Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Governo de Pernambuco inicia distribuição de mais de 1,5 milhão de seringas aos municípios

Quantitativo é suficiente para aplicar a primeira dose nos públicos prioritários nas duas primeiras fases da campanha de vacinação contra a Covid-19.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Djair Pedro/SEI/Divulgação)

O Governo de Pernambuco começou, nesta terça-feira (12.01), a distribuir seringas e agulhas para os municípios pernambucanos se prepararem para as duas primeiras fases da campanha de vacinação contra a Covid-19. Ao todo, serão distribuídas 1.537.126 unidades, a serem utilizadas na aplicação da primeira dose da vacina. Os insumos serão repassados pelo Programa Estadual de Imunização (PNI-PE) às 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) até a próxima sexta (15.01). Ao chegar às Geres, cada cidade ficará responsável por retirar seu quantitativo.

“Estamos iniciando hoje a distribuição de 1,5 milhão de seringas para todo o Estado, sendo um milhão para o interior e 500 mil para a Região Metropolitana. Tão logo as vacinas cheguem, já estamos preparados, com cronogramas definidos de recebimento de novas seringas, para que, assim que haja disponibilização da vacina, não falte esse insumo fundamental. Vamos avançar e dar condições a todas as pessoas em Pernambuco de serem imunizadas contra o novo coronavírus”, afirmou Paulo Câmara.

Atualmente, o Estado conta com 3,9 milhões de seringas e agulhas em estoque. Mais 2,8 milhões estarão disponíveis até o fim deste mês, e outros 7,5 milhões serão distribuídos a partir de fevereiro, totalizando 14,2 milhões de insumos disponibilizados. Na primeira fase da campanha, serão imunizados trabalhadores de saúde, população indígena aldeada, idosos a partir dos 75 anos e idosos a partir de 60 anos internados em abrigos e instituições, totalizando mais de 627 mil pessoas. Já na segunda fase, com público superior a 910 mil, serão beneficiados os idosos entre 60 e 74 anos.

 

“Estamos, na nossa Central de Distribuição, estruturando da melhor maneira a logística para essa entrega. Esse planejamento está sendo feito a partir de um plano de segurança, que também está sendo compartilhado com a Secretaria de Defesa Social, para que a gente tenha a chegada, com tranquilidade, desse insumo que é fundamental a todas as cidades. Tão logo a gente tenha a vacina aprovada pela Anvisa, esperamos, num menor período de tempo, iniciar a vacinação em todos os 184 municípios de Pernambuco, para que a gente comece efetivamente a resolver o problema da pandemia no nosso Estado”, detalhou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

 

A distribuição das seringas foi definida na manhã desta segunda-feira (11.01), durante reunião extraordinária da Câmara Técnica, envolvendo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) e o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems-PE). O encontro contou com a presença virtual do secretário André Longo e dos secretários municipais, além de diversas áreas técnicas da SES-PE.

Mata Sul

‘Foi um acidente, uma fatalidade’, diz motorista de Corolla após acidente na PE-126 em Catende

O motorista foi preso após realizar o teste do bafômetro. O resultado foi 1,2 miligrama de álcool por litro de ar expelido, quatro vezes superior ao limite tolerado pela legislação de trânsito (0,34 Mg/L).

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

“Foi um acidente, uma fatalidade”, disse o motorista Flavio Bezerra da Silva, 33 anos, envolvido no acidente que vitimou três jovens na tarde deste sábado (23) na PE-126, em Catende, na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

O motorista foi preso após realizar o teste do bafômetro. O resultado foi 1,2 miligrama de álcool por litro de ar expelido, quatro vezes superior ao limite tolerado pela legislação de trânsito (0,34 Mg/L).

Legislação

É considerado crime quando o motorista é flagrado conduzindo veículos com índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.

A pena de detenção pode variar de seis meses a três anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.

Acidente

(Foto: Reprodução)

Três mulheres morreram em um acidente de trânsito na tarde deste sábado (23) na PE-126. De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária, uma van que transportava passageiros entre Catende e Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, foi atingida por um carro de passeio.

