Nos siga nas redes sociais

Brasil

“Essa doença não é brincadeira, outras 170 mil pessoas sabem da minha dor”, diz mãe que perdeu filha para Covid-19

“Essa doença não é brincadeira, outras 170 mil pessoas sabem da minha dor”, diz mãe que perdeu filha para Covid-19

Redação PortalPE10

Publicado


Mesmo muito abalada, Terezinha Campiotto, mãe da jovem de 16 anos que morreu vítima da Covid-19 em Marilândia do Sul, no norte do Paraná, falou sobre a doença e o quanto devemos levar a sério o vírus.

Terezinha contou que além de Giovana, ela, o marido, o pai e o outro filho testaram positivo, que todos já tinham deixando o isolamento e que eram considerados curados, porém a filha passou muito mal, apresentou uma piora de repente e morreu.

“Meu pai é um idoso, ele tem outros problemas de saúde, todos nós estávamos curados. Se tem alguém que pode falar com propriedade sou eu, e falo que essa doença não é brincadeira e também não é uma ‘gripinha'”, ressalta Terezinha.

A mãe da jovem ressaltou a importância de se preocupar com a doença, em manter os cuidados para para são se tornar mais uma vítima da Covid-19. “Eu estou passando por essa dor hoje mas antes de mim mais de 170 mil passaram por isso, é uma dor infinita, imensurável, não é brincadeira”, finaliza.

Giovana Campiotto testou positivo para a doença no dia 23 de novembro. Ela não tinha outros problemas de saúde. Amigos e familiares fizeram muitas homenagens para a jovem em redes sociais. Em um momento de oração virtual nas redes sociais da instituição de ensino onde estudava, o coordenador pedagógico do Colégio, professor Tiago Almeida, lamentou a morte de Giovana e foi difícil segurar as lágrimas. Assista:

Brasil

Bolsonaro diz que País terá novo ‘problema sério’ por falta de chuvas

Redação PortalPE10

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil terá um novo “problema sério” pela frente em razão da falta de chuvas. Em conversa com apoiadores nesta segunda-feira, 10, o chefe do Executivo disse prever nova “dor de cabeça” com a “maior crise que temos notícia”. “Estamos com um problema sério pela frente. Estamos vivendo a maior crise hidrológica da história. Eletricidade. Vai ter dor de cabeça. Um choque, né? Maior crise que temos notícia. Demos mais um azar”, disse.

O presidente frisou, ainda, que as chuvas previstas até março foram abaixo da expectativa, o que fez o cenário se agravar. “Vamos tentar aí, ver como que a gente pode se comportar”, disse.

Desde meados de abril especialistas vêm falando em risco de desabastecimento por conta da falta de chuvas e ameaças de que se repita. No primeiro trimestre de 2021, o volume das chuvas que caem na região que abastece o Sistema Cantareira, em São Paulo, foi o mais baixo desde o final da última crise hídrica, em 2016.

As declarações do presidente foram feitas na tradicional interação com apoiadores que o esperam retornar ao Palácio da Alvorada, no início da noite. O presidente, porém, não mencionou nenhuma ação ou estratégia para atacar o problema.

Continuar Lendo

Brasil

Anvisa pede suspensão imediata de vacina da AstraZeneca para grávidas

Redação PortalPE10

Publicado

Vacinação na aldeia indígena Umariaçu, próximo a Tabatinga, Amazonas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota no final da noite desta segunda-feira, 10, recomendando a suspensão imediata do uso da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford em gestantes. No Brasil, o imunizante é produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz).

De acordo com a agência reguladora, a orientação é resultado do monitoramento de efeitos adversos da vacina. “A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, diz a nota enviada à imprensa. A atual bula do imunizante não recomenda a aplicação em grávidas sem orientação médica individual.

 

Continuar Lendo

Brasil

Polícia prende mãe de criança de 3 anos morta após ser encontrada ferida em apartamento

PortalPE10 com informações G1

Publicado

A polícia investiga uma mulher que teria agredido o próprio filho, Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, até a morte, na Bela Vista, na região central de São Paulo nesta segunda-feira (10). O garoto foi levado à Santa Casa de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência (BO), o menino foi encontrado desacordado na cozinha pela tia-avó; a mãe estava com ele.

Segundo a Polícia Militar, que foi acionada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), informações preliminares apontam que a mãe teria passado por um surto psicótico. Ela foi encaminhada até o Hospital do Mandaqui, na Zona Norte, para ser medicada.

No BO, a tia-avó informou que deu mamadeira para a criança por volta das 7 horas e ficaram na sala assistindo à televisão. Após alguns minutos, o garoto foi até a cozinha. A tia-avó disse que começou a ouvir choros, mas achou que ele estava apenas pedindo colo para a mãe.

Cerca de cinco minutos depois, começou a ouvir barulhos fortes de batidas na parede e acreditou que viriam de outro apartamento. Após dez minutos, ela passou a ouvir o barulho de vidro quebrando na cozinha e, quando chegou ao cômodo, a criança estava deitada no chão com vômito e coberta por uma toalha de mesa.

A testemunha conta que perguntou à mãe o que teria acontecido, mas ela não respondeu. A criança foi levada até o hospital, onde foi confirmada a morte.

Ainda segundo a tia-avó, a mãe do garoto já foi internada cerca de quatro vezes. A tia não soube dizer, no entanto, se as internações foram por motivos psiquiátricos.

Em nota, a Santa Casa de São Paulo informou que a criança chegou ao hospital “em processo de reanimação pela equipe do SAMU e permaneceu em reanimação pela equipe médica do hospital, sendo constatado óbito na sequência”.

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo também por nota, disse que o caso está sendo registrado pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher e que a mãe foi encontrada em estado de choque e levada para um hospital psiquiátrico.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.