Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Filme ‘Jogador nº1’ mistura cultura nerd e nostalgia

Cineasta norte-americano Steven Spielberg lança novo filme, ‘Jogador nº 1’.

Avatar

Publicado


Resultado de imagem para Filme 'Jogador nº1'
É interessante notar como a filmografia de Steven Spielberg se abre para diferentes gêneros e possibilidades de cinema. Depois de “The Post: a guerra secreta”, lançado ano passado nos EUA e em janeiro no Brasil, um drama baseado em fatos reais sobre história, política e jornalismo, o diretor mergulha em uma noção prazerosa e acelerada de entretenimento. 

Estreia hoje “Jogador nº 1”, um filme de ação com coração nerd, uma carta de amor aos videogames, à formação cultural nos anos 1980, aos vestígios de uma cultura analógica em um mundo cada vez mais conectado com o digital. 

O longa é baseado em um livro popular, escrito por Ernest Cline, lançado em 2011 (disponível no Brasil). A história se passa em 2044 e segue o personagem Wade (Tye Sheridan). 

Enquanto tenta se manter em uma rotina sem futuro, vivendo em uma comunidade pobre, formada por um agrupamento caótico de pequenos ambientes, Wade recorre cada vez mais a Oasis, um jogo de realidade virtual em que cada um pode ser quem quiser. Nesse futuro, a popularidade do jogo é sem limites: todos estão nele e experimentam a vida através da realidade criada pelo game. 

O ponto central do enredo é uma busca. O criador do jogo é Halliday (Mark Rylance), que antes de morrer escondeu um easter egg (termo que na linguagem dos games e da cultura nerd se refere a um segredo escondido dentro de um jogo): sua fortuna e os direitos sobre Oasis. 

Além de jogadores, também participam da procura grandes corporações, que se tivessem o domínio absoluto da ferramenta poderiam não apenas lucrar como também controlar a maior plataforma de usuários do planeta. Um desses empresários é Sorrento (Ben Mendelsohn), vilão na forma de burocrata. 

O filme traz um pouco do conteúdo político do livro: as crises sociais ampliaram as desigualdades econômicas. Oasis deixou de ser apenas um jogo, uma distração, um divertimento para esquecer a dureza da existência, para se tornar o centro das atividades: um modo de ganhar dinheiro, um jeito de não apenas tolerar as angústias do mundo real como também garantir a existência. 

Os jogadores que encontram itens raros ou vencem lutas ganham dinheiro e recursos, indicando que Oasis é uma ferramenta de divertimento, controle e subsistência. 

Mas esse conteúdo é aos poucos superado pelo interesse no show, no espetáculo. A partir das possibilidades quase infinitas do Oasis, Spielberg dá vazão a delírios de entretenimento, recorrendo a elementos marcantes da cultura nerd, da cinefilia e da história dos videogames. 

As crises de um mundo que evoluiu a partir de injustiças é apenas um caminho para a história se transformar em um prazer acelerado, uma versão anabolizada e explosiva das redes sociais de hoje. Cada um se transforma no avatar que deseja – homem, mulher, monstro, personagem da cultura pop – e investe pesadamente em aprimorar esse entusiasmo virtual em algo que se conecte com o real. 

Estilo e autoria

A direção de Spielberg aponta para um filme vibrante, uma perspectiva de cinema pautada na adrenalina e na emoção, uma aventura que pisa no acelerador e para apenas na última cena. 

A longa duração (2h20) sugere certo esgotamento e redundância, um enredo que a certa altura deixa de ser surpreendente e se torna apenas uma coletânea de certas características do gênero ação, mas isso não enfraquece “Jogador nº 1”: é um testemunho empolgante sobre a cultura gamer, a nostalgia e as referências abundantes ao cinema e a cultura pop dos anos 1980. 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Aos 87 anos, atriz Nicette Bruno é internada com coronavírus. Filha pede orações

No texto, a filha da artista ainda pediu orações e pensamentos positivos. “É isso o que a gente mais pode fazer para ajudar as pessoas que estão nessa situação. Agradeço o seu carinho”, disse Beth.

