Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

MC Maylon vai remover tatuagem de Anderson, do Molejo: ‘Faz mal vê-lo no meu braço’

O funkeiro diz que sente dores só de ver o rosto do ex-padrinho marcado em sua pele.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

MC Maylon marcou para esta segunda-feira, dia 22, a remoção da tatuagem no braço que fez em homenagem a Anderson, vocalista da banda Molejo, meses antes de acusá-lo de estupro. O funkeiro diz que sente dores só de ver o rosto do ex-padrinho marcado em sua pele. Com informações Extra.

“Fiz a tatuagem no fim de agosto, depois de um aniversário dele. Todas as vezes em que cantava nas festas do Anderson, ele ficava muito alegre, me incentivava. Nós dois juntos éramos um furacão. Era laço de pai e filha. Até que aconteceu tudo isso… Senti dor pela tatuagem, dor pelo estupro e agora vou sentir dor mais uma vez para remover o desenho. Me faz mal vê-lo em meu braço. É horrível saber que ele me fez tão mal. Só eu sei a dor que estou sentindo”, disse o cantor ao programa “Em revista”, da Rede Brasil.

Na entrevista, o cantor negou que tenha tido uma relação amorosa com Anderson e relatou ter ficado paralisado na noite em que teria sido estuprado. MC Maylon quer virar a página.

“Eu pretendo seguir em frente com minha carreira, minha vida. Estão achando que estou gostando de dar entrevistas, mas não estou. Está chato. É minha intimidade sendo exposta. Foi um ato horrível que aconteceu e toda hora tenho que lembrar. Só eu sei a dor e tudo que sofri. Fiz uma tatuagem com o rosto de um cara que eu não pensava que um dia faria isso comigo. Ainda mais por ele ter certa idade. Me perguntei por que comigo. Mas isso vai passar. Repito para mim toda hora”, desabafou.

Brasil

Rock in Rio 2021 é adiado para 2022 por causa da pandemia

Nona edição do festival aconteceria no Rio em setembro e outubro de 2021

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Artur Meninea/Gshow)

(Foto: Artur Meninea/Gshow)

O Rock in Rio anunciou nesta quinta (4) o adiamento do evento na capital fluminense por causa da pandemia de Covid-19. O festival foi remarcado para os dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022 na Cidade do Rock, montada no Parque Olímpico (zona oeste do Rio).

Inicialmente, o evento seria realizado em 24, 25, 26 e 30 de setembro e 1º, 2 e 3 de outubro de 2021.

O movimento acompanha a situação de piora que o Brasil vive com o coronavírus. Com dias de recorde de mortes pela doença e UTIs lotadas pelo país, a capital fluminense decretou toque de recolher e restringiu o horário de funcionamento do que não for essencial.

Nesta quinta, também foi confirmado o adiamento da versão do festival em Lisboa, que passou para os dias 18, 19, 25 e 26 de junho de 2022. As informações são da FolhaPress.

Segundo a organização, as mudanças foram baseadas nas indefinições do cenário mundial da pandemia de Covid-19 e no fato de que a esta altura do ano já começariam a montar o festival in loco, em ambas as praças.

Em nota, o Rock in Rio afirma ainda que as atrações estão com negociações avançadas e há previsão de anúncios ainda no primeiro semestre.

Não foram divulgados artistas da programação, mas entre os nomes confirmados anteriormente estavam Iron Maiden, Dream Theater, Megadeth e Sepultura em uma dobradinha com a Orquestra Sinfônica Brasileira, no palco Mundo, e Living Colour com o guitarrista Steve Vai, no palco Sunset. O DJ Alok também figurava na lista.

A venda de ingressos no Brasil começaria em 9 de março com a disponibilização do Rock in Rio Card, que garante entrada no festival antes mesmo de todas as atrações serem conhecidas, mas também foi adiada e deve ter início ainda em 2021.

A última edição do Rock in Rio da capital fluminense reuniu atrações como Foo Fighters, Red Hot Chili Peppers, Seal, Emicida, Anitta e Imagine Dragons.

Em Portugal, para a próxima edição, já estavam confirmados nomes como Foo Fighters, Post Malone, Black Eyed Peas, The National, Liam Gallagher e Camila Cabello.

Entre os brasileiros, Anitta, Ivete Sangalo, Iza, Ney Matogrosso, Projota e Giulia Be já haviam sido anunciados.

Continuar Lendo

Entretenimento

Lumena é a quinta eliminada do Big Brother Brasil com 61,31% votos

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Gshow)

A eliminada da noite de terça-feira (2) no Big Brother Brasil foi a psicóloga Lumena, com 61,31% dos votos. O cantor Projota foi o segundo mais votado, recebendo 37,07%. Arthur, que também estava no paredão, levou apenas 1,62%.

Lumena é a quinta eliminada da edição. A baiana foi indicada pela sister Carla Diaz ao atender o big fone. Com o paredão formado, até Conceição, mãe da Lumena, se pronunciou: “Não foi uma surpresa porque acompanho o programa e sei que Lumena era uma possibilidade de indicação para Carla. Faz parte do jogo.”

Conceição também comentou sobre a visão de jogo da filha dentro da casa: “É nítido que a percepção lá dentro é completamente diferente de quem está vendo aqui fora. Ela construiu relações com quem sentiu alguma abertura, em momentos que fizeram sentido para ela. Teve aproximações e distanciamentos ao longo do jogo, isso também faz parte das relações.”

Continuar Lendo

Brasil

Câmara pede prisão de humorista Danilo Gentili ao Supremo Tribunal Federal

Depois da repercussão, Danilo apagou o post das redes sociais.

Marcos Philipe Passos

Publicado

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A Câmara dos Deputados entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF), por meio da procuradoria parlamentar, para pedir a prisão do apresentador Danilo Gentili. O comediante fez uma postagem em que sugeriu que os brasileiros “entrassem” no Congresso para “socar todo deputado”.

“Eu só acreditaria que esse país tem jeito se a população entrasse agora na Câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”, escreveu o humorista pelo Twitter.

O texto criticado por Gentili ficou conhecido como PEC da imunidade. Isso porque ele dificulta a prisão de membros do Legislativo, nas esferas federal, estadual e municipal.

Coordenada pelo deputado Luis Tibé (Avante-MG), a ação aconteceu depois de um pedido do deputado Celso Sabino (PSDB-PA).

Segundo os parlamentares, a postagem de Danilo pode ser comparada com as ações do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso após ameaçar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e defender o AI-5.

Depois da repercussão, Danilo apagou o post das redes sociais.

(Foto: Reprodução)

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.