Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Malafaia alerta Doria sobre ‘fake news’ espalhadas por ‘bolsonaristas

Amigo do prefeito de SP, pastor diz ter alertado sobre ‘fake news’ que o associam à esquerda

Avatar

Publicado

O pastor Silas Malafaia (foto) avisou a João Doria que simpatizantes de Bolsonaro o difamam nas redes

João Doria (PSDB) que se cuide, pois simpatizantes do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro já atuam nas entranhas virtuais para “desconstruir” a boa imagem que o prefeito de São Paulo vem cultivando com evangélicos.

O recado lhe foi dado pelo pastor Silas Malafaia, que disse à Folha ter alertado Doria na semana passada sobre a “onda de boataria” contra ele.

Os dois se dizem amigos e trocam mensagens pelo WhatsApp. Numa conversa, o pastor carioca revelou: “Bolsonaristas” andam espalhando nas redes sociais que Doria é a favor de duas ideias indigestas para igrejas evangélicas em geral: o aborto e a inclusão do debate sobre ideologia de gênero nas escolas (a noção de que feminino e masculino não são categorias biológicas, e sim construções culturais).

Corre nas trincheiras digitais pró-Bolsonaro um texto em que o prefeito é descrito como “social-democrata (esquerda)”. “Defeitos” atribuídos a ele (a caixa alta faz parte da mensagem): “DESARMAMENTISTA (mas não abre mão de sua escolta armada, claro), taxou o Uber, a favor da lei da migração, apoia MUÇULMANOS, a favor da reforma da Previdência, tem Alckmin como padrinho, elogia e defende Aécio Neves, se inspira em FHC e nega veementemente a existência de corrupção em seu partido”.

Várias dessas ideias se encaixam num fenômeno típico dos nossos tempos, as “fake news” (notícias falsas).

Doria, por exemplo, já defendeu mudanças no sistema previdenciário. Em abril, disse à revista “Época” ser contra descriminalizar a interrupção da gravidez, fora “casos de mulheres estupradas”, exceção já contemplada pela lei.

Ele também já se posicionou sobre a ideologia de gênero, um dos pontos mais sensíveis para evangélicos. Em setembro de 2016, ainda candidato a prefeito, foi entrevistado por Carla Zambelli, líder do movimento Nas Ruas.

Defendeu o Escola Sem Partido, projeto que prega “neutralidade política” nos colégios e é coqueluche da bancada evangélica na Câmara, que vê um “expediente esquerdista” nas discussões sobre gênero.

“Cada um tem direito de fazer sua opção da forma que achar conveniente. Mas transformar isso em política na sala de aula… Sou contra”, afirmou o tucano. Zambelli elogiou o posicionamento e disse que o público que os acompanhava no Facebook reagiu com “vários coraçõezinhos”.

Na semana passada, Doria foi definido como “falsa direita” por um dos principais grupos pró-Bolsonaro na rede, @conexaopoIitica, com 28 mil seguidores no Twitter e “viés cristão, conservador”.

Universitário pernaumbucano por trás do canal e também do @conexaocrista, Raul Holderf diz à reportagem que “concorda totalmente” com o “excelente texto” que aloca Doria à esquerda. “Ele vem fazendo jogo duplo.” Finaliza recitando Cazuza: “A tua piscina tá cheia de ratos, tuas ideias não correspondem aos fatos”.Comentários recentes que associam prefeito e esquerda´na internet: “Contra o Escola Sem Partido, a favor do desarmamento, nunca falou sobre liberação das drogas, aborto. Doria sempre foi tucano”;”resumindo: Bolsonaro é conservador, Doria é liberal. Um é contra aborto e a favor da pena de morte, o outro ‘tanto faz’!”.No Facebook, uma página sob o lema “sou Bolsonaro, sou pelo Brasil” previu um cenário apocalíptico para a extrema-direita: “Doria eleito = piora do quadro da islamização no Brasil. Avanço das pautas gayzistas, drogas e aborto. Parabéns a esta estúpida neodireita brasileira…”.

Questionado sobre quem critica o prefeito em seu nome, Bolsonaro afirmou que “a internet não tem controle” e se mostrou desconfiado com seus supostos escudeiros. “Tem seguidor que é de outro lado e planta notícia para tentar me bater de frente com A, B ou C. Não entro nessa.”

Malafaia -que celebrou o casamento do deputado com sua terceira esposa, quatro anos atrás- hoje diz ter predileção por Doria para 2018.

“A extrema-direita é tão vagabunda quanto a extrema-esquerda, usa as mesmas táticas dos petralhas: boataria, difamação”, afirmou sobre os grupos que se movimentam contra o prefeito paulistano.

Por via das dúvidas, o pastor aproveitou a abertura da feira ExpoCristão, onde dividiu palco com Doria e o governador Geraldo Alckmin, para reforçar a mensagem: autoridades que enveredem “no “politicamente correto” podem “seguir seu caminho” no ano que vem, pois os valores evangélicos são “inegociáveis”.