Redação PortalPE10

Publicado

A atriz Nicette Bruno. – (Foto: Selmy Yassuda/TV Globo)

Grupo de risco da Covid-19, a atriz Nicette Bruno foi diagnosticada com a doença. Quem deu a notícia foi a filha da artista, Beth Goulart, que afirmou que a mãe está internada no CTI de um hospital do Rio de Janeiro.

“Não tenho uma notícia muito agradável, mas enfim estamos numa pandemia. Infelizmente mamãe pegou Covid. Mas ela está bem, está internada sim, no CTI sim, mas está com uma ventilação não invasiva”; descreveu Beth Goulart. Nicette Bruno não está internada, e vem recebendo o apoio da família, fãs e amigos.

No texto, a filha da artista ainda pediu orações e pensamentos positivos. “É isso o que a gente mais pode fazer para ajudar as pessoas que estão nessa situação. Agradeço o seu carinho”, disse Beth.

Nicette Bruno foi casada com o também ator Paulo Goulart, que faleceu em 2014. Juntos, o casal teve três filhos: Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Júnior.

*Com informações Blog Social1/NE10

Continuar Lendo

Entretenimento

Pela primeira vez, MasterChef terá apenas participantes negros

Na primeira fase, os cozinheiros precisarão preparar pratos sugeridos por celebridades. Nesse episódio, participam Preta Gil, Elba Ramalho, Paula Fernandes e Di Ferrero.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/Band)

Buscando ser cada vez mais inclusivo, o reality show MaterChef tem aberto espaço para diferentes minorias. Para quem acompanha o programa gastronômico, participantes LGBTs e mais velhos tem aparecido com frequência. Agora, o programa da Band irá escolher um elenco ainda mais diverso: todos os cozinheiros do elenco serão negros.

Por conta da pandemia, o formato do MasterChef mudou. Agora, cada episódio funciona ‘independente’ na temporada, de forma que um elenco novo é escolhido por semana. No episódio da próxima terça, 1, os participantes passarão por duas fases.

Na primeira fase, os cozinheiros precisarão preparar pratos sugeridos por celebridades. Nesse episódio, participam Preta Gil, Elba Ramalho, Paula Fernandes e Di Ferrero.

Já na segunda parte, os que sobrarem no MasterChef irão preparar um galeto recheado ao molho e acompanhamentos. O vencedor deste episódio deve levar o prêmio de R$ 5 mil mais adereços de cozinha.

De acordo com o UOL, ao anunciar os participantes da semana, a Band não ressaltou o fato de todos serem negros. A ideia é incluir com normalidade, fugindo dos padrões já impostos socialmente.

*As informações são do Blog Social1/NE10

Continuar Lendo

Entretenimento

Ex-sisters do BBB 20 fazem foto de Natal inspirada em ‘Meninas Malvadas’

Bianca Andrade, Marcela McGowan, Flay e Ivy Moraes se vestiram de Mamãe Noel um ensaio de fim de ano.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Instagram)

Já é Natal para algumas sisters do BBB 20. Bianca Andrade, Marcela McGowan, Flay e Ivy Moraes se vestiram de Mamãe Noel um ensaio de fim de ano.

A foto foi publicada neste sábado (28) no Instagram de Bianca, que legendou: “Sisters Malvadas”.

A legenda é uma referência ao primeiro filme Meninas Malvadas, estrelado por Lindsay Lohan, Rachel McAdams, Amanda Seyfried e Lacey Chabert. No longa, as “Poderosas” se apresentam no show de talentos de fim de ano do colégio com uma coreografia sensual de Jingle Bell Rock.

Cena de filme inspirou clique das ex-participantes do BBB:

(Foto: Reprodução)

Recentemente, com a também ex-sister Mari Gonzalez, as amigas combinaram lingeries vermelhas num encontro com piscina e churrasco.

*Com informações Quem News

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.