Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Número de amigos diminui depois dos 30 anos

É mais difícil fazer amigos depois dos 30?

Avatar

Publicado

Aos que já se aproximam dos 30 anos e, mais ainda, aos que já passaram dessa idade, é fácil adivinhar a já conhecida constatação que os “verdadeiros amigos”, os “amigos do peito”, foram aqueles feitos nos anos de colégio e faculdade. Mas por que será que isso acontece? Ou melhor, por que algumas pessoas têm essa impressão?

Bem, primeiro vamos entender e chegar ao consenso do que significa amizade. Um dos significados da palavra amigo vem de “animi” (alma) e “custos” (custódia), um belíssimo sentido: o guardião da alma, aquele que guarda ou custodia a alma do outro. É uma responsabilidade altíssima, considerando que a nossa alma é o que nos sustenta. Já a partir dessa “ponta do iceberg” podemos deduzir uma primeira dica do porquê de nos tornarmos tão seletivos quanto a esse guardião com o passar dos anos.

Reflita porque algumas pessoas ficam mais seletivas com a maturidade - 1 (© Personare)

O significado de uma amizade verdadeira 

Aprofundando mais, lembremos que a amizade verdadeira, para o filósofo Nietzsche, compreende dois aspectos: a liberdade do espírito e a partilha da alegria. Ser livre de espírito é aceitar que o outro e você mesmo sejam quem realmente são. ‘Ser o que se é’ demanda coragem, não é qualquer um que aceita a verdade do outro, ou que consegue ignorar as exigências sociais para vivenciar a sua verdade.A cada encontro com um amigo surge uma nova possibilidade de transformação, única e inesquecível.

Na presença de um amigo podemos soltar o ‘cinto de segurança’, nossa alma sorri, falamos o que nos vem à cabeça e ao coração, agimos com naturalidade, nos mostramos mais e assim expandimos a nós mesmos. Mas, na vida adulta, estamos realmente abertos? Não estaremos demasiadamente confortáveis no nosso posto de ‘pessoa amadurecida’?

‘Partilhar alegria’ é compartilhar, num espaço comum, a satisfação de estar com o outro e consigo mesmo. Por isso, para sentir a amizade verdadeira é muito importante conhecer a si mesmo e respeitar a individualidade do outro. Só assim chega-se a suportar as diferenças e ficar feliz com as inúmeras possibilidades dessa relação. Talvez aí vejamos a segunda dica do porquê é difícil fazer novas amizades na vida adulta.

Reflita porque algumas pessoas ficam mais seletivas com a maturidade - 1 (© Personare)

Maturidade combina com novos amigos? 

Detenho-me agora nessa segunda dica. Como já é notório para muita gente, próximos dos 30 anos e mais amadurecidos, somos mais exigentes quanto a se abrir para uma nova amizade. Geralmente achamos que essa relação precisaria cumprir critérios demais, pois não estamos mais dispostos a passar por cima de certas ‘diferenças’ tão óbvias daquilo que desejamos encontrar no outro, a nos arriscar a viver mais mudanças e muito menos expor nosso íntimo para alguém novo. O que queremos é estabilidade.

Além do que se passa dentro de nós, existem, é claro, as condições externas. Durante as primeiras duas décadas das nossas vidas, os amigos vinham até nós de maneira mais constante, dentro de três circunstâncias que vêm sendo listadas pelos sociólogos desde a década de 50: proximidade; interações repetidas e não planejadas; e um cenário que encoraja as pessoas a baixar sua guarda e confiar uns nos outros, é o que diz Rebecca Adams, professora de sociologia e gerontologia da University of North Carolina.

Como veem, além dos critérios de personalidade para estabelecer uma amizade, existem outros mais práticos: a pessoa mora perto de você ou é acessível? Dá trabalho encontrá-la num fim de semana ou numa hora de dor de cotovelo? O amigo tem o mesmo status de relacionamento e de trabalho que o seu? Possui família, filhos? Certamente não nos preocupávamos muito com essas questões durante a formação dos primeiros vínculos de amizade – como na escola e na faculdade – pois estávamos abertos a conhecer e experimentar tudo (ou quase tudo) que a vida nos oferecia.

