Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

MPF denuncia ex-prefeito, secretários e empresários de Lagoa do Carro

Denúncia ocorreu na esfera da Operação Mata Norte, por desvio de quase R$ 1 milhão da merenda escolar.

Avatar

Publicado


Foto: Reprodução

Um ex-prefeito e ex-secretários do município Lagoa do Carro foram denunciados pelo Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF/PE) no âmbito da Operação Mata Norte, que desbaratou, no ano passado, associação entre empresários, agentes e servidores públicos que atuavam no desvio recursos destinados à aquisição de merenda escolar para a rede de ensino lagoense do carro, a 60 quilômetros do Recife, na Zona da Mata.

De acordo com investigações realizadas em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal (PF), pelo controlador Fábio Araújo e o delegado Alexandre Alves, foi detectado que a Prefeitura de Lagoa do Carro realizou quatro licitações  irregulares entre 2013 e 2016, com quase R$ 1 milhão do Programa Nacional de Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE), sem comprovar inviabilidade de adoção da modalidade eletrônica de pregão. 

Eleito prefeito de Lagoa do Carro em 2012 e candidato à reeleição pelo PSB em 2016, quando alcançou 48,52% dos votos válidos mas não conseguiu renovar o mandato, Severino Jerônimo da Silva, o “Jaílson do Armazém”, integra o primeiro núcleo de acusados. Segundo o MPF/PE, esse núcleo reúne os agentes públicos que promoviam as licitações fraudulentas para beneficiar empresas. 

Além do ex-prefeito, integram o primeiro núcleo o ex-pregoeiro do município, Adeildo Marques dos Santos Jr.; a ex-secretária municipal de Educação, Silvia Maria Santos Porto; o ex-secretário municipal de Assuntos Jurídicos, Antônio Flávio Guerra Barreto; a ex-secretária municipal de Finanças, Talita Correia Dias de Almeida; e o ex-assessor jurídico Luiz Cavalcanti Petribu Neto.

No segundo núcleo estão empresários e particulares que participavam do esquema, segundo a procuradora da República Silvia Regina Pontes Lopes, sob liderança de Ricardo José de Padilha Carício. Também denunciado pelo MPF/PE na Operação Torrentes e proprietário de fato das empresas Radar Mercantil Ltda. e FJW Empresarial Ltda., ele teve sob seu comando os empresários Ricardo Henrique Reis dos Santos, Taciana Santos Costa, Jully Anne de Moraes Barros, João Henrique dos Santos e Eliab Américo Coutinho, para frustrar os processos licitatórios superfaturados e desviar os recursos públicos federais em favor de suas empresas. 

Crimes – Segundo o MPF/PE, os envolvidos foram denunciados por fraudes em licitações e associação criminosa. Severino Jerônimo da Silva, Silvia Maria Santos Porto, Talita Correia Dias, Ricardo Padilha Carício e Ricardo Henrique Reis também foram acusados da prática de crime de responsabilidade. Se ocorrer condenação na Justiça Federal, as penas podem chegar a mais de 30 anos de reclusão. O MPF requer, ainda, que seja decretada a perda dos eventuais cargos ou funções públicas dos envolvidos, bem como que seja fixada indenização mínima no montante dos valores superfaturados.

Além da denúncia oferecida à Justiça Federal, o MPF requisitou uma série de diligências à PF, incluindo a coleta de depoimentos de Silvia Maria Santos Porto, Ricardo Padilha e Taciana Santos, além do compartilhamento de provas e informações decorrentes da Operação Torrentes, que tem em seus alvos as empresas de Padilha.

*Com informações da Assessoria de Comunicação Social do MPF/PE.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Falsa grávida é presa com drogas escondidas em melancia presa na barriga

Para não levantar suspeitas, ela havia amarrado fruta ao corpo e escondido os entorpecentes dentro.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Falsa grávida é presa com drogas escondidas em melancia presa na barriga em Guaratinguetá. (Foto: PM/Divulgação)

Uma mulher de 38 anos foi presa com 2 kg de pasta base de cocaína escondidos em uma barriga falsa em Guaratinguetá (SP). Segundo a polícia, a mulher usou uma melancia para forjar a barriga de grávida e escondia os entorpecentes dentro da fruta. O flagrante foi neste domingo (29).

Segundo a PM, a mulher estava em um ônibus de turismo que seguia para o Rio de Janeiro quando passageiros suspeitaram e chamaram a polícia.

Durante a abordagem, a polícia percebeu que ela estava com uma barriga falsa e encontrou a droga.

Continuar Lendo

Cotidiano

Governo argentino diz que nova nuvem de gafanhotos está próxima da divisa com Brasil

Técnicos dizem que inseto é de um tipo diferente do que se aproximou em agosto.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Twitter)

O governo da Argentina alertou que uma nova nuvem de gafanhotos está próxima do Rio Grande do Sul, no Brasil. O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) disse, na sexta-feira (27), que percebeu os insetos nas cidades Campo Viera e Itacaruaré, na província de Misiones, próximas às cidades brasileiras Rincão Vermelho e Porto Xavier.

Os técnicos disseram que o gafanhoto é de um tipo diferente do que ficou próximo ao Brasil em agosto. O animal foi visto em três fazendas em Campo Vieira e uma em Itacaruaré.

Insetos estão sendo monitorados

O deslocamentos desses insetos está sendo monitorado.

*Com informações NE10

Continuar Lendo

Cotidiano

Aeromoça é investigada por ‘serviço adulto’ durante voos

Em páginas nas redes sociais, a comissária da British Airways oferece experiências sexuais aos passageiros.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Facebook)

A companhia aérea British Airways está investigando alegações de que uma de suas aeromoças está trabalhando como garota de programa e oferece “entretenimento adulto” durante os voos. Em fotos associadas às denúncias, a comissária até mesmo vende suas roupas íntimas aos passageiros.

Não identificada, a mulher anuncia seus serviços por meio de fotos ousadas nas redes sociais, muitas delas focadas em seus pés e pernas com meias e brinca que ela frequentemente não usa calcinha durante os voos, segundo o jornal The Sun.

Em vez disso, essas roupas íntimas são vendidas por U$ 33 (cerca de R$ 176) – metade do valor que custa uma “taxa de segurança” para mais tarde encontrá-la em um hotel, ela teria dito a um repórter investigativo do jornal do Reino Unido.

Além de oferecer sexo entre as viagens, ela oferece guloseimas não especificadas aos passageiros se o dinheiro estiver certo, disse o jornal. “Se você quiser entretenimento adulto a bordo, tudo o que você precisa fazer é me dar uma quantia em dinheiro e terá uma experiência totalmente diferente à sua escolha”, a aeromoça teria escrito em um blog.

Seguidores de suas redes sociais – muitos dos quais parecem ter sido deletados no domingo após as revelações – pareceram sem dúvidas saber sobre o que ela estava fazendo. “Espero que você ganhe um bom dinheiro e fique bem, garota”, um seguidor respondeu a uma foto.

Contatada pelo jornal, a assessoria da British Airways respondeu através de um porta-voz e disse que a empresa “espera o mais alto padrão de comportamento de todos os nossos colegas em todos os momentos e estamos investigando as alegações”.

“Ela está claramente se prostituindo e impulsionando seus negócios usando fotos tiradas a bordo de aviões BA”, disse uma fonte ao The Sun; “É um abandono chocante do dever e não a imagem que a BA quer de sua tripulação de cabine”, disseram as fontes.

A British Airways disse ao jornal do Reino Unido que lançou uma investigação e estava tentando identificar a aeromoça misteriosa.

*Com informações LeiaJá

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.