Nos siga nas redes sociais

Empregos

Inscrições para 279 vagas da Prefeitura de Olinda são prorrogadas

Intreessados podem se inscrever até a próxima terça-feira (20) e quarta (21), dependendo da área de atuação

Avatar

Publicado

A Prefeitura de Olinda, através da Seleção Simplificada nº 01/2014, retoma as inscrições para o provimento de 279 vagas imediatas e cadastro de reserva. As inscrições, que haviam sido suspensas devido à greve da Polícia Militar e dos Bombeiros, retomam na próxima terça-feira (20) e quarta (21), das 14h30 às 16h30, conforme edital. As oportunidades oferecidas são para atuação na Secretaria de Planejamento e Controle Urbano, Secretaria de Serviços Públicos, Secretaria de Assuntos Jurídicos, e da Secretaria de Transportes e Trânsito.

Os candidatos devem preencher e imprimir o formulário de inscrição, assiná-lo e entregar, juntamente com o boleto de pagamento, no prédio da Secretária da Fazenda e Administração (SEFAD) do município, que fica localizada na Avenida Santos Dumont, 177, no bairro do Varadouro. O provento pode variar de R$ 724,00 a R$ 3.000,00 a depender do cargo escolhido.

Há vagas para graduados engenharia, direito, nutrição, arquitetura, assistência social, pedagogia, psicologia, sociologia, entre outras formações. Para o nível médio e técnico são oferecidas para arquivista, fiscal de operação, recepcionista, técnico administrativo, técnico em edificações, técnico em informática, telefonista, entre outros. Já para quem possui nível fundamental, há para função de vigia, auxiliar de ação educativa, auxiliar de operação da Defesa Civil, auxiliar de Serviços Gerais, agente de apreensão e agente de Trânsito.

O concurso será realizado em única etapa a partir da avaliação curricular. Os candidatos escolhidos serão contratados para trabalhar por até 12 meses, podendo ter o contrato renovado por igual período.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Trabalhador que se negar a tomar a vacina contra covid-19 poderá ser demitido por justa causa no Brasil

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

O Brasil iniciou neste domingo (17) a vacinação contra a covid-19. Por enquanto, apenas profissionais de saúde serão imunizados, mas o plano nacional de vacinação prevê a aplicação de doses em todos os brasileiros, que desejarem, nos próximos meses.

Apesar de o governo federal ter dito que a vacina não será obrigatória, especialistas dizem que os trabalhadores que não forem imunizados poderão ser advertidos e até demitidos por justa causa. O mesmo pode ocorrer se o profissional se recusar a seguir os protocolos de segurança, como o uso de máscaras, por exemplo.

Especialistas destacam que as empresas precisam garantir um ambiente seguro aos seus trabalhadores e, por isso, podem incluir em seu PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) tanto o uso de máscaras quanto a vacinação obrigatória.

O advogado trabalhista Estacio Airton de Moraes, do escritório Faiock Advocacia, diz que o empregador não pode exigir a vacina, mas pode determinar que para trabalhar naquele ambiente o seu colaborador tenha que apresentar um comprovante de vacinação.

“Se o trabalhador não vacinado insistir em ir ao local de trabalho, ele pode ser alvo das punições previstas em lei, desde advertência, suspensão e demissão por justa causa”, diz Moraes.

“O próprio STF já decidiu que a vacina pode ser obrigatória, mas não compulsória. Significa dizer que ninguém pode ser vacinado à força, mas a pessoa pode ser privada de entrar em algum lugar ou ter algum benefício, por exemplo, sem a vacina”, diz a advogada trabalhista Gislaine Santos, do escritório VAS Advogados.

“O STF deu autonomia aos governos estaduais decidirem sobre a obrigatoriedade. Se o Estado definir que é obrigatório, a empresa pode exigir a vacina e quem se recusar pode ser demitido até por justa causa”, explica a advogada trabalhista Vivian De Camilis, do escritório Innocenti Advogados.

Os especialistas destacam que em caso de demissão por conta da não comprovação da vacina, dificilmente o trabalhador conseguirá reverter a demissão na Justiça do Trabalho.