Querem agora uma dica sobre como lidar da melhor maneira com essas circunstâncias? A amizade requer estar disponível para o encontro, sem precisar de uma disponibilidade incondicional. Mas, sim, é preciso um encontro livre, um encontro de respeito e, mais importante, ter necessidade da companhia do outro. No bom encontro, os aspectos criativos do ser se estruturam, dando mais vida a você mesmo. Abra-se para esta experiência, mesmo depois dos 30, mas também por toda a sua vida.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Pernambuco registra 1.702 casos e 18 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (15/01), 1.702 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 76 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.626 (96%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 239.155 casos confirmados da doença, sendo 30.177 graves e 208.978 leves.

Também foram confirmados 18 óbitos, ocorridos entre os dias 11/11/2020 e 13/01/2021. Com isso, o Estado totaliza 9.964 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Continuar Lendo

Cotidiano

Celpe doará refrigeradores para armazenar vacinas contra covid-19 a municípios pernambucanos

Diversas cidades também serão beneficiadas.

Redação PortalPE10

Publicado

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) doará refrigeradores científicos para que 136 municípios de Pernambuco possam armazenar vacinas contra covid-19. 296 cidades na área de concessão da Coelba (BA), 95 no Rio Grande do Norte (Cosern) e 131 em São Paulo (Elektro), também serão beneficiadas.

“Neste momento em que a campanha de vacinação é a saída para conter a pandemia de Covid-19, apoiamos os municípios mais necessitados das nossas áreas de concessão, que precisam dos refrigeradores adequados para a vacinação da população com segurança”, disse o CEO da Neoenergia, Mario Ruiz-Tagle.

A companhia terá a parceria da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) no estado.

De acordo com a Celpe, os refrigeradores são de fabricação nacional possuem temperatura programável e constante entre 2ºC e 8ºC. Eles também têm sensores e um sistema de alarme remoto a distância. Além disso, as câmaras têm capacidade de 280 litros e pode armazenar aproximadamente 18 mil doses de 0,5 ml.

Refrigeradores antigos devem ser entregues
Os governos municipais precisam entregar refrigeradores antigos para as distribuidoras da Neoenergia, nas UTDs (Unidade Territorial de Distribuição) das empresas para poder receber os novos equipamentos.

*Com informações Blog de Jamildo

Continuar Lendo

Cotidiano

Arma utilizada em homicídio de PRF é apreendida na Zona Oeste do Recife

Há suspeita de que revólver tenha sido utilizado em outros crimes.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/PRF)

Um revólver calibre .38 utilizado na morte do PRF Eduardo de Souza foi apreendido na quinta-feira (14), em um terreno baldio no Bairro do Coqueiral, na Zona Oeste do Recife. A arma foi encontrada a partir de informações de dois homens, que foram detidos durante uma ação da Delegacia de Polícia Civil de Casa Amarela, do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) e Polícia Penal (GISO), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os suspeitos pela morte do policial declararam que a arma havia sido jogada no açude de Apipucos, mas o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) não acreditava nessa hipótese. Após um intenso trabalho de inteligência das Forças de Segurança Pública, entre elas a Polícia Militar de Pernambuco(PMPE), outros elementos que colaboram para o inquérito foram encontrados.

.:: Leia também: Morte de policial rodoviário federal no Recife foi provocada por desentendimento em bar, diz Polícia Civil

.:: Leia também: Dois homens são presos em flagrante por suspeita de assassinato de policial rodoviário federal no Recife

A arma não estava municiada e existe a suspeita de que pode ter sido utilizada na prática de outros crimes. O revólver foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Casa Amarela e será entregue ao DHPP, que está à frente da investigação.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.