Nos siga nas redes sociais

Esportes

O lado B das Copas: as teorias sobre o problema com Ronaldo na final de 1998

Convulsão? Jogo vendido? Envenenamento? Traição de Susana Werner? Não faltam teorias para o episódio

Avatar

Publicado

Atualmente não há lugar mais próspero em teorias da conspiração do que a internet. Rivalidade entre partidos políticos, teses terroristas, profecias, polêmicas no esporte, artistas dados como mortos que estariam vivos… Tudo se espalha com alguns cliques, e sem qualquer fundamento ou bom senso para atestar a veracidade das informações. Mas a prática de enxergar planos maquiavélicos em tudo já existia em 1998 (bem antes disso, também), quando o acesso à rede mundial de computadores era limitado e a passos de cágado.

Não faltam explicações paralelas para o episódio que marcou a final da Copa do Mundo daquele ano, entre Brasil e França, que jogava em casa e venceu por 3 a 0, conquistando assim seu primeiro título.

 

Para quem não se lembra, o Brasil divulgou a escalação titular para a decisão sem Ronaldo. O atacante, artilheiro da seleção no torneio, seria substituído por Edmundo. A primeira justificativa era de uma lesão no tornozelo. Mudou depois para um problema estomacal. A seleção brasileira, treinada por Zagallo, não foi a campo fazer aquecimento, deixando o ambiente ainda mais esquisito. A meia hora do apito inicial, uma nova escalação foi divulgada, com Ronaldo confirmado.

Logo no início  da partida, o atacante dividiu uma bola com o goleiro francês Barthez e, com a trombada, foi ao chão. deixando os colegas de seleção assustados. Em campo, Ronaldo estava moribundo. Parecia com sono, pálido, incapaz. De herói, acabou virando o símbolo de um time apático, batido com facilidade na final do Mundial que consagrou Zidane.

Oficialmente, Ronaldo teve uma crise nervosa antes da final da Copa de 1998. O lateral-esquerdo Roberto Carlos, seu companheiro de quarto, revelou anos depois que o atacante chorou muito antes de passar mal, sentindo-se pressionado pela responsabilidade de ser a principal esperança brasileira na busca por mais um título mundial – na época ele tinha apenas 21 anos. Socorrido ainda no hotel pelos médicos da CBF, ele foi levado a um hospital e passou por exames cardiológicos e neurológicos. Recebeu alta e, mais calmo, seguiu para o estádio, disse que estava bem e pediu a Zagallo para jogar. Deu no que deu. A partir disso, várias teorias, com ou sem fundamento, surgiram.

Há uma corrente que duvida que tenha sido uma “simples” crise nervosa pré-final. Fala-se em ataque epilético, convulsão provocada por seguidas infiltrações de xilocaína para aliviar possíveis dores no joelho, e até em envenenamento provocado por um cozinnheiro francês do hotel onde a delegação se hospedara.

Já outro grupo desconfia que a pressão por disputar uma final de Copa não era o único motivo que levou Ronaldo ao colapso nervoso. O jogador estaria incomodado com os comentários de que sua namorada, a modelo Susana Werner (hoje mulher do goleiro Julio César), estaria tendo um caso na França com o jornalista Pedro Bial. Ela estava hospedada na casa que o atacante alugou para os familiares na Europa, e isso também lhe trazia aborrecimentos, já que seus pais, recém-separados, se queixavam um do outro a todo momento para Ronaldo. É o que dizem.

Mas uma teoria da conspiração que se preze precisa envolver dinheiro, o interesse de grandes corporações, corrupção, farsa. Com isso, veio a “revelação”: o Brasil perdeu para a França de propósito. Com dinheiro injetado pela Nike, a CBF embolsou muitos milhões e pagou aos jogadores a premiação que seria dada em caso de título, em troca do silêncio. O esquema garantiria o título mundial aos franceses em casa, e em troca a seleção brasileira teria caminho facilitado ao penta mundial em 2002, além da garantia da Fifia de que o país organizaria uma Copa futuramente.

Veio 2002, Copa no Japão e na Coreia do Sul. Seleção brasileira na final, vitória por 2 a 0 sobre a Alemanha, com direito a falha do goleiro Oliver Kahn em um dos gols de Ronaldo. Cinco anos depois, a Fifa escolhe o Brasil como sede do Mundial de 2014. Coincidência?

