Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Facebook iniciou planos para monetizar WhatsApp, diz site

A empresa testa um serviço que permitirá a comunicação direta entre estabelecimentos comerciais e consumidores.

Avatar

Publicado


O WhatsApp, o aplicativo de mensagens que o Facebook comprou por US$ 19 bilhões no início de 2014, ainda não rendeu nenhum lucro. Mas isso está prestes a mudar. Segundo o site Recode, a empresa está contratando funcionários para começar a monetizar sua plataforma.

Com mais de 200 funcionários, a companhia anunciou vagas para gerente de produto, que deve liderar os esforços de monetização, outra para a área de marketing e mais uma para o setor de comunicação da empresa. Os interessados devem se inscrever aqui.

De acordo com o Recode, as posições são voltadas para pessoas com experiência em mercados emergentes, como Brasil e Índia, onde o app é popular. O WhatsApp não divulga informações sobre seu plano de negócios.

A empresa testa um serviço que permitirá a comunicação direta entre estabelecimentos comerciais e consumidores. O WhatsApp tem 1,2 bilhão de usuários em todo o mundo e é incrivelmente popular em mercados emergentes fora dos EUA.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Fazenda reconhece erro em prova, suspende votação e cancela roça

A Fazenda 12: direção cancela prova e suspende votação; entenda

Marcelo Passos

Publicado

Foi suspensa a votação para elimição de um dos peões de A Fazenda nesta quinta-feira (29). Em um comunicado, a Record TV explicou que houve um erro na Prova do Fazendeiro, que acabou comprometendo a formação da Roça.

Confira abaixo:

“A Record TV vem a público informar que constatou um equívoco no resultado da Prova do Fazendeiro realizada ontem, dia 28/10. Infelizmente, esta falha comprometeu a formação da Roça e a escolha do Fazendeiro.

Diante disso, decidimos suspender a votação.

No programa de hoje à noite, serão esclarecidos para o público e os peões os detalhes do que aconteceu e como ficará a sequência do reality show.

A produção de A Fazenda 12, o apresentador Marcos Mion e a Record TV pedem desculpas aos telespectadores, a quem acompanha o programa pela internet, por streaming e pelas redes sociais e também a todos que votaram pelo ocorrido.”

Continuar Lendo

Entretenimento

Xuxa diz que vai processar Sikêra Júnior: “Mistura de palhaço e repórter”

“Parece que ele quer ser bastante popular e caricato, uma mistura de palhaço e repórter com uma postura bem forçada, desengonçada e tosca.

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

A apresentadora teve acesso às imagens de Sikêra por meio das redes sociais de Luísa Mell e repostou o conteúdo questionando “Qual é a graça? Zoofilia é crime”. “O tal senhor, ao invés de ver o erro que fez e se desculpar com as famílias que vêem seu programa, começou a me atacar, me chamando de pedófila e ex-rainha. E mais, disse que ensinava crianças a não deixarem ninguém tocá-las em certos lugares do corpo”, comentou ela.

“Uma pessoa que coloca em sua atração imagens de um animal sendo violentado e ainda encena ao vivo o horror que o bicho passou sorrindo, dando gargalhadas, passará às crianças e às pessoas que estão vendo que isso é normal ou uma piada. São seres indefesos que são usados por pessoas doentes e ninguém pode fazer disso um show de horrores ou pauta para piada, isso é inadmissível”, continuou ela.

“Se ele era mesmo meu baixinho, não aprendeu nada!”

Ao rebater as críticas de Xuxa, Sikêra citou o filme Amor Estranho Amor. “Esse senhor disse que transar com criança é pedofilia e ele tem razão, assim como sexo com animal é zoofilia, ambos crimes. Errou ao dizer que eu fiz, aliás errou muito feio, mas isso é assunto para meus advogados. De qualquer forma, esclarecendo o que eu acredito que ele não saiba, ficção é uma coisa e realidade é outra”, esclareceu.