Continuar Lendo

Cotidiano

Seleção da Secretaria Estadual de Saúde com 828 vagas começa a inscrever nesta segunda (18/01)

Serão selecionados 258 médicos, 234 profissionais de diversas áreas de nível superior e 336 de nível médio.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Ascom-UFCG/Divulgação)

(Foto: Ascom-UFCG/Divulgação)

Já está aberto o período de inscrição da seleção pública simplificada da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) com 828 vagas. O objetivo é atender a necessidade temporária de excepcional interesse público relacionada à emergência em saúde pública provocada pelo novo coronavírus. Ao todo, serão selecionados 258 médicos, 234 profissionais de diversas áreas de nível superior e 336 de nível médio, que serão lotados em todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres). Os interessados têm até o dia 21/01 para se inscrever pelo ead.saude.pe.gov.br. O edital foi publicado na última quinta-feira (14/01) no Diário Oficial (DOE) e também está disponível no https://cutt.ly/djIOtW2.

A seleção simplificada será realizada em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, que consistirá em análise curricular. O resultado preliminar do certame sairá em 28/01. Já os recursos poderão ser interpostos até às 23h59 de 29/01. O resultado final será divulgado em 03/02. Os profissionais selecionados serão contratados por um período de até 6 meses, podendo ser prorrogado por até 2 anos.

Desde o início da pandemia, já foram convocados, por meio de seleções simplificadas, mais de 5,2 mil profissionais de saúde apenas para os serviços ligados diretamente à SES-PE. Ainda foram nomeados mais de 3 mil aprovados em concurso público, totalizando mais de 8,3 mil profissionais.

SELEÇÃO SIMPLIFICADA – CARGOS

Médicos: cardiologista, cirurgião geral, cirurgião pediátrico, cirurgião torácico, cirurgião vascular, clínico geral, coloproctologista, endoscopista, neonatologista, neurocirurgião, neurologista pediátrico, neurologista adulto, oncologista, otorrinolaringologista, pediatra, psiquiatra, tocoginecologista, traumato-ortopedista, radiologia em diagnóstico por imagem, urologista;

Outras profissões de nível superior: assistente social, biomédico, enfermeiro assistencial, enfermeiro sanitarista, enfermeiro obstetra, engenheiro de segurança do trabalho, farmacêutico, fonoaudiólogo, nutricionista e psicólogo;

Profissões de nível médio: técnico de enfermagem, técnico de mobilização ortopédica, técnico de laboratório, técnico de radiologia e técnico em farmácia.

 

Continuar Lendo

Brasil

Marinha publica edital para curso de formação de fuzileiros navais

O concurso de admissão será feito sob supervisão do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais, em sete etapas. Inscrições serão de 22/2 a 26/3.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Hugo Barreto/Metrópoles)

O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais tornou público, nesta sexta-feira (15/1), o edital de convocação apara concurso público de admissão às turmas I e II/2022 do curso de formação de soldados fuzileiros navais. As inscrições estarão abertas de 22 de fevereiro a 26 de março de 2021.

A íntegra do edital também estará à disposição dos candidatos na internet, por meio do site da Marinha, no menu “Concursos para o CFN”. O concurso público de admissão será realizado sob a supervisão do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais, em sete etapas: exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física de ingresso, avaliação psicológica, verificação de documentos e procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração para os candidatos negros autodeclarados pretos ou pardos.

As datas, os horários e os locais de realização do concurso também serão publicados no site da Marinha. Os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no curso de fuzileiros navais e o realizarão incorporados como praça especial, na condição de aprendiz-fuzileiro naval.

Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistências médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o aprendiz-fuzileiro naval receberá bolsa-auxílio relacionada à graduação,constituída de soldo, adicional militar e adicional de compensação por disponibilidade militar, como previsto na legislação em vigor.

O curso terá a duração de, aproximadamente, 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), no Rio de Janeiro (RJ), e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab).

As vagas serão distribuídas da seguinte maneira: Ciampa, com 720 vagas destinadas, preferencialmente, a candidatos das regiões Sul e Sudeste do Brasil, obedecendo à ordem de classificação; e Ciab, com 240 vagas destinadas, preferencialmente, a candidatos das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do Brasil, obedecendo à ordem de classificação no concurso.

*Com informações Metrópoles

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.