Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Filme ‘Os Farofeiros’ faz piada com Brasil em crise

Produção tem ares de ‘moneychanchada’, universo no qual Santucci se tornou especialista

Avatar

Publicado

Resultado de imagem para Filme 'Os Farofeiros

O público brasileiro já se acostumou aos filmes de Roberto Santucci. Foi ele quem dirigiu algumas das maiores bilheterias nacionais dos últimos anos, como “De Pernas pro Ar” (1 e 2) e “Até que a Sorte nos Separe” (1, 2 e 3).

É por isso que “Os Farofeiros” chega para ser o recordista do verão. O janota Alexandre mete-se em uma encrenca e vai passar o Réveillon com colegas da firma -mais pobres do que ele. A esposa histérica e os filhos vão no pacote. Acabam se hospedando em uma casa caindo aos pedaços.

Era para ser a repetição de tudo o que vimos antes. Ou seja, mais uma “moneychanchada”: universo no qual Santucci se tornou especialista e que teve rebentos, como “Tô Ryca!” (2016), de Pedro Antônio.

Nas “moneychanchadas” o culto ao dinheiro substitui o culto ao sexo. Ao invés de nos apaixonarmos por ícones como David Cardoso ou Helena Ramos, amamos a ascensão social.

No entanto, leitores, surgem novidades. “Os Farofeiros” faz uma transição. Os filmes anteriores de Santucci falavam do Brasil forte economicamente, repleto de promessas. “Os Farofeiros” é do país da ressaca, o país da crise. Os colegas de repartição estão ameaçados de perder o emprego. 

Existe, ainda, uma diferença desconcertante entre a família de Alexandre e as dos demais. Alexandre incorpora a classe média, no eterno céu e inferno das escolhas. Viajar para um resort em Búzios ou para onde couber o orçamento?

Enquanto isso, os mais pobres adaptam-se às circunstâncias. Búzios fica em outra galáxia, aceitemos o casebre tosco. Esse embate é o coração da história.

O roteiro de Odete Carmico e Paulo Cursino, apesar de afiado, leva a uma visão muito idealizada da sociedade carioca em que os personagens estão inseridos: a de que, acima de qualquer diferença de classes ou de posições, existirá sempre um denominador comum possível entre todos. 

Cria-se uma “brodagem” para adocicar as diferenças. Alexandre canta no pagode, as mulheres ricas ou pobres estranham-se para depois rirem juntas e de si mesmas.

Já passou a hora de o cinema esquecer os mitos antigos da cordialidade brasileira, escancarando, através do humor, o país complexo e partido em que vivemos.

Citações a “Minha Mãe É uma Peça” e deboches a granel -vide a sequência do monstro na piscina verde- agradam bastante e deixam um bom panorama. Conseguem provar que, sim, o cinema ainda pode ser a maior diversão. Com informações da Folhapress.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Aos 87 anos, atriz Nicette Bruno é internada com coronavírus. Filha pede orações

No texto, a filha da artista ainda pediu orações e pensamentos positivos. “É isso o que a gente mais pode fazer para ajudar as pessoas que estão nessa situação. Agradeço o seu carinho”, disse Beth.

Redação PortalPE10

Publicado

A atriz Nicette Bruno. – (Foto: Selmy Yassuda/TV Globo)

Grupo de risco da Covid-19, a atriz Nicette Bruno foi diagnosticada com a doença. Quem deu a notícia foi a filha da artista, Beth Goulart, que afirmou que a mãe está internada no CTI de um hospital do Rio de Janeiro.

“Não tenho uma notícia muito agradável, mas enfim estamos numa pandemia. Infelizmente mamãe pegou Covid. Mas ela está bem, está internada sim, no CTI sim, mas está com uma ventilação não invasiva”; descreveu Beth Goulart. Nicette Bruno não está internada, e vem recebendo o apoio da família, fãs e amigos.

No texto, a filha da artista ainda pediu orações e pensamentos positivos. “É isso o que a gente mais pode fazer para ajudar as pessoas que estão nessa situação. Agradeço o seu carinho”, disse Beth.

Nicette Bruno foi casada com o também ator Paulo Goulart, que faleceu em 2014. Juntos, o casal teve três filhos: Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Júnior.

*Com informações Blog Social1/NE10

Continuar Lendo

Entretenimento

Pela primeira vez, MasterChef terá apenas participantes negros

Na primeira fase, os cozinheiros precisarão preparar pratos sugeridos por celebridades. Nesse episódio, participam Preta Gil, Elba Ramalho, Paula Fernandes e Di Ferrero.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/Band)

Buscando ser cada vez mais inclusivo, o reality show MaterChef tem aberto espaço para diferentes minorias. Para quem acompanha o programa gastronômico, participantes LGBTs e mais velhos tem aparecido com frequência. Agora, o programa da Band irá escolher um elenco ainda mais diverso: todos os cozinheiros do elenco serão negros.

Por conta da pandemia, o formato do MasterChef mudou. Agora, cada episódio funciona ‘independente’ na temporada, de forma que um elenco novo é escolhido por semana. No episódio da próxima terça, 1, os participantes passarão por duas fases.

Na primeira fase, os cozinheiros precisarão preparar pratos sugeridos por celebridades. Nesse episódio, participam Preta Gil, Elba Ramalho, Paula Fernandes e Di Ferrero.

Já na segunda parte, os que sobrarem no MasterChef irão preparar um galeto recheado ao molho e acompanhamentos. O vencedor deste episódio deve levar o prêmio de R$ 5 mil mais adereços de cozinha.

De acordo com o UOL, ao anunciar os participantes da semana, a Band não ressaltou o fato de todos serem negros. A ideia é incluir com normalidade, fugindo dos padrões já impostos socialmente.

*As informações são do Blog Social1/NE10

Continuar Lendo

Entretenimento

Ex-sisters do BBB 20 fazem foto de Natal inspirada em ‘Meninas Malvadas’

Bianca Andrade, Marcela McGowan, Flay e Ivy Moraes se vestiram de Mamãe Noel um ensaio de fim de ano.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Instagram)

Já é Natal para algumas sisters do BBB 20. Bianca Andrade, Marcela McGowan, Flay e Ivy Moraes se vestiram de Mamãe Noel um ensaio de fim de ano.

A foto foi publicada neste sábado (28) no Instagram de Bianca, que legendou: “Sisters Malvadas”.

A legenda é uma referência ao primeiro filme Meninas Malvadas, estrelado por Lindsay Lohan, Rachel McAdams, Amanda Seyfried e Lacey Chabert. No longa, as “Poderosas” se apresentam no show de talentos de fim de ano do colégio com uma coreografia sensual de Jingle Bell Rock.

Cena de filme inspirou clique das ex-participantes do BBB:

(Foto: Reprodução)

Recentemente, com a também ex-sister Mari Gonzalez, as amigas combinaram lingeries vermelhas num encontro com piscina e churrasco.

*Com informações Quem News

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.