Nos siga nas redes sociais

Brasil

Ex-funcionária fantasma de Bolsonaro, Wal do Açaí registra candidatura com sobrenome do presidente

Ex-assessora é investigada há dois anos pelo Ministério Público Federal de Brasília

Marcelo Passos

Publicado


Walderice Santos da Conceição, a Wal do Açaí, ex-assessora de Jair Bolsonaro, registrou sua candidatura a vereadora de Angra dos Reis (RJ) com o sobrenome da família presidencial.

Alvo de uma investigação aberta há dois anos no Ministério Público Federal de Brasília sob suspeita de ser funcionária-fantasma, Wal tem forte apoio da família Bolsonaro e de seus aliados mais fiéis no Rio de Janeiro.

Em sua página no Facebook -criada com o nome Wal do Açaí, mas alterado para Wal Bolsonaro-, tem fotos com o senador Flávio Bolsonaro, os deputados Eduardo Bolsonaro, Hélio Lopes, Alana Passos e Anderson Moraes.

Ela também registrou uma reunião com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para tratar, segundo o texto publicado, da ampliação e reurbanização do aeroporto de Angra dos Reis.

Os planos para a candidatura foram oficializados em julho, num evento da Polícia Rodoviária Federal na cidade. Na ocasião, ela gravou um vídeo com Flávio Bolsonaro.

“Meus amigos de Angra dos Reis, estou aqui com a Wal do Bolsonaro. Uma referência para gente aqui na região de Angra, uma pessoa dedicada, trabalhadora, que a exemplo de várias pessoas que estão no entorno do presidente Bolsonaro, levam pedrada porque são pessoas honestas e corretas e que só querem fazer o bem ao próximo”, disse o senador.

Em vídeo de setembro, quando sua candidatura foi oficializada em convenção, Wal também comentou o novo momento.

“Acabaram de falar aqui que a gente vai apanhar muito. Mas é apanhando que a gente aprende a bater também”, afirmou ela, candidata pelo Republicanos-RJ.

Ela declarou como ocupação atual ser recepcionista, ter ensino fundamental incompleto e não possuir nenhum bem.

As suspeitas sobre Wal surgiram em 2018 em reportagem do jornal Folha de S.Paulo. Na ocasião, o jornal revelou que a ex-assessora trabalhava em um comércio de açaí na mesma rua onde fica a casa de veraneio do então deputado, na pequena Vila Histórica de Mambucaba.

Segundo moradores da região, Wal, como é conhecida, também prestava serviços particulares na casa de Bolsonaro. De acordo com moradores da região ouvidos à época, o marido dela, Edenilson, era caseiro do presidente.

Na ocasião, Bolsonaro não soube detalhar serviços prestados pela assessora na cidade. Perguntado sobre qual seria o trabalho desempenhado por ela, ele respondeu: “Ela reporta a mim ou ao meu chefe de gabinete qualquer problema na região”.

“Não tem uma vida constante nisso. É o tempo todo na rua? Não. Ela lê jornais, acompanha o que acontece”.

A reportagem pediu algum exemplo de serviços parlamentares prestados pela funcionária.

“Peraí, ela fala com o chefe de gabinete”, se limitou a dizer.

“Como é que eu vou saber? Se eu mantiver um contato diário com meus 15 funcionários, eu não trabalho”.

Um dia depois, Bolsonaro afirmou que ela trabalhava na loja porque estava de férias na data em que os repórteres estiveram na vila.

Brasil

Avião com vacinas chega ao Aeroporto Zumbi dos Palmares às 16h45 desta segunda-feira

Redação PortalPE10

Publicado

O primerio lote de vacina contra a Covid-19 chega a Alagoas por volta das 16h45 desta segunda-feira, 18.

Logo cedo, o governador Renan Filho participou, com demais governadores, de reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, onde foram detalhadas a distribuição da CoronaVac para os estados.

Para Alagoas, serão 70 mil doses numa primeira leva da vacina fabricada pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

Em seu perfil no Instagram, o governador publicou uma foto onde a remessa de imunizantes aparece coberto com a bandeira de Alagoas.

“Nosso primeiro lote de vacina pronto para ir a Alagoas. Direto do centro de logística de distribuição de medicamentos do Brasil. Vamos iniciar a imunização de nossa gente!”, escreveu Renan Filho.

Continuar Lendo

Brasil

Bolsa Família começa calendário 2021 sem auxílio emergencial

Redação PortalPE10

Publicado

 

Governo Bolsonaro congela Bolsa Família mesmo em regiões carentes

Começa nesta segunda (18) o calendário de pagamentos do Bolsa Família 2021. Neste mês, mais de 14,2 milhões de famílias de todo o país receberão o benefício social. Segundo o Ministério da Cidadania, o número representa um repasse de R$ 2,7 bilhões. O valor médio será de R$ 190, 57, em janeiro. Para as famílias que recebiam o auxílio emergencial inicial serão, no mínimo, R$ 400.

Criado para enfrentar a crise econômica durante a pandemia da Covid-19, o auxílio emergencial substituiu o Bolsa Família para quem cumpria os requisitos do benefício emergencial. As famílias contempladas receberam, primeiro, cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200, no caso das mães chefes de família, e, depois, a extensão de R$ 300 ou R$ 600. Sem a prorrogação do auxílio emergencial, as famílias voltam a receber o valor do Bolsa Família.

O pagamento às famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza é feito mensalmente, nos últimos dez dias úteis, de acordo com o dígito final do NIS (Número de Identificação Social). O valor que cada família recebe é a soma de vários tipos de benefício previstos no programa, que dependem da composição (como número de pessoas, idades e presença de gestantes) e da renda familiar.

Continuar Lendo

Brasil

Vacinação nacional contra Covid deve ser antecipada e começar já nesta segunda (18)

PortalPE10 com informações UOL

Publicado


A vacinação nos estados deve ser antecipada, começando já nesta segunda-feira (18). Governadores propuseram ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, adiantar o início do processo, que a princípio ocorreria apenas a partir de quarta (20).

O acordo se deu antes de evento nesta segunda (18), no centro de logística do Ministério da Saúde, em Guarulhos, que reuniu governadores para distribuição das doses da Coronavac aos governadores.

Antes do evento, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou que o início da vacinação pelo governador João Doria (PSDB) coloca os demais estados em situação de “segunda categoria”.

Ronaldo Caiado terá de usar a Coronavac do governador de São Paulo para vacinar o povo de Goiás.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.