Nos siga nas redes sociais

Brasil

Justiça de Sergipe concede liberdade provisória para PM suspeito de matar soldado alagoano

Segundo a SSP, caso está sendo acompanhado pela Coordenadoria das Delegacias do Interior, junto com a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória.

Marcelo Passos

Publicado

A Justiça de Sergipe concedeu, nesta segunda-feira (21), liberdade provisória para o sargento da Polícia Militar suspeito de matar o soldado alagoano Cristyano Rondynelli Gomes Melo, de 34 anos, no último sábado (19), em Monte Alegre, no Sertão sergipano. As informações são do G1 SE.

De acordo com o site, na decisão da justiça sergipana foram aplicadas as seguintes medidas cautelares: comparecimento mensal em juízo; proibição de ausentar da Comarca, sem autorização judicial, por mais de 15 dias (ressalva a necessidade de internação hospitalar para tratamento de saúde); recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga; além da suspensão do exercício da função pública.

O G1 SE diz ainda que o policial está preso no Presídio Militar (Presmil), em Aracaju, de onde deve ser liberado ainda nesta segunda-feira.

Entenda o caso

O que era para ser um momento de confraternização terminou de forma trágica para o soldado alagoano, Cristyano Rondynelli Gomes Melo, de 34 anos, vítima de arma de fogo, nesse sábado (19), em Sergipe.

Segundo informações, o militar foi morto por um colega de farda, um sargento identificado como Mattias, após se desentenderem depois que deixaram uma festa no município de Monte Alegre, no Sertão sergipano.

O militar suspeito do crime foi preso em flagrante e a Polícia Militar de Sergipe informou que as condutas dos combatentes serão ‘rigorosamente apuradas pela instituição”.Nesta segunda-feira, a corporação também emitiu uma nota de pesar onde se solidariza com familiares e amigos do soldado. “O soldado Rondynelli ingressou na Corporação em 2015 e durante cinco anos cumpriu o seu dever como policial militar e defensor da sociedade. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames”, trouxe a nota. Natural de Santana do Ipanema, Cristyano Rondynelli era lotado no 7º Batalhão da Polícia Militar de Sergipe e estava na corporação desde 2015. Ele deixa esposa e dois filhos. O sepultamento estava previsto para acontecer nesta segunda-feira, em Santana do Ipanema.

 

 

 

 

Brasil

Brasil registra primeiro caso confirmado de covid-19 em gato

Infecção de uma fêmea foi descoberta em Cuiabá, no Mato Grosso; situação acende alerta para o risco de transmissão entre humanos e animais.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução/Facebook)

(Foto: Reprodução/Facebook)

Uma gata de poucos meses é o primeiro animal a testar positivo para o novo coronavírus no Brasil. O caso foi descoberto em Cuiabá, no Mato Grosso. Ela não tem sintomas da covid-19 e foi infectada por seus donos este mês, durante o isolamento social. Mais dois contágios suspeitos, de outro gato e um cachorro, também estão sendo investigados. As informações são do Jornal Opção.

A gata teve o diagnóstico confirmado por meio do teste de biologia molecular RT-PCR, considerado padrão ouro para detectar a infecção pelo novo coronavírus, feito pela pesquisadora Valéria Dutra, professora da Faculdade de Medicina Veterinária da UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso).

Em seguida, ela enviou o material para a UFPR (Universidade Federal do Paraná), que coordena uma pesquisa sobre covid-19 em animais de estimação.

O caso reacende o alerta para a possível transmissão do vírus de pessoas para animais. Em laboratório, a China mostrou a possibilidade de gatos contagiarem outros felinos. Entretanto, não se sabe se isso acontece com facilidade e se esses animais podem infectar seres humanos.

O CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), dos Estados Unidos, informa que ainda são necessárias mais informações sobre o vírus, mas “parece que ele pode se espalhar de pessoas para animais em algumas situações, especialmente após contato próximo com uma pessoa doente”.

Ainda de acordo com o órgão, há poucos relatos de cães e gatos de estimação infectados com o coronavírus em todo o mundo e não existem evidências de que os animais desempenhem um papel significativo para disseminá-lo.

*Com informações R7

Continuar Lendo

Brasil

Homem espanca sobrinho ao descobrir que o jovem é gay

De acordo com a polícia, o homem teria ficado revoltado ao receber a informação e começou a xingar e bater na vítima. Uma foto mostra as costas do rapaz com escoriações.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Um homem de 35 anos, que não teve a identidade revelada, espancou o sobrinho depois que o jovem contou à família que era gay. O caso aconteceu em Porto Velho, em uma casa no bairro Nacional, segundo o site JH Notícias.

De acordo com a polícia, o homem teria ficado revoltado ao receber a informação e começou a xingar e bater na vítima. Uma foto mostra as costas do rapaz com escoriações.

Ao perceber que o sobrinho havia chamado a polícia, o homem teria fugido e ainda não foi encontrado.

*Com informações Revista Fórum

Continuar Lendo

Brasil

Candidato a vereador mata esposa a facadas após briga por geladeira aberta

Adílio Sérgio Gomes (PSDB), de 40 anos, cometeu crime na noite do domingo (18/10) na zona rural de Bandeira do Sul, em Minas Gerais

Lucas Passos

Publicado

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O candidato a vereador Adílio Sérgio Gomes (PSDB), de 40 anos, matou a esposa a facadas depois de uma discussão por conta da porta da geladeira aberta. O crime ocorreu no domingo (18/10), na residência do casal em Bandeira do Sul (MG).

A filha do casal informou à polícia que os pais passaram o dia em um sítio na zona rural da cidade. Quando retornaram para casa, ela ouviu a mãe, Roberta Camile Araújo Silva, gritando. As informações são do portal IG.

Adílio desferiu 13 facadas contra a esposa no quintal da casa. A filha encontrou o corpo. Uma equipe médica do Pronto Socorro Municipal foi chamada, porém a mulher já estava morta quando chegaram.

A mãe do candidato, que também estava na casa no momento do crime, passou mal após o ocorrido. Uma vizinha que encontrou com Adílio pouco tempo depois que ele esfaqueou a esposa contou aos policiais que o homem sugeriu que ela fosse até a casa da família para “ver a besteira que ele tinha feito”.

Segundo a polícia, o casal é conhecido na cidade e tem três filhos. Nas redes sociais, eles se mostravam muito felizes e sempre mostravam os passeios juntos.

A família explicou que as brigas entre o casal eram comuns, inclusive com agressões físicas. Após o crime, Adílio fugiu e ainda não foi encontrado O caso será investigado pela Polícia Civil e o suspeito deve responder por feminicídio.

REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Fonte: Metrópoles

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.