Nos siga nas redes sociais

Brasil

OMS diz que Brasil precisa agir rápido para evitar 2ª onda de Covid-19

OMS diz que Brasil precisa agir rápido para evitar 2ª onda de Covid-19

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Erasmo Menezes/PortalPE10)

Centro Palmares (Foto: Erasmo Menezes/PortalPE10)

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (27/11), os diretores da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmaram que os países da América Latina estão registrando aumento no número de casos de Covid-19.

Segundo o diretor de emergências da entidade, Michael Ryan, no caso específico do Brasil, o sistema de saúde conseguiu absorver a “pancada” da primeira onda “de forma maravilhosa”, mas, com a fadiga dos profissionais de saúde, “não podemos assumir que conseguirá mais uma vez”.

Ryan alertou ainda para a necessidade de proteger os trabalhadores da linha de frente para que consigam lidar com a alta nos casos. “Se voltarmos para uma situação de UTIs lotadas, a mortalidade vai crescer. Precisamos agir rapidamente, de forma mais consistente e colaborativa. Na primeira vez, tínhamos a desculpa de que estávamos aprendendo, adaptando, testando o que a população aceitaria. Mas, na segunda, precisamos agir melhor”, frisou.

Lições da Europa

O diretor de emergências afirmou ainda que o Brasil pode aprender com o que vem acontecendo na segunda onda da Europa e da América do Norte, para evitar que o cenário da primeira onda se repita. Segundo ele, os governos estão lidando com o surto de forma muito mais eficiente desta vez.

“É necessário tomar ações decisivas para reduzir a transmissão. Por isso, é preciso a compreensão das pessoas sobre distanciamento social, uso de máscara e importância da higiene. É difícil, principalmente em áreas muito populosas, onde as pessoas precisam sair de casa para se sustentar”, pontuou.

Ryan salientou que, quando é feita uma intervenção com base na sociedade, e as pessoas estão envolvidas, o quadro de transmissão é capaz de mudar rapidamente. “A Europa melhorou a consistência das mensagens, e as populações precisam receber informações claras”, destacou

Brasil

Bolsonaro diz que País terá novo ‘problema sério’ por falta de chuvas

Redação PortalPE10

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil terá um novo “problema sério” pela frente em razão da falta de chuvas. Em conversa com apoiadores nesta segunda-feira, 10, o chefe do Executivo disse prever nova “dor de cabeça” com a “maior crise que temos notícia”. “Estamos com um problema sério pela frente. Estamos vivendo a maior crise hidrológica da história. Eletricidade. Vai ter dor de cabeça. Um choque, né? Maior crise que temos notícia. Demos mais um azar”, disse.

O presidente frisou, ainda, que as chuvas previstas até março foram abaixo da expectativa, o que fez o cenário se agravar. “Vamos tentar aí, ver como que a gente pode se comportar”, disse.

Desde meados de abril especialistas vêm falando em risco de desabastecimento por conta da falta de chuvas e ameaças de que se repita. No primeiro trimestre de 2021, o volume das chuvas que caem na região que abastece o Sistema Cantareira, em São Paulo, foi o mais baixo desde o final da última crise hídrica, em 2016.

As declarações do presidente foram feitas na tradicional interação com apoiadores que o esperam retornar ao Palácio da Alvorada, no início da noite. O presidente, porém, não mencionou nenhuma ação ou estratégia para atacar o problema.

Continuar Lendo

Brasil

Anvisa pede suspensão imediata de vacina da AstraZeneca para grávidas

Redação PortalPE10

Publicado

Vacinação na aldeia indígena Umariaçu, próximo a Tabatinga, Amazonas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota no final da noite desta segunda-feira, 10, recomendando a suspensão imediata do uso da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford em gestantes. No Brasil, o imunizante é produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz).

De acordo com a agência reguladora, a orientação é resultado do monitoramento de efeitos adversos da vacina. “A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, diz a nota enviada à imprensa. A atual bula do imunizante não recomenda a aplicação em grávidas sem orientação médica individual.

 

Continuar Lendo

Brasil

Polícia prende mãe de criança de 3 anos morta após ser encontrada ferida em apartamento

PortalPE10 com informações G1

Publicado

A polícia investiga uma mulher que teria agredido o próprio filho, Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, até a morte, na Bela Vista, na região central de São Paulo nesta segunda-feira (10). O garoto foi levado à Santa Casa de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência (BO), o menino foi encontrado desacordado na cozinha pela tia-avó; a mãe estava com ele.

Segundo a Polícia Militar, que foi acionada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), informações preliminares apontam que a mãe teria passado por um surto psicótico. Ela foi encaminhada até o Hospital do Mandaqui, na Zona Norte, para ser medicada.

No BO, a tia-avó informou que deu mamadeira para a criança por volta das 7 horas e ficaram na sala assistindo à televisão. Após alguns minutos, o garoto foi até a cozinha. A tia-avó disse que começou a ouvir choros, mas achou que ele estava apenas pedindo colo para a mãe.

Cerca de cinco minutos depois, começou a ouvir barulhos fortes de batidas na parede e acreditou que viriam de outro apartamento. Após dez minutos, ela passou a ouvir o barulho de vidro quebrando na cozinha e, quando chegou ao cômodo, a criança estava deitada no chão com vômito e coberta por uma toalha de mesa.

A testemunha conta que perguntou à mãe o que teria acontecido, mas ela não respondeu. A criança foi levada até o hospital, onde foi confirmada a morte.

Ainda segundo a tia-avó, a mãe do garoto já foi internada cerca de quatro vezes. A tia não soube dizer, no entanto, se as internações foram por motivos psiquiátricos.

Em nota, a Santa Casa de São Paulo informou que a criança chegou ao hospital “em processo de reanimação pela equipe do SAMU e permaneceu em reanimação pela equipe médica do hospital, sendo constatado óbito na sequência”.

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo também por nota, disse que o caso está sendo registrado pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher e que a mãe foi encontrada em estado de choque e levada para um hospital psiquiátrico.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.