 

Há quem ache que não. O fato é que a misteriosa derrota para a França na decisão de 1998 gerou até CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito), inflamadas também pelas teorias da conspiração, na Câmara dos Deputados e no Senado. Chamado para depor em uma delas, Ronaldo foi questionado sobre o que levou a seleção brasileira ao fracasso no Estádio Saint-Denis. “Porque a França marcou três gols e o Brasil, nenhum”, respondeu.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Neymar deixa marca dos pés na calçada da fama do Maracanã

Redação PortalPE10

Publicado

O atacante Neymar passará a ter a marca de seus pés na calçada da fama do Maracanã. Neste fim de semana, o jogador se reuniu com uma equipe do estádio para tirar os moldes que serão exibidos no local.

O jogador do PSG e da seleção brasileira foi recebido pelo secretário de esportes do Rio, Leandro Alves, e pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. Ambos posaram ao lado do atleta e do pai dele, Neymar da Silva Santos.

“Muito feliz e orgulhoso de poder fazer da história do futebol e me juntar ao lado de tantos craques que deixaram seus pés marcados no Maracanã”, escreveu Neymar no Instagram.

A calçada da fama do Maracanã reúne pegadas de mais de 100 personalidades do futebol mundial, como Pelé, Garrincha, Zico, Romário, Sócrates, Marta, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. Ainda não há data para a inclusão da homenagem a Neymar no local.

O jogador do PSG passou as festas de fim de ano no Brasil e, logo após tirar os moldes dos pés, postou uma foto anunciando seu retorno à França. “Para alegria de uns e tristeza de outros. Voltando pra casa” escreveu o atleta.

Continuar Lendo

Esportes

São Paulo anuncia volta de Muricy Ramalho como coordenador de futebol

Tricampeão brasileiro com o clube, Muricy volta ao Morumbi após 6 anos.

Redação PortalPE10

Publicado

Muricy voltará ao São Paulo após período como comentarista – (Foto: Raw Image/Folhapress)

O São Paulo anunciou no sábado (2) o retorno de Muricy Ramalho ao clube. O ex-técnico assumirá o cargo de coordenador de futebol.

A promessa havia sido feita em dezembro pelo então candidato à presidência Julio Casares, que assumiu nesta sexta-feira (1º) o comando do São Paulo no triênio 2021-2023. O treinador tricampeão brasileiro no Morumbi (2006-2008) deixou a Globo, em que era comentarista, no início do último mês.

Na nova função, Muricy deve acompanhar o trabalho cotidiano da comissão técnica, liderada por Fernando Diniz, e atuar em setores específicos, como os departamentos físico e médico.

Além disso, o ex-treinador deve ser responsável pela interface com outros dirigentes do clube e pela coordenação das categorias de base do São Paulo, facilitando o ingresso de jovens jogadores no CT da Barra Funda.

A última passagem de Muricy pelo clube foi de 2013 a 2015. Ele estava fora de times do futebol brasileiro desde maio de 2016, quando se afastou do comando técnico do Flamengo por problemas de saúde.

*Com informações FolhaPress.

Continuar Lendo

Esportes

Neymar ironiza festa para 500 pessoas e diz que todos “merecem celebrar a vida”

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

Após ficar dias sem se pronunciar sobre a polêmica festa de Réveillon em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio, Neymar publicou no Instagram nesta quinta (31), os preparativos para a sua celebração de Ano-Novo.

Nas imagens, ele mostra a decoração de sua casa, que tem uma enorme mesa de jantar com flores brancas e velas. “Jantarzinho de casa, com distanciamento entre uma cadeira e outra. E não é para 500 pessoas, tá”, ironizou o jogador do PSG sobre notícias que a festa reuniria esse número de pessoas.

“Na legenda do vídeo, Neymar escreveu: “Todos aqui para sermos felizes, depois de um longo e difícil ano! Nós merecemos celebrar as nossas vidas! Momentos únicos ficarão eternos em nossa memória.” Mais cedo, ele já havia publicado vídeo fazendo o exame para a detecção da Covid. Mostrou também o seu filho, Davi Lucca, realizando o teste.

Não fica claro se o jogador está em Mangaratiba ou em Santa Catarina. A assessoria de imprensa de Neymar informou na quarta (30) que ele deveria passar o Réveillon com a família e os amigos no estado catarinense.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.