Nos siga nas redes sociais

Esportes

Na reestreia de Júlio César, Flamengo bate o Boavista e assume ponta do grupo

Rubro-negro chega aos nove pontos na Taça Rio com vitória por 3 a 0, em Volta Redonda

Avatar

Publicado

Flamengo não foi brilhante nesta quarta-feira, mas derrotou o Boavista para assumir a liderança de sua chave na Taça Rio. Em um confronto morno, disputado no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o time rubro-negro arrancou no segundo tempo e contou com os gols de Rodinei, Diego e Lucas Paquetá para fazer 3 a 0 pela quarta rodada do segundo turno do Campeonato Carioca.

Foi a reestreia de Júlio César pelo Flamengo após mais de 13 anos, mas o goleiro mal foi notado. Em sua primeira partida pelo time desde 2004 e iniciando sua despedida do futebol, o veterano de 38 anos foi um mero espectador durante quase todo o duelo e realizou apenas uma boa defesa, já no fim.

Se a atuação não foi das mais convincentes, o Flamengo chegou aos nove pontos e ultrapassou o Vasco para assumir a ponta do Grupo B. No sábado, a equipe visita o Macaé no Moacyrzão. Já o Boavista parou nos seis pontos, é o quarto do Grupo C e complicou suas chances de classificação. Também no sábado, recebe o Bangu em Bacaxá.

O desempenho do Flamengo foi muito fraco no primeiro tempo. O time até ocupou o campo de ataque, mas via Lucas Paquetá ser o único a buscar jogo no setor ofensivo e praticamente não levava perigo.

Na primeira vez em que os outros nomes de frente do Flamengo funcionaram, o Flamengo chegou. Aos 39, Diego cruzou da direita, Everton ajeitou para o meio e Paquetá só não marcou porque foi travado. No minuto seguinte, Renê enfiou ótima bola para Everton, que finalizou com pouco ângulo, em cima de Rafael.

O Flamengo voltou com uma atitude diferente. Em um minuto, Éverton Ribeiro fez mais do que em toda a primeira etapa e deu ótima enfiada para Everton, que invadiu a área e parou em Rafael. Aos cinco, ele mostrou estar aceso mais uma vez e arriscou de longe, com desvio, levando muito perigo.

Aos 13 minutos, Henrique Dourado perdeu chance inacreditável. Ele recebeu lançamento de Everton em posição duvidosa e, diante da atitude da defesa adversária, que ficou parada, pedindo impedimento, finalizou de forma displicente, à direita.

Mesmo sem muita qualidade, a insistência flamenguista faria efeito pouco depois. Aos 18, a cobrança de escanteio de Everton passou por todo mundo e encontrou Rodinei. O lateral emendou de primeira, forte, e contou com o auxílio do goleiro Rafael para marcar.

O gol abriu espaço na defesa do Boavista e o Flamengo passou a desperdiçar oportunidades. Aos 23, Éverton Ribeiro recebeu bom cruzamento de Rhodolfo e finalizou de cabeça quase da pequena área, torto. O mesmo Éverton Ribeiro e Henrique Dourado ainda teriam outros bons momentos, mas bloqueados pela marcação.

A entrada de Felipe Vizeu deu novo gás para o ataque rubro-negro, e foi justamente ele quem sofreu a falta que resultou no segundo gol flamenguista. Aos 35 minutos, Diego aproveitou a cobrança próxima à meia-lua e colocou no canto direito de Rafael, que não alcançou.

Para a festa da torcida, Júlio César fez boa defesa nos minutos finais e o Flamengo ainda marcou o terceiro aos 42. Novamente, a bola parada definiu a favor da equipe, mas desta vez com Lucas Paquetá, que acertou cobrança perfeita pelo lado direito e selou o resultado.

FICHA TÉCNICA

BOAVISTA 0 X 3 FLAMENGO

BOAVISTA – Rafael; Gabriel Cassimiro, Gustavo Geladeira, Elivelton e Julio Cesar; Willian Maranhão, Douglas Pedroso (Renan Donizete), Lucas e Tartá (Cláudio Maradona); Marquinho (Thiaguinho) e Felipe Augusto. Técnico: Eduardo Allax.

FLAMENGO – Julio Cesar; Rodinei, Rhodolfo, Juan e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro (Willian Arão), Diego e Everton (Geuvânio); Henrique Dourado (Felipe Vizeu). Técnico: Paulo César Carpegiani.

