Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Filme ‘Os Farofeiros’ faz piada com Brasil em crise

Produção tem ares de ‘moneychanchada’, universo no qual Santucci se tornou especialista

Avatar

Publicado

Resultado de imagem para Filme 'Os Farofeiros

O público brasileiro já se acostumou aos filmes de Roberto Santucci. Foi ele quem dirigiu algumas das maiores bilheterias nacionais dos últimos anos, como “De Pernas pro Ar” (1 e 2) e “Até que a Sorte nos Separe” (1, 2 e 3).

É por isso que “Os Farofeiros” chega para ser o recordista do verão. O janota Alexandre mete-se em uma encrenca e vai passar o Réveillon com colegas da firma -mais pobres do que ele. A esposa histérica e os filhos vão no pacote. Acabam se hospedando em uma casa caindo aos pedaços.

Era para ser a repetição de tudo o que vimos antes. Ou seja, mais uma “moneychanchada”: universo no qual Santucci se tornou especialista e que teve rebentos, como “Tô Ryca!” (2016), de Pedro Antônio.

Nas “moneychanchadas” o culto ao dinheiro substitui o culto ao sexo. Ao invés de nos apaixonarmos por ícones como David Cardoso ou Helena Ramos, amamos a ascensão social.

No entanto, leitores, surgem novidades. “Os Farofeiros” faz uma transição. Os filmes anteriores de Santucci falavam do Brasil forte economicamente, repleto de promessas. “Os Farofeiros” é do país da ressaca, o país da crise. Os colegas de repartição estão ameaçados de perder o emprego. 

Existe, ainda, uma diferença desconcertante entre a família de Alexandre e as dos demais. Alexandre incorpora a classe média, no eterno céu e inferno das escolhas. Viajar para um resort em Búzios ou para onde couber o orçamento?

Enquanto isso, os mais pobres adaptam-se às circunstâncias. Búzios fica em outra galáxia, aceitemos o casebre tosco. Esse embate é o coração da história.

O roteiro de Odete Carmico e Paulo Cursino, apesar de afiado, leva a uma visão muito idealizada da sociedade carioca em que os personagens estão inseridos: a de que, acima de qualquer diferença de classes ou de posições, existirá sempre um denominador comum possível entre todos. 

Cria-se uma “brodagem” para adocicar as diferenças. Alexandre canta no pagode, as mulheres ricas ou pobres estranham-se para depois rirem juntas e de si mesmas.

Já passou a hora de o cinema esquecer os mitos antigos da cordialidade brasileira, escancarando, através do humor, o país complexo e partido em que vivemos.

Citações a “Minha Mãe É uma Peça” e deboches a granel -vide a sequência do monstro na piscina verde- agradam bastante e deixam um bom panorama. Conseguem provar que, sim, o cinema ainda pode ser a maior diversão. Com informações da Folhapress.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Lumena é a quinta eliminada do Big Brother Brasil com 61,31% votos

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Gshow)

A eliminada da noite de terça-feira (2) no Big Brother Brasil foi a psicóloga Lumena, com 61,31% dos votos. O cantor Projota foi o segundo mais votado, recebendo 37,07%. Arthur, que também estava no paredão, levou apenas 1,62%.

Lumena é a quinta eliminada da edição. A baiana foi indicada pela sister Carla Diaz ao atender o big fone. Com o paredão formado, até Conceição, mãe da Lumena, se pronunciou: “Não foi uma surpresa porque acompanho o programa e sei que Lumena era uma possibilidade de indicação para Carla. Faz parte do jogo.”

Conceição também comentou sobre a visão de jogo da filha dentro da casa: “É nítido que a percepção lá dentro é completamente diferente de quem está vendo aqui fora. Ela construiu relações com quem sentiu alguma abertura, em momentos que fizeram sentido para ela. Teve aproximações e distanciamentos ao longo do jogo, isso também faz parte das relações.”

Continuar Lendo

Brasil

Câmara pede prisão de humorista Danilo Gentili ao Supremo Tribunal Federal

Depois da repercussão, Danilo apagou o post das redes sociais.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A Câmara dos Deputados entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF), por meio da procuradoria parlamentar, para pedir a prisão do apresentador Danilo Gentili. O comediante fez uma postagem em que sugeriu que os brasileiros “entrassem” no Congresso para “socar todo deputado”.

“Eu só acreditaria que esse país tem jeito se a população entrasse agora na Câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”, escreveu o humorista pelo Twitter.

O texto criticado por Gentili ficou conhecido como PEC da imunidade. Isso porque ele dificulta a prisão de membros do Legislativo, nas esferas federal, estadual e municipal.

Coordenada pelo deputado Luis Tibé (Avante-MG), a ação aconteceu depois de um pedido do deputado Celso Sabino (PSDB-PA).

Segundo os parlamentares, a postagem de Danilo pode ser comparada com as ações do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso após ameaçar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e defender o AI-5.

Depois da repercussão, Danilo apagou o post das redes sociais.

(Foto: Reprodução)

Continuar Lendo

Entretenimento

Fábio Porchat pode assumir o horário do Domingão do Faustão

A intenção da Rede Globo não é suceder Fausto Silva e sim aproveitar o horário com mais de um programa funcionando num esquema de temporadas.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

A Globo trabalha para organizar a substituição de Fausto Silva na grade de programação. A emissora estaria negociando um programa novo com Fábio Porchat para assumir o lugar do Domingão do Faustão. No entanto, o humorista não será o novo dono do horário, o canal pretende preencher com mais de uma atração cada uma em um período diferente do ano. A informação é da coluna de Cristina Padiglione na Folha de São Paulo.

A intenção da Rede Globo não é suceder Fausto Silva e sim aproveitar o horário com mais de um programa funcionando num esquema de temporadas. Portanto, Fábio Porchat seria uma das pessoas que ocupariam a vaga e não “o novo Faustão”. Ainda não há informações sobre como seria a nova atração pensada pelo humorista, nem quem dividirá o espaço vago pela primeira vez em mais de 30 anos.

O que a Globo pretende fazer não é novidade. Revezamentos de programas no mesmo horário são feitos aos domingos no horário do almoço. Atualmente quem ocupa o espaço é o The voice +, mas atrações como Escolinha do professor Raimundo e Tamanho família já preencheram essa lacuna na emissora.

Com informações Correioa Braziliense

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.