Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

EUA anunciam caso raro de transmissão de HIV entre mulheres

Segundo entidade de saúde, contágio é possível porque o vírus pode ser encontrado no líquido vaginal e no sangue

Avatar

Publicado

Um caso raro de possível transmissão de HIV entre mulheres foi anunciado nesta quinta-feira por autoridades de saúde americanas. Uma mulher, de 46 anos, “provavelmente adquiriu” o vírus da imunodeficiência humana em uma relação sexual com sua parceira, portadora do HIV, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).

A paciente, que não teve o nome revelado, já teve relações heterossexuais anteriormente, mas não nos dez anos anteriores à infecção. Sua companheira, de 43 anos, diagnosticada com o vírus em 2008, foi sua única parceira sexual nos seis meses antes do teste positivo do HIV. A mulher não apresentou nenhum dos outros fatores de risco, como uso de drogas injetáveis, transplante de órgão, acupuntura ou sexo desprotegido com outro parceiro. O vírus tinha 98% de semelhança genética com o da parceira.

?O casal disse não ter recebido informações sobre práticas de sexo seguro e contou que mantém relações sem proteção rotineiramente. “Elas descreveram seu contato sexual como intenso, chegando a levar ao sangramento de uma delas”, explica o texto do CDC. “Elas também informaram ter feito sexo sem proteção durante seu período de menstruação” completou a nota.

A mulher infectada desde 2008 tinha recebido prescrição de medicamentos antirretrovirais em 2009, mas parou de tomá-los em novembro de 2010. Segundo o CDC, apesar de casos como esse serem raros, “transmissão entre mulheres são possíveis porque o HIV pode ser encontrado no líquido vaginal e no sangue da menstruação”. O instituto reforçou que pessoas com HIV precisam ficar sob atenção médica e fazer uso dos remédios prescritos, para reduzir o risco de infectar o parceiro.

Poucas ocorrências desse tipo já foram documentadas, e a confirmação “tem sido difícil porque outros fatores de risco quase sempre estão presentes ou não é possível eliminá-los”, informou o CDC.

(Com AFP)
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Depen retoma provas de concurso público para 309 vagas

Cargos são de nível médio e superior; salários vão até R$ 6.030,23.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

(Foto: Reprodução)

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) retomou as provas objetivas e discursiva do concurso público, que estavam previstas para setembro do ano passado e foram suspensas devido à pandemia. Agora, as provas serão aplicadas no dia 28 de fevereiro deste ano.

A retomada do concurso seguirá todas as regras de prevenção à Covid-19 em todas as etapas e as medidas de prevenção ao coronavírus serão divulgadas no edital de consulta aos locais de provas, bem como nos demais editais de convocação para cada fase, no site https://www.cebraspe.org.br/concursos/DEPEN_20.

Veja o edital no site do Cebraspe

O concurso público do Depen oferece 309 vagas em cargos de nível médio e superior.

Veja os cargos:

  • Nível superior: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal, especialidades de Enfermagem, Médico Clínico, Médico Psiquiatra, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional.
  • Nível Médio: Agente Federal de Execução Penal

Vagas:

  • 15 vagas para Especialista Federal em Assistência à Execução Penal
  • 294 vagas para Agente Federal de Execução Penal

Salários:

  • R$ 6.030,23 para o cargo de agente
  • R$ 5.865,70 para o cargo de especialista

Locais das vagas:

Os candidatos serão lotados na sede do Depen, em Brasília/DF, ou em uma das cinco penitenciárias federais, localizadas nas cidades de Brasília/DF, Campo Grande/MS, Catanduvas/PR, Mossoró/RN e Porto Velho/RO, de acordo com o interesse e a necessidade da administração.
As prova objetivas e discursiva para ambos os cargos serão realizadas nas 26 capitais e no Distrito Federal, além dos municípios de Mossoró (RN) e Catanduvas (PR).

Haverá ainda exame de aptidão física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e Curso de Formação.

Continuar Lendo

Cotidiano

Seleção simplificada oferece 142 vagas no Hemope com salários de até R$ 9,8 mil

Divulgação do edital ocorreu nesta quinta-feira (21), no Diário Oficial do Estado. Inscrição começa na segunda-feira (25) e pode ser feita até o dia 28 de janeiro.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Hemope fica localizado no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife — (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

O governo do estado divulgou, no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (21), o edital da seleção pública simplificada para contratar 142 profissionais dos níveis fundamental, médio e superior para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope). Os salários são de até R$ 9.886,16.

As inscrições podem ser feitas a partir da segunda-feira (25) pela internet. É possível se inscrever até o dia 28 de janeiro. As vagas são para as unidades do Hemope no Recife e Caruaru e para os hemocentros de Garanhuns, Petrolina, Serra Talhada, Salgueiro, Ouricuri e Arcoverde.

Para se inscrever, é preciso preencher um formulário de inscrição e anexar documentos como RG, CPF, comprovante de residência, certificado reservista (para candidatos do sexo masculino) e documento de comprovação de requisito para a função.

As contratações são para atender à necessidade gerada devido à emergência em saúde pública causada pela pandemia da Covid-19. Segundo o edital, pessoas com mais de 60 anos, grávidas puérperas ou que se enquadrem em outro grupo de risco da Covid-19 não podem participar da seleção.

O processo seletivo é realizado por meio de etapa única, de avaliação curricular, que tem caráter classificatório e eliminatório. A seleção simplificada tem validade de 12 meses e pode ser prorrogada pelo mesmo período.

A divulgação do resultado preliminar está prevista para o dia 4 de fevereiro. Os recursos podem ser enviados até 5 de fevereiro. Já o resultado final tem divulgação prevista para 10 de fevereiro, pela internet.

Continuar Lendo

Cotidiano

Cupira, Ribeirão e São José da Coroa Grande voltam a registrar mortes por coronavírus

Números foram atualizados no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE).

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: OCON/ AFP)

Os municípios de Cupira, Ribeirão e São José da Coroa Grande, registraram novas mortes por Covid-19. Os óbitos foram divulgados em um boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) na noite de quarta-feira (20).

Desde o início da pandemia, 1.174 moradores de Cupira no Agreste de Pernambuco foram diagnosticados com o vírus na cidade. O número de recuperados está em 1.126.

Já na Mata Sul o município de São José da Coroa Grande registrou 690 pacientes infectados pelo vírus, desse total 612 foram considerados recuperados e não apresentam mais sintomas.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (20/01), 1.770 casos da Covid-19. Entre os confirmados, 53 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.717 (97%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 244.814 casos confirmados da doença, sendo 30.437 graves e 214.377 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 209.502 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.822 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 190.680 eram casos leves.

Ao total foram confirmados laboratorialmente 39 novos óbitos (22 masculinos e 17 femininos), registrados entre os dias 30/11/2020 e 18/01/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Araripina (2), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (1), Caruaru (2), Cupira (1), Escada (1), Frei Miguelinho (1), Garanhuns (2), Goiana (1), Jataúba (1), Olinda (3), Ouricuri (1), Petrolina (1), Recife (16), Ribeirão (1), São Caitano (1), São José da Coroa Grande (1), São Lourenço da Mata (1) e Terra Nova (1). Com isso, o Estado totaliza 10.098 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 21 e 92 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (4), 60 a 69 (7), 70 a 79 (14) e 80 ou mais (9). Do total, 33 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (14), diabetes (13), hipertensão (10), obesidade (8), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença respiratória (4), doença hepática (2), câncer/histórico de câncer (2), AVC (2), doença renal (1), etilismo/histórico de etilismo (1), doença neurológica (1) e imunossupressão (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.