Nos siga nas redes sociais

Brasil

Mandetta diz que alertou Bolsonaro sobre 180 mil mortes se governo não agisse: ‘Nunca falei em público, mas para ele eu mostrei’

Ex-ministro da Saúde é o entrevistado do ‘Conversa com Bial’ de quinta-feira, 24/9

Marcelo Passos

Publicado

Luiz Henrique Mandetta é o entrevistado do ‘Conversa com Bial’ de quinta-feira, 24/9 — Foto: Reprodução/TV Globo

O médico ortopedista, ex-deputado federal e ex-ministro Luiz Henrique Mandetta é o entrevistado do Conversa com Bial de quinta-feira, 24/9. Ele está lançando o livro “Um paciente chamado Brasil: Os bastidores da luta contra o coronavírus”, em que narra como o Ministério da Saúde tentou conter a epidemia da Covid-19 no Brasil durante sua gestão.

No livro e em sua conversa com Pedro Bial, Mandetta recorre ao conceito psiquiátrico das fases do luto para explicar a reação do presidente Jair Bolsonaro na pandemia: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. Depois de negar a gravidade da situação, sua próxima reação foi a ira:

“Eu simbolizava a notícia e ele ficou com raiva do ‘carteiro’, ficou com raiva do Ministério da Saúde.”

Depois, de acordo com o ex-ministro, veio a fase do apelo a alguma chance ou ao sobrenatural: “Ele se apegou àquela cantilena de pessoas que vão ao seu redor e começam a falar o que ele queria escutar”. Mandetta explica que trabalho psiquiátrico busca chegar logo à fase da aceitação, em que a pessoa age de forma colaborativa, adere ao tratamento, supera a dor e retoma a vida.

“Eu tentava puxar ele logo para a fase proativa. Eu nunca falei em público que eu trabalhava com 180 mil óbitos se nós não interviéssemos, mas para ele eu mostrei, entreguei por escrito, para que ele pudesse saber a responsabilidade dos caminhos que ele fosse optar. Foi realmente uma reação bem negacionista e bem raivosa.”As informações são do G1

Brasil

Polícia Federal apreende mais de 1 tonelada de cocaína próximo a divisa de RO com MT

Entorpecentes foram encaminhados neste sábado (24) para destruição. Drogas foram encontradas em caminhonete.

Redação PortalPE10

Publicado

Mais de uma tonelada de cocaína encontrada em caminhonete foi encaminhada para destruição — Foto: PF/Divulgação

Uma ação integrada entre Polícia Federal, CIOPAER/MT, GEFRON/MT, PM/MT e SAEG/GO, resultou na apreensão de mais de uma tonelada de cocaína e de uma caminhonete na divisa entre Mato Grosso e Rondônia, nessa sexta-feira, 23.

A apreensão da droga aconteceu em uma região de mata próximo à fronteira entre Brasil e Bolivia. Segundo a PF, a cocaína vai passar por procedimento para destruição, nos termos de legislação vigente.

A polícia também informou que as investigações a fim de identificar todos os envolvidos no crime continuam. Eles responderão pela prática de tráfico internacional de drogas e, também, por integrarem organização criminosa, além de outros crimes que sejam verificados.

A operação contou com a participação de mais de 30 policiais dos estados de Mato Grosso, Rondônia e Goiás , além de um helicóptero e diversas viaturas por terra.

Mais de uma tonelada de cocaína encontrada em caminhonete foi encaminhada para destruição — Foto: PF/Divulgação

Continuar Lendo

Brasil

Polícia captura suspeito da morte de PM e de empresário em Maranguape

O suspeito do crime foi localizado no distrito de Boa Vista dos Valentins, em Maranguape, e foi levado para a Delegacia Metropolitana da cidade

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Equipes da Polícia Civil e Militar prenderam um homem de 25 anos na tarde desta sexta-feira (23), suspeito de participar da morte de um sargento da reserva da Polícia Militar e de um empresário que atuava no ramo de venda de frangos em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza. O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (22).

Os levantamentos iniciais da polícia são de que o empresário e o PM trafegavam em um veículo, quando colidiram o carro e foram abordados por homens armados. O empresário não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo. Após a colisão, o sargento conseguiu sair do carro e tentou fugir, porém foi perseguido e morto.

O suspeito do crime, identificado como Francisco Erverson Xavier Ferreira de Moura, foi localizado no distrito de Boa Vista dos Valentins, em Maranguape, e foi levado para a Delegacia Metropolitana da cidade, onde foi autuado em flagrante por homicídio doloso após prestar esclarecimentos sobre o caso.

A Polícia Civil segue realizando diligências para capturar outros envolvidos do crime e descobrir a motivação.

Sargento da PM e empresário são mortos a tiros em distrito de Maranguape

 

Nota de pesar

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) divulgou uma nota de pesar pelo falecimento do do 1º Sargento PM RR Juscelino Araújo Chaves, que ingressou na corporação em 20 de julho de 1981. Atualmente, o militar estava na reserva remunerada.

“O Comando da Corporação se solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição”, diz um trecho da nota.

Continuar Lendo

Brasil

Polícia Federal usará drones para flagrar crimes de boca de urna nas eleições municipais de 2020

Marcelo Passos

Publicado

Urnas eletrônicas - (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

Urnas eletrônicas – (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

Nas eleições municipais de novembro, a Polícia Federal (PF) deverá usar drones para prevenção e repressão de crimes eleitorais como boca de urna e transporte irregular de eleitores.

De acordo com o órgão, mais de 100 aeronaves pilotadas remotamente deverão ser alocadas em municípios considerados estratégicos, em todos os estados. A intenção é que os equipamentos sobrevoem as zonas eleitorais de modo a inibir e flagrar a prática de condutas vedadas nos dias de votação.

Segundo a PF, os drones possuem câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez.

Imagens

As imagens capturadas – Polícia Federal usará drones para flagrar crimes – serão transmitidas a uma equipe da PF que estará preparada para monitorar todas a eleição em todo território nacional, determinando a adoção as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas, informou o órgão.

O primeiro turno das eleições municipais está marcado para 15 de novembro. O segundo turno, onde houver, ocorrerá em 29 de novembro. O horário de votação será sempre das 7h às 17h, no horário local.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.