apresentador.

Ainda é estudado se o ‘Domingão’ será mantido no ar ou não. Faustão chegou a receber uma proposta de um programa nas noites das quintas, em um horário diferente, mas recusou.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.