Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Mulheres atacadas com garrafa após beijo na boca no Leblon vão processar a agressora

Em seu perfil no Instagram, Priscilla Dornelles, que estava no banco da frente do Peugeot, afirmou que está sendo ofendida pela arquiteta.

Marcelo Passos

Publicado

As duas mulheres que desfilaram de biquíni pelas ruas do Leblon, na noite da última sexta-feira (25), prometem entrar com uma ação na Justiça contra a arquiteta Aline Araújo Silva. Ela arremessou garrafas contra o carro conversível em que elas estavam e, nas redes sociais, chegou a chamá-las de “moças da vida” e “drogadas”. O caso viralizou nas redes sociais. (vídeo aqui)

Em seu perfil no Instagram, Priscilla Dornelles, que estava no banco da frente do Peugeot, afirmou que está sendo ofendida pela arquiteta.

“Ela está querendo nos difamar. Saímos de uma festa na lancha, na praia, e resolvemos dar uma volta de biquíni mesmo para curtir. Mas uma recalcada simplesmente não gostou do que viu, não sei o que incomodou tanto ela, porque estávamos somente nos divertindo. Eu acho que difamação é um crime muito sério. Só pra avisar que vai ter processo sim”, disse.

Amiga de Priscilla, identificada apenas como Sheila, postou que apenas se defendeu das agressões verbais proferidas por Aline.

“Fui também agredida verbalmente muito antes do vídeo começar, por isso que quando recebi a garrafada eu já sabia exatamente quem era. E quando pulei do carro, ela gritou “vem, vem”. Não tenho sangue de barata, me defendi assim como defenderia minha amiga ou meu amigo. Eu estava na minha, curtindo a minha vibe. Não quer guerra? Então fica na paz”, escreveu.

As envolvidas em briga no Leblon: Priscilla (à esquerda), Sheila e Aline Foto: Instagram/Montagem / Reprodução

As envolvidas em briga no Leblon: Priscilla (à esquerda), Sheila e AlineAs envolvidas em briga no Leblon: Priscilla (à esquerda), Sheila e Aline Foto: Instagram/Montagem / Reprodução
Horas depois, o vídeo sobre o caso foi apagado por Aline. Ao EXTRA, ela contou que foi orientada a fazê-lo por um amigo delegado.

– Não me arrependo de nada, nem da gravação que postei. Joguei água realmente porque a situação estava gerando um desconforto a todos que estavam ali, principalmente para as duas crianças que ficavam perguntando porque duas mulheres estavam se beijando e beijando também um homem. Elas mostravam o peito e faziam preliminares. Mas acabei saindo de maluca na história. Se elas me processarem, eu processo de volta – disse.

O caso

Na manhã de sábado, dia 26, Aline contou no Instagram que estava no restaurante Togu, na Rua Dias Ferreira, com duas crianças além de pessoas mais velhas. Ela disse que, por volta de 20h de sexta-feira, dia 25, presenciou as cenas de “atentado ao pudor” e ficou incomodada, tendo jogado água para “apagar o fogo” do trio que estava no conversível.

“Nós vivemos em uma sociedade e temos que ter respeito pelo outro”, disse ela, que completou: “Os três estavam fazendo preliminares, parecendo um filme pornô bem ali na nossa frente, de camarote”, narrou, afirmando ainda que o fato estava sendo repudiado com xingamentos por “toda a rua”.

Horas depois, o vídeo foi apagado por Aline. Um homem que a acompanhava chegou a levantar da mesa e arrancar a parte de cima do biquíni de uma das moças. O carro então foi embora. Até o momento, nenhum dos envolvidos no episódio procurou a 14ª DP (Leblon).Informações Jornal o Extra

Entretenimento

Urach faz limpa no Instagram, estreia novo look e critica evangélicos

Urach faz limpa no Instagram, estreia novo look e critica evangélicos.

Redação PortalPE10

Publicado

Novo momento para Andressa Urach. Pelo menos é o que parece. A apresentadora está de visual novo: apliques loiros e unhas pintadas de vermelho. Muitos se questionaram com essa mudança com o momento em que a ex-modelo vive, já que se tornou evangélica, praticante da Igreja Universal.

