Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Minha Casa, Minha Vida completa cinco anos com 3,4 milhões de unidades contratadas

Os números consolidam o programa como a maior política pública habitacional da história do Brasil.

Avatar

Publicado

MCMV_contratadas 

O programa Minha Casa, Minha Vida comemora cinco anos em 2014 e nesse período contratou 3,4 milhões de unidades, beneficiando mais de seis milhões de pessoas. Os números consolidam o programa como a maior política pública habitacional da história do Brasil.

Até final de abril, programa entregou 1,7 milhões de casas. A meta do governo, segundo o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, José Urbano Duarte, é chegar a dois milhões de unidades entregues até o final de 2014 e com investimentos da ordem de R$ 234 bilhões.

“A dimensão que o Programa ganhou foi tamanha que, nos últimos cinco anos, representantes de várias partes do mundo têm buscado informações sobre o Minha Casa, Minha Vida”, afirmou José Urbano. Entre os países que tem demonstrado interesse pelo programa, ele citou México, Colômbia, Peru, países africanos de língua portuguesa, árabes e Egito.

Urbano afirma que as representações estrangeiras querem informações sobre a grande capacidade do programa de expandir a atividade econômica do país, envolvendo mão de obra empregada na construção civil. Ele também ressalta que o programa propicia um aumento da atividade da indústria de cimento e de cerâmica.

O Minha Casa, Minha Vida é um programa voltado para famílias de três faixas de renda – até R$ 1,6 mil (Faixa 1), entre R$ 1,6 mil e R$ 3,275 mil (Faixa 2) e de R$ 3.275,01 mil a R$ 5 mil mensais. No caso da faixa 1, a prestação da casa não deve ultrapassar 5% da renda do beneficiário, com valor mínimo de R$ 25, pelo período de 10 anos. O subsídio na concessão deste imóvel é bancado com recursos do Orçamento Geral da União (OGU).

“Se você fizer as contas, o subsídio poderá passar de 90% do preço do imóvel”, calcula o vice-presidente. Segundo ele, o subsídio é uma questão de prioridade do governo alinhada a política habitacional. “O Minha Casa, Minha vida é viável e vai continuar”.

Na avaliação do vice-presidente, se o Estado não participar de alguma forma da produção imobiliária, a população de baixa renda não consegue uma moradia. Ele também destaca benefícios indiretos à classe média e alta com o barateamento de custos da construção civil.

Fonte: Caixa Econômica Federal

MCMV_entregues

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Artista palmarense Genésio Cavalcanti morre por complicações da Covid-19

Genésio Cavalcanti estava internado na UTI do Hospital Regional de Palmares (HRP), onde teve o estado de saúde agravado neste domingo (24).

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

O poeta, escritor e empresário palmarense, Genésio Cavalcanti, morreu por complicações da Covid-19, a informação foi divulgada neste domingo (24).

Genésio estava internado havia alguns dias no Hospital Regional de Palmares (HRP), mas de acordo com o boletim médico, ao longo da internação, seu estado de saúde teria se agravado e ele precisou ficar internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

No sábado segundo o boletim seu estado de saúde era estável com “pressão arterial normal, função renal normal. Porém, sedado, entubado e sob ventilação mecânica total. Sem febre ou outras anormalidades.”, informou o boletim.

Neste domingo (24) o quadro teria se agravado e o empresário acabou não resistindo.

Genésio é autor de várias obras como Noites Ensolaradas, Poéticas de Amor, Alma de Poeta e Tempo de Amar. Ele também era integrante da Academia Palmarense de Letra (APLE) e empresário.

Nas redes sociais amigos e familiares desejavam melhoras ao artista e realizavam orações pela recuperação.

Genésio Cavalcanti deixa esposa e dois filhos.

Continuar Lendo

Cotidiano

Acidente deixa criança e quatro adultos feridos em Gameleira

Condutor teria perdido o controle e veículo desceu um barranco na PE-073.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

Cinco pessoas entre elas uma criança ficaram feridas em um acidente na PE-073, em Gameleira, na Zona da Mata Sul na manhã deste domingo (24).

De acordo com informações o condutor teria perdido o controle do carro onde todos os ocupantes estavam, na altura do Engenho Bom Sucesso, zona rural de Gameleira. Ainda segundo informações não houve ferimentos graves entre as vítimas.

O acidente aconteceu na manhã deste domingo e o veículo desceu um barranco na lateral da rodovia. Várias  ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para socorrer as vítimas.

Quatro adultos sendo dois homens e duas mulheres teriam sido socorridos e encaminhados para o Hospital de Pequeno Porte Argemira S. R. Barros, em Gameleira, já a criança teria sido encaminhada para a emergência do Hospital Regional de Palmares (HRP). O estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

Continuar Lendo

Cotidiano

Corpos das três jovens que morreram em acidente são liberados do IML e seguem para São Domingos

Carro em que elas estavam bateu em uma uma van de transporte alternativo. Elas moravam em São Domingos.

Redação PortalPE10

Publicado

Foto: Reprodução PortalPE10

Os corpos das três jovens que morreram em um acidente na PE-126, em Catende, na Mata Sul, foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) no início da tarde deste domingo (24).

As vítimas moravam em São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus, onde serão sepultadas.

.:: Leia também: ‘Foi um acidente, uma fatalidade’, diz motorista de Corolla após acidente na PE-126 em Catende

O acidente foi na manhã de sábado (23) e o carro onde as jovens viajava invadiu a faixa contraria e colidiu com uma van. Os ocupantes do carro ficaram feridos, sendo que as três acabaram morrendo no local. Ocorrência mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu.

Os passageiros da van tiveram ferimentos leves e foram liberados.

(Foto: Reprodução)

As três jovens foram identificadas por Cybelle Teodozio Dos Santos de 19 anos ,Isabela Giovana Leite de 18 anos e Vitoria Queiroz Honorato de 21 anos. Todas eram moradoras do Distrito de São Domingos que pertence à cidade de Brejo da Madre de Deus.

As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.