Ainda segundo informações da polícia, as três vítimas fatais estavam no carro de passeio. Outras duas pessoas que estavam no veículo e os passageiros do carro de transporte alternativo foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Não foi informado quantas pessoas estavam na van. O Corpo de Bombeiros também esteve no local para auxiliar no resgate.

A Polícia Civil  informou que o motorista que causou o acidente estava com sinais de embriaguez. Ele foi levado para a delegacia de Palmares e autuado em flagrante por homicídio culposo. O estado de saúde dos feridos não foi divulgado.

Continuar Lendo

Mata Sul

Video: Motorista da Van dá detalhes do acidente que deixou três jovens mortas na PE-126

Segundo ele, o motorista do Corolla perdeu o controle da direção e já surgiu na sua frente.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

O motorista da Van de transporte alternativo, Antônio da Silva, que faz a linha Catende/Palmares contou detalhes de como ocorreu o acidente na PE-126, em Catende, na Mata Sul de Pernambuco. Três jovens morreram no local do acidente.

De acordo com o motorista ele seguia com seu veiculo sentido Catende quando o acidente aconteceu. Segundo ele, o motorista do Corolla perdeu o controle da direção e já surgiu na sua frente. (Veja o vídeo abaixo)

Continuar Lendo

Cotidiano

Pernambuco vai receber 84 mil doses da vacina de Oxford contra Covid-19

Segundo Ministério da Saúde, lote com imunizante importado da Índia chega ao Recife na madrugada do domingo (24). Estado tem 9,6 milhões de habitantes.

Redação PortalPE10

Publicado

2 milhões de doses da vacina de Oxford desembarcam no aeroporto de Guarulhos, em SP, na sexta-feira (22) — (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)

Pernambuco vai receber 84 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca, que foram liberadas após análise da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) neste sábado (23), segundo o Ministério da Saúde. O lote do imunizante contra Covid-19 deve chegar ao Recife na madrugada do domingo (24).

O número de doses destinadas a Pernambuco coincide com a estimativa que a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) havia feito com base na população do estado, que tem cerca de 9,6 milhões de habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na segunda-feira (18), o estado recebeu 270 mil doses da CoronaVac.

O avião da companhia Gol deve decolar do Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro, na noite deste sábado (23) para trazer os lotes do imunizante vindo da Índia a Pernambuco.

Chegando ao Recife, as doses são levadas para a central de armazenamento de vacinas da Secretaria Estadual de Saúde. Elas só devem ser distribuídas depois de reuniões do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19 e da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), convocadas para a tarde da segunda-feira (25).

Nesses encontros, segundo a SES, vão ser definidas as estratégias de distribuição e de uso, para então as doses serem encaminhadas e aplicadas na população.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou em nota que a vacinação segue normalmente em Pernambuco, visto que municípios e unidades estaduais continuam o processo de vacinação normalmente com as doses já distribuídas da vacina CoronaVac.

Até a sexta-feira (22), 34.336 pessoas que fazem parte do público prioritário da primeira fase foram imunizadas contra a Covid-19 em Pernambuco, segundo a SES. Deste total, 28.712 eram trabalhadores da saúde (sendo 5.298 profissionais que atuam nos hospitais do governo estadual); 3.265, indígenas; 2.278, idosos institucionalizados; e 81 pertencem ao grupo de pessoas com deficiência institucionalizadas.

Primeiro lote

O primeiro carregamento com 2 milhões de doses da vacina feita com a farmacêutica AstraZeneca e produzidas no Instituto Serum, na Índia, chegou ao Rio de Janeiro na noite de sexta-feira (22), depois que o governo indiano autorizou as exportações comerciais do imunizante. A carga vinda da Índia passou por um processo de análise de segurança desde a madrugada.

Segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi dada prioridade nesse momento para o estado do Amazonas, por conta da crise acentuada que se vive em Manaus. A cidade vive um colapso no sistema de saúde por causa da pandemia de Covid-19 e receberá 100 mil doses.

A vacina vinda da Índia era para ter chegado cinco dias atrás, no dia 17, mas na época o país não liberou o envio para o Brasil. O avião que sairia do Recife para buscar o imunizante acabou sendo destacado para levar oxigênio a Manaus e retornou para Campinas (SP).

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.