A ideologia de gênero, continuou, “é uma das maiores engenharias do diabo para destruir a família”. Tanto Doria quanto Alckmin, que travam batalha de bastidores para ver quem será o presidenciável do PSDB, riram, e em seus discursos repetiram a frase “feliz é a nação cujo Deus é o senhor”. O prefeito também soltou um “glória a Deus”. Com informações da Folhapress. 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Em comício, Obama diz que Casa Branca errou na gestão da pandemia

“Essa pandemia teria sido difícil para qualquer presidente administrar”, mas “a ideia de que, de alguma forma, a Casa Branca fez algo além de arruinar tudo é tola”, continuou.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)

(Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, atacou neste sábado (24) o atual presidente Donald Trump por sua gestão da pandemia da covid-19, durante um evento de campanha em apoio ao candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden.

“Oito meses após o início desta pandemia, o número de novos casos continua batendo recordes”, disse o ex-presidente durante um comício democrata realizado em Miami, na Flórida, dez dias antes das eleições de 3 de novembro.

“Essa pandemia teria sido difícil para qualquer presidente administrar”, mas “a ideia de que, de alguma forma, a Casa Branca fez algo além de arruinar tudo é tola”, continuou.

Diante de um público que chegou de carro para um comício realizado na modalidade “drive-in”, Obama, o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos, criticou Trump por não ter um plano de combate à pandemia.

“Donald Trump não vai nos proteger agora, de improviso. Ele sequer é capaz de tomar as precauções mais elementares para se proteger”, disse ironicamente, três semanas após a hospitalização do presidente republicano, que contraiu o vírus.

“Ele sequer reconhece que há um problema”, continuou Obama, em resposta às declarações feitas neste sábado por Trump, que durante um comício na Carolina do Norte previu que, no dia seguinte à eleição, não se falará mais sobre a pandemia.

Este é o segundo ato em poucos dias em que Obama participa em apoio ao seu ex-vice-presidente.

Em Miami, Obama pediu a mobilização massiva do eleitorado democrata da Flórida, um estado-chave que o apoiou em 2008 e 2012, mas no qual Trump venceu em 2016.

“Você me escolheu duas vezes, Flórida. Agora peço que escolha Joe”, concluiu.

*Com informações AFP

Continuar Lendo

Cotidiano

VÍDEO: chineses impressionam e mudam de lugar prédio de 7 mil toneladas

Na “caminhada”, a estrutura percorreu 60 metros em 18 dias entre setembro e outubro.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução/YouTube)

(Foto: Reprodução/YouTube)

Um prédio antigo de 7 mil toneladas em Xangai, na China, foi mudado de lugar graças a pernas robóticas instaladas na base do edifício. Na “caminhada”, a estrutura percorreu 60 metros em 18 dias entre setembro e outubro. As informações são do G1. Veja no vídeo abaixo.

A edificação abrigava uma escola primária e precisou dar lugar a um moderno centro comercial previsto para ficar pronto em 2023. Para não demolir o prédio construído em 1935, as autoridades decidiram mudá-lo de lugar.

Assim, operários instalaram cerca de 200 suportes na base do prédio que se moviam alternadamente — o que dá a impressão de que o prédio estava caminhando.

Segundo a emissora estatal chinesa CGTN, prédios do tipo geralmente são movidos por uma espécie de trilhos. Como não era possível usar esse método para a antiga escola, os engenheiros decidiram aplicar a técnica que se assemelha a uma caminhada.

Continuar Lendo

Cotidiano

Mulher vê filme adulto gay e descobre que marido é um dos atores do filme

Segundo a reportagem, na gravação, usando a aliança do casamento, o homem identificado apenas como Brandon fazia cenas quentes com vários outros parceiros.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Uma mulher de 26 anos assistiu a um filme pornô após o marido ir dormir e teve uma surpresa: enquanto escolhia um vídeo entre homens, ela viu o rosto de seu companheiro na tela, de acordo com informações do UOL.

Segundo a reportagem, na gravação, usando a aliança do casamento, o homem — identificado apenas como Brandon — fazia sexo com vários outros parceiros.

Confusa, a mulher que disse ter sempre preferido ver filmes pornôs gays fez um post no Reddit em busca de ajuda. Após a descoberta, os dois passaram a dormir em casas diferentes, e ela se submeteu a exames para detectar possíveis doenças sexualmente transmissíveis.

“Vou tentar não deixar isso muito explícito, mas cliquei em um vídeo aleatório e, definitivamente, era meu marido (na tela). O rosto dele estava plenamente visível, várias tatuagens específicas. Era ele. Eu sabia, sem sombra de dúvidas, que aquilo aconteceu depois de nos casarmos, porque ele estava com a droga da aliança”, escreveu a usuária anônima.

“Eu fiquei furiosa e enojada. Ele fez sexo sem proteção com vários homens. A única coisa em que eu pensava era em DSTs. Eu não consegui dormir à noite. Pedi para sair do meu trabalho também. A primeira coisa que fiz foi procurar uma clínica grátis e passar por exames. Não voltei para casa desde então. Não consigo nem olhar para ele. Estou brava para c…”, concluiu ela em seu desabafo.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.