GOLS – Rodinei, aos 18, Diego, aos 35, e Lucas Paquetá, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – João Ennio Sobral (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Elivelton (Boavista); Lucas Paquetá, Diego (Flamengo).

RENDA – R$ 67.000,00.

PÚBLICO – 2.842 pagantes (3.601 presentes).

LOCAL – Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Sport perde para Galo na Ilha, mas segue na Série A

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

Sport e Atlético-MG entraram em campo com objetivos claros. Até porque o resultado tem impacto na a permanência do Leão na Série A, nas vagas da Sul-Americana e da Libertadores. Dessa vez, o Galo terminou vencendo por 3 a 2, mas ambas as equipes cumpriram metas em um duelo marcado por confusão e gol decisivo no apagar do luzes. O time mineiro abriu o placar com Jair e viu o rival empatar com Dalberto. No segundo tempo, ampliou com Thyere (contra), viu o Leão empatar de novo – de pênalti, com Thiago Neves -, mas garantiu a vitória com um gol de Marrony no fim.

O Sport segue na 14ª posição, com 42 pontos, e apesar da derrota, está garantindo na Série A 2021. Isso porque o Vasco, que tem 38 pontos e abre o Z-4, empatou com o Corinthians. O Atlético-MG, por sua vez, saltou para 65 pontos e está agora na 3ª posição.

No Brasileirão, o Sport visita o Athletico na Arena da Baixada, enquanto o Atlético-MG recebe o Palmeiras no Mineirão. Ambas as partidas acontecem na quinta-feira, às 21h30, pela despedida do campeonato.

Antes disso, o Rubro-negro estreia no Pernambucano contra o Vera Cruz, às 19h da quarta-feira.

Continuar Lendo

Esportes

Internada em dezembro, mãe de Ronaldinho morre aos 71 anos de Covid-19

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Ronaldinho Gaúcho e sua mãe Miguelina de Assis — Foto: Pedro Souza / Atlético

Morreu na noite deste sábado em Porto Alegre Miguelina Elói Assis dos Santos, mãe do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho. Dona Miguelina, como era conhecida, tinha 71 anos e estava internada desde dezembro do ano passado após complicações decorrentes de um quadro de Covid-19.

A informação foi publicada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo ge com pessoas ligadas ao estafe de Ronaldinho. Sobrinho de Ronaldinho e filho de Assis, Diego Assis também confirmou que a avó “foi descansar”.

Em dezembro passado, Ronaldinho usou os seus perfis nas redes sociais para pedir orações para a mãe. Ela havia sido internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, após contrair coronavírus.

– Queridos amigos, minha mãe está com Covid e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe – escreveu o ex-jogador.

O Hospital Mãe de Deus não divulga informações sobre pacientes.

Em nota oficial, o Atlético-MG se solidarizou com Ronaldinho e declarou que o clube está em luto pela morte de Dona Miguelina. O meia foi campeão da Libertadores e é ídolo do Galo.

Continuar Lendo

Esportes

Bayern é campeão mundial pela 4ª vez e estabelece recorde europeu

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

Bayern de Munique conquista o Mundial de Cubes de 2020 (Foto: Getty Images)

Sem brilho, o Bayern de Munique (ALE) confirmou o favoritismo e conquistou o título do Mundial de Clubes da Fifa da temporada 2020. A equipe alemã derrotou o Tigres (MEX) por 1 a 0 nesta quinta-feira (11), no Education City Stadium, em Doha, no Qatar. O gol foi marcado pelo lateral francês Pavard.

Foi o quarto título do time no torneio. Já havia vencido em 1976, 2001 e 2013.

A vitória confirma o domínio europeu na competição. É o oitavo título consecutivo do continente no Mundial, sequência iniciada com o próprio Bayern ao derrotar o Raja Casablanca (MAR) na final de 2013. O último campeão sul-americano foi o Corinthians, no ano anterior, após vencer o Chelsea (ING).

A maior preponderância da América do Sul aconteceu de 1977 a 1984, na antiga Copa Intercontinental —reconhecida pela Fifa como Mundial—, com sete troféus. Em 1978, a disputa não aconteceu.

Comandado pelo técnico Hans-Dieter Flick, o Bayern atingiu ainda outra marca histórica. Conquistou seis títulos relativos à mesma temporada, igualando o Barcelona de 2009, treinado por Pep Guardiola. O clube alemão venceu, além do Mundial e da Champions League, a Bundesliga, a copa nacional, a supercopa do país e a supercopa europeia.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.