Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Músico acusa Safadão de não pagar direitos de música e quer R$ 4,5 milhões de indenização

Músico acusa Safadão de não pagar direitos de música e quer R$ 4,5 milhões de indenização

PortalPE10 com informações UOL

Publicado


O compositor Jonnas Alves entrou com um processo contra o cantor Wesley Safadão por danos morais e materiais. Na ação, Jonnas alega que Safadão não lhe pagou nada pela composição da música Vaqueirinha Maltrata, lançada em 2018. “Sempre tive muito carinho por ele, e a nossa amizade era boa até então. Já gravou 8 músicas minhas, mas, em 2018, resolveu gravar Vaqueirinha Maltrata para o CD Diferente Não, Estranho e não fez o acerto comigo”, disse Alves à coluna.

“Procurei a empresa dele mais de três vezes e nada. E é claro que, depois disso, procuraria os meus direitos, né? Fiz de tudo para resolver as coisas na paz, mas o Safadão não quis agir assim”, completou o autor do processo.

A ação pede indenização por perdas, danos materiais e morais. Ainda segundo consta nos documentos, obtidos com exclusividade por este colunista, a música foi acessada e baixada por 1.57 milhão de pessoas. Por isso, Alves exige receber a quantia de R$ 4,5 milhões por danos materiais. Tal montante em dinheiro corresponde ao número de vezes que a música foi acessada e baixada, multiplicado por R$ 2,90. Os advogados do compositor pedem ainda R$ 200 mil por danos morais.

Até o momento, o juiz responsável pela causa ordenou que a faixa Vaqueirinha Maltrata fosse excluída de todas as plataformas de streaming. Procurado pela coluna, Marcos Benevides, advogado do cantor de Safadão afirmou que ele está proibido de falar sobre o assunto por enquanto. “O processo está com o departamento jurídico. Nós iremos analisar toda a documentação e, então, vamos elaborar a defesa de Safadão. Qualquer manifestação será feita somente após essa análise”, disse.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Morre influencer de Juazeiro do Norte Liliane Amorim após realizar lipoaspiração

Redação PortalPE10

Publicado

Legenda: Nas sociais,. jovem caririense postava viagens e posts de parceiros comerciais Foto: Reprodução/Instagram

A influenciadora digital Liliane Amorim, que morava em Juazeiro do Norte, morreu após realizar cirurgia de lipoaspiração. Em comunicado, neste domingo (24), o hospital em que a jovem estava internada confirmou o óbito da cearense. Segundo a família, Liliane passou pela cirurgia no dia 9 de janeiro e após a intervenção precisou passar por nova operação. Sendo assim, no dia 15 deste mês, ela foi internada.

“Toda a Equipe de nosso Hospital está de luto em nome dessa moça que foi uma guerreira em todos os momentos durante sua Internação”, declarou a direção da unidade hospitalar em comunicado.

Liliane estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital da Unimed no Centro de Juazeiro do Norte desde o dia 17 deste mês. No entanto, o procedimento estético não foi realizado no local.

Na última sexta-feira (22), o boletim médico informou que a influencer teve uma melhora no quadro, porém no sábado (23) ela piorou e precisou passar por uma cirurgia de emergência.

Perfil do instagram
No perfil do Instagram de Liliane, familiares postavam diariamente o estado de saúde da jovem — além de pedir orações.

 

Continuar Lendo

Cotidiano

Regina Duarte faz críticas à vacina contra a covid-19: “que diabos esta vacina está realmente fazendo?”

Redação PortalPE10

Publicado

(Brasília – DF, 29/01/2020) Encontro com a atriz Regina Duarte. Foto: Marcos Corrêa/PR

A atriz e ex-secretária da Cultura do governo Bolsonaro, Regina Duarte, usou as redes sociais para criticar a vacina contra a covid-19, questionando sua utilidade.

“Isso não elimina a necessidade de proibições de viagens. Não elimina a necessidade de fechar negócios. Não elimina a necessidade de fechamentos em geral. Não elimina a necessidade de uso de máscaras. Então… que diabos esta vacina está realmente fazendo?”, escreveu a atriz em uma publicação no Instagram.

A atriz recebeu apoio de muitos seguidores, que chegaram a dizer que o vírus é invenção da China e que não se vacinarão.

Continuar Lendo

Cotidiano

Após se recuperar da Covid, cantor gospel Flávio Camargo morre de pneumonia

O cantor, de 33 anos, foi diagnosticado com Covid-19 em setembro e recebeu alta após tratamento.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução / Instagram)

O cantor gospel Flávio Camargo morreu na última terça-feira (19), aos 33 anos, vítima de pneumonia. Ele foi diagnosticado com Covid-19 em setembro do ano passado e ficou internado com 80% dos pulmões comprometidos. Após tratamento, o cantor recebeu alta.

Mas Flávio voltou a sentir-se mal em dezembro. De acordo com informações de familiares, ele foi internado no dia 5 de janeiro no Hospital Miguel Couto, no Rio de Janeiro, com mais de 90% dos pulmões comprometidos por uma infecção. Devido a gravidade do caso ele precisou ser transferido para o Hospital Ronaldo Gazolla, onde permaneceu na UTI.

Na última segunda-feira (18), a mulher do cantor pediu aos fãs e amigos que fizessem orações a ele. “Infelizmente o quadro clínico do meu esposo, Flávio Camargo, se agravou e ele precisou ser intubado. Segundo a equipe médica ele está muito grave e precisa de um verdadeiro milagre! Peço a todos que nos ajudem em oração porque apesar da gravidade cremos num Deus que pode todas as coisas e age no impossível!”, disse ela.

Segundo informações da rádio Rádio 93 FM, voltada ao público gospel, antes de ser entubado, Flávio escreveu no último sábado (16) uma carta a Suzanna, no qual declarou o amor à família e agradeceu a oração de todos. “Meu amor, te amarei para sempre. Tudo que quero é estar ao lado de vocês outra vez”, diz trecho da carta.

Flávio Camargo deixa a esposa, Suzanna, e o filho, Yohan. Ele foi enterrado na tarde desta quarta-feira, no Rio de Janeiro.

*Com informações Marie Claire

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.