“Há 40 anos, fiz um filme onde interpretei uma menina de 15 anos que foi vendida a um prostíbulo para ser dada de presente a um político. Uma ficção, que retrata o que se passa até hoje na vida de muitas meninas e meninos, não na minha. Muitas crianças, assim como minha personagem, são vendidas e exploradas sexualmente por pessoas que acham que tudo é permitido a seu bel prazer”.

Em seu programa, Sikêra também afirmou que Xuxa faria apologia às drogas. “Como se não bastasse, esse senhor desinformado também usou a imagem da minha filha dizendo que estou fazendo apologia às drogas. Todos sabem que minha mãe morreu com a doença de Parkinson e me foi apresentada a cannabis medicinal, que é maconha concentrada em líquido, utilizada para pessoas que têm doenças degenerativas”, contou.

“Todos sabem o quanto eu sou contra qualquer tipo de droga, ilícita ou não: não bebo, não fumo e nunca me droguei, nem por curiosidade. Minha filha, e quem me conhece, sabe disso e em um contexto bem diferente, falando da cannabis, comentou que, antes de eu morrer, deveria tomar um porre e provar maconha, ou seja, me permitir errar um pouco. Foi um comentário e não uma realidade”.

“Esse senhor disse que gostava de mim quando era pequeno. Mas que idade tem ele para dizer que me via quando pequeno? Se ele era mesmo meu baixinho, não aprendeu nada! Me agrediu por ter um público LGBTQIA+, mostrando que se transformou em um homofóbico, mal informado e que não tem compostura. Dá para entender ele não gostar de mim, já que eu sou contra o machismo, homofobia, racismo e a favor dos bichos”.

Ao fim do texto, Xuxa afirma que irá processar Sikêra. “Isso tudo foi para dizer que meus advogados vão trabalhar para mais uma instituição ganhar dinheiro, pois sim, qualquer pessoa que vier me difamar, contar mentiras ou distorcer a realidade por causa do livro, filme ou o que seja, terá que pagar por isso. E quem vai ganhar será mais uma instituição escolhida por mim”.

Continuar Lendo

Entretenimento

Palmirinha tem alta do hospital após tratar infecção de urina

A internação ocorria desde o dia 22 de outubro.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A culinarista e apresentadora Palmirinha Onofre, 89, teve alta hospitalar na tarde desta quarta-feira (28) após tratar de uma infecção urinária. Agora, ficará em observação em casa.

A internação ocorria desde o dia 22 de outubro. A decisão de mantê-la no hospital aconteceu por uma decisão médica e por causa da idade.

Palmirinha fez um vídeo para as redes sociais enquanto internada e dizia que estava bem. “Não foi dessa vez que a Palmirinha foi, não. Obrigada. Logo estou com vocês para fazer uma receitinha”, disse ela.

Em recente entrevista ao site F5, Palmirinha contou que aprendeu as receitas sozinha, sem faculdade nem aulas. Chegar ao patamar que atingiu e ainda ser lembrada para programas de TV, para ela, é uma felicidade. “Fui aprendendo com a vida. Fui banqueteira com orgulho. E agora ainda me vejo no ar.”

Não são só as “amiguinhas” mais experientes de Palmirinha que são fãs da culinarista. Muitas pessoas mais jovens gostam dela e do trabalho que ela faz, segundo conta a cozinheira. Ao longo dos anos, ela foi se tornando uma espécie de febre nas redes sociais e entre público de várias idades por conta de seu carisma e simpatia.

“Eu tenho muitos fãs jovens que largam tudo o que estão fazendo para vir falar comigo. Se estão comendo e me olham, limpam a boca e vão me abraçar”, comenta. “Lá no meu café também, quando falam meu nome entra todo mundo. Pode até acontecer de ter um tumulto, e só vou com segurança, pois gosto de atender a todos”, diz Palmirinha, ao fazer referência a um de seus estabelecimentos comerciais.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.