Segundo os seguidores, Urach também fez uma “limpa” no Instagram, deixando de seguir algumas contas e apagando muitas foto. De acordo com os fãs, a maioria das deletadas era a que aparecia com cabelo curto. Para atiçar ainda mais a curiosidade do que vive, ela postou, na sua rede social, críticas às pessoas religiosas que mandaram mensagens dizendo que sua mudança de visual era um pecado.

A apresentadora incentivou os seguidores a “cuidarem da própria vida”, dizendo que mensagens como essa são o motivo pelo qual “muita gente hoje em dia tem pavor de igreja, de crente”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por PortalPE10 (@portalpe10) em

Continuar Lendo

Entretenimento

MC Kallebe, criador do bordão ‘Bigodin finin, cabelin na régua’, é encontrado morto após se afogar em rio

Kallebe e amigo foram vistos pela última vez no rio Ururaí, em Campos dos Goytacazes. Garoto ganhou fama em 2018 e gravou clipe com MC Bin Laden.

PortalPE10 com informações G1

Publicado


O menino Kallebe Souza, de 12 anos, criador do bordão “bidogin finin, cabelin na régua”, e que participou de um clipe com o funkeiro MC Bin Laden em 2018, foi encontrado morto nesta sexta-feira (23).

Kallebe e um amigo desapareceram depois de mergulhar no rio Uraraí, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, na tarde desta quinta-feira (22). O amigo, cuja identidade não foi divulgada, também foi encontrado morto.

A causa das mortes ainda não foi confirmada, mas bombeiros falam em afogamento.

Os corpos foram achados por volta das 11h desta sexta-feira próximo ao local onde os meninos foram vistos pela última vez. Familiares fizeram o reconhecimento.

Quatro militares participaram das buscas que começaram nesta quinta e foram concluídas na manhã desta sexta.

Clipe com Mc Bin Laden

Mc Kallebe ficou conhecido em 2018 depois de viralizar nas redes sociais com o bordão “bidogin finin, cabelin na régua” e com meme “gostosin no azeite”.

O jovem fez tanto sucesso que chegou a participar de um clipe do funkeiro MC Bin Laden. O vídeo da música “Cabelin Na Régua” tinha mais de 9 milhões de visualizações no YouTube até a publicação deste texto.

Nas redes sociais, MC Bin Laden compartilhou fotos em que aparece com Kallebe. Antes da confirmação da morte, Mc Bin Laden postou um pedido de orações pelo criador do meme que, segundo ele, hoje é usado em muitas músicas e por vários artistas.

Após a confirmação, o funkeiro lamentou a morte. “Descanse em paz”, escreveu MC Bin Laden na legenda de uma imagem em que aparece tomando sorvete com Kallebe.

Continuar Lendo

Entretenimento

Antes da fama, Sikêra Jr. pensou em suicídio: “Me achava o derrotado”

Apresentador foi convidado de Daniela Albuquerque no Sensacional desta quinta-feira

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

Sikêra Jr.

Nesta quinta-feira (22/10), Sikêra Jr. é o entrevistado de Daniela Albuquerque no programa Sensacional, da Rede TV!, e relembra o início da carreira, fala da emoção ao ouvir pela primeira vez seu nome na vinheta da rádio onde trabalhava e revela uma curiosidade sobre esse momento.

“Ninguém queria que eu usasse ‘Sikêra’. É igual a ‘Chiclete com Banana’, no início todo mundo achou feio, depois ficou bonito”, compartilha o jornalista, que começou aos 14 anos no rádio, em Palmares , onde morava.

Antes do sucesso, Sikêra passou por momentos difíceis como a perda a mãe e do cunhado em um acidente de carro na véspera de Natal e o falecimento do pai, pouco tempo depois. Ainda jovem perdeu a casa em que morava em uma enchente.

Na época desempregado, pediu auxílio para rádios locais. “Trocava a minha voz para dormir em um lugar seguro”, relembra. O apresentador chegou a pensar em tirar a própria vida se jogando na frente de um caminhão.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.