Nos siga nas redes sociais

Mata Sul

Episódio de jogar dinheiro pela sacada da varanda levou a justiça susta diplomação do prefeito e vice em Joaquim Nabuco

Justiça susta diplomação de prefeito que jogou dinheiro pela varanda no dia das eleições

Redação PortalPE10

Publicado


A Justiça Eleitoral da 38ª Zona Eleitoral de Água Preta deferiu liminar, na ação de investigação judicial eleitoral, ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), sustando a diplomação de Antônio Raimundo Barreto Neto e Eraldo de Melo Veloso, eleitos para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Joaquim Nabuco, e do suplente ao cargo de vereador do município, José Luiz de Souza.

A decisão foi concedida nesta sexta-feira (18), data em que estava prevista a diplomação.

O promotor eleitoral da 38ª Zona Eleitoral (MPE), Thiago Faria Borges da Cunha, ajuizou ação em desfavor dos eleitos por atos de distribuição de dinheiro a eleitores, além da doação de outros bens e promessas de vantagens pessoais acompanhadas de pedido de voto.

O caso tornou-se nacionalmente conhecido após a divulgação de vídeo no qual o vice-prefeito eleito joga dinheiro de uma sacada de uma varanda, no domingo de eleições, em 15 de novembro de 2020.

Este é o segundo processo que julga eventos similares, mas com apresentação de fatos novos e juntada de meios de prova diferentes e pedido de produção probatória diversa.

 

Ontem (17) também foi conferida na sentença a suspenção da diplomação dos envolvidos. A ação foi proposta pela coligação “Frente Popular de Joaquim Nabuco” (PBS, PROS), Lírio Ademour das Oliveiras e Pereira Júnior e Wilson Ricardo Lins de Carvalho. Nesta ação, o MP eleitoral se manifestou favorável a procedência do pedido. A decisão cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral. A sentença ainda é passível de recurso ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

A assessoria do prefeito, Neto Barreto, informou que já está trabalhando através de sua assessoria jurídica, buscando todas as medidas cabíveis para restabelecer o direito dos, eleitos democraticamente pela população aracajuana, à diplomação e posse para que possam exercer seus mandatos.

Mata Sul

Covid-19: Delegado da Policia Civil, Ariosto Esteves recebe alta após ficar 16 dias internado na UTI

Redação PortalPE10

Publicado

O delegado da Polícia Civil, Ariosto Esteves  de 54 anos, deixou a unidade de terapia intensiva (UTI) na tarde desta segunda-feira (10) após duas semanas na UTI por complicações pela Covid-19. Ele segue em observação no setor de apartamentos do Hospital Português no Recife.

O delegado estava sendo tratado em um leito clinico de hospital da capital desde o dia 24 de abril, mas teve complicações provocadas pela doença e precisou ser transferido para uma UTI para maiores cuidados.

Em contato com a redação do PortalPE10, ele informou, que passa bem e deve receber alta nesta quarta-feira(12)

Continuar Lendo

Mata Sul

Pai e filho são mortos a tiros dentro da casa onde moravam em Belém de Maria

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Pai e filho foram mortos a tiros dentro da casa onde moravam na noite da segunda-feira (10) em Belém de Maria, na Mata Sul de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, José Cícero de Oliveira, de 50 anos, e Tawemerson da Silva Oliveira, de 25, foram atingidos na cabeça.

Ainda segundo a polícia, cerca de quatro criminosos invadiram a residência e atiraram nas vítimas, que estavam no sofá da sala, com uma espingarda.

De acordo com a Polícia Civil, há a suspeita de que a motivação do crime tenha sido uma briga entre as vítimas e os parentes dos suspeitos.

Três dos quatro suspeitos foram presos e um está foragido. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Belém de Maria.

Continuar Lendo

Mata Sul

Policia Federal prende líder de quadrilha suspeita de fraudar e sacar precatório de R$ 4 milhões

Redação PortalPE10

Publicado

O líder de uma organização criminosa suspeita de estelionato foi preso pela Polícia Federal (PF), na manhã desta terça-feira (11), em um sítio na zona rural de Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Cerca de R$ 22 mil em dinheiro foram apreendidos, segundo balanço preliminar da PF.

As investigações da operação começaram em outubro do ano passado e foram conduzidas pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários (Delefaz).

De acordo com a PF, um advogado membro da quadrilha sacou na agência da Caixa Econômica Federal no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), no Recife, um precatório de R$ 4 milhões após apresentar uma procuração lavrada no Cartório de Moreno com base em documento de identidade falsificado.

O advogado conseguiu sacar o precatório, mas a verdadeira beneficiária do processo foi depois à agência para receber o dinheiro. As investigações então apontaram a participação da organização criminosa na fraude.

A operação cumpriu ainda cinco mandados de busca e apreensão, bloqueio de contas bancárias e sequestro de imóvel.

As ordens judiciais foram expedidas pela 4ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco e cumpridas simultaneamente, nesta terça-feira, nas cidades de Camaragibe e Moreno, na RMR.

De acordo com a polícia, os integrantes da quadrilha são investigados por estelionato qualificado, associação criminosa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Caso condenados, as penas podem chegar a 30 anos de reclusão.

 

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.