Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Palmares : MPF denuncia envolvidos na importação de lixo hospitalar vindo dos EUA

Réus são acusados de exportar,importar,processar e comercializar produtos perigosos e nocivos à saúde e ao meio ambiente

Avatar

Publicado

O Ministério Público Federal (MPF) em Palmares (PE) denunciou à Justiça Federal os envolvidos na importação irregular de lençóis usados em hospitais norte-americanos. A carga chegou ao Porto de Suape, no Recife, em dois contêineres, em setembro de 2011 e seria destinada à confecção de roupas e revenda no interior do estado. 

As empresas Na Intimidade, com sedes em Santa Cruz do Capibaribe e Caruaru, e Império do Forro de Bolso, de Toritama, além de seus responsáveis – Altair Teixeira de Moura, Maria Neide de Moura e Lorena de Moura Pinto – são acusados pelo MPF de exportar, importar, processar e comercializar produtos perigosos e nocivos à saúde humana e ao meio ambiente. Também é réu na ação o comerciante Cid Alcântara Ribeiro, responsável pela empresa Texport, situada nos Estados Unidos, que exportou a carga irregular.Se condenados pela Justiça Federal, os envolvidos podem ser penalizados com até 4 anos de prisão, além do pagamento de multa. Os responsáveis já foram multados pela Anvisa e pelo Ibama.

A responsável pelo caso é a procuradora da República Sílvia Regina Pontes Lopes. A importação fraudulenta foi descoberta pela Alfândega do Porto de Suape. Na declaração de importação, a empresa Na Intimidade havia registrado que se tratava de tecidos novos com defeitos, embalados em fardos. No entanto, a fiscalização identificou lençóis e fronhas com manchas de fluídos orgânicos, além de materiais hospitalares usados (cateteres, gazes, aventais, luvas, seringas, algodão e máscaras, dentre outros). Alguns dos produtos tinham logomarcas de hospitais norte-americanos.

A perícia concluiu que o material correspondia a lixo hospitalar potencialmente infectante e perfurocortante. As apurações revelaram ainda que Altair de Moura importava material desse tipo da Texport desde 2009. Ele permitia o manuseio do lixo hospitalar pelos empregados de suas empresas, que separavam e cortavam os tecidos. As peças eram revendidas inteiras, a preços abaixo do valor de mercado, ou usadas na confecção de forros de bolsos.

conteúdo MPF

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

MPPE investiga se Cacique Marquinhos exerce cargo de prefeito sem tomar posse em Pesqueira

Cacique foi eleito com 17.654 votos, mas ficou em sub judice, e está em processo de elegibilidade em curso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

PortalPE10 com informações G1

Publicado

(Foto: Reprodução)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu um inquérito civil para investigar se o candidato eleito a prefeito de Pesqueira, Cacique Marquinhos, do Partido Republicanos, no Agreste de Pernambuco, está exercendo o cargo sem ter tomado posse.

Cacique Marquinhos foi eleito com 17.654 votos, mas ficou em sub judice. Ele está em processo de elegibilidade em curso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Através de nota, a 1ª Promotoria de Justiça de Pesqueira informou que recebeu, na última semana, através do Sistema Extrajudicial do MPPE (SIM), duas denúncias enviadas pela ouvidoria, relatando que o candidato a prefeito mais votado, ainda sub judice, estaria se apresentando como chefe do Executivo municipal. Uma visita foi realizada na terça-feira (19) pela 1ª promotora de Justiça da cidade, na sede do Executivo.

O prefeito eleito informou que respeita a decisão do MPPE e que cabe ao Ministério Público investigar. Ele disse que apenas acompanha o prefeito em exercício em alguns eventos, por serem do mesmo grupo político. Ele reiterou que entrou novamente com recurso e aguarda análise do supremo.

Já a Prefeitura de Pesqueira, por meio de nota, informou que segundo a promotora, a visita teria o intuito de flagrar Cacique Marquinhos exercendo o cargo de prefeito do município. O prefeito, Sebastião Leite da Silva Neto, mais conhecido como Bal de Mimoso, apresentou as dependências da sede administrativa do município. Na nota, a Prefeitura reforçou o compromisso de seguir a Constituição Federal e as leis que regem a sociedade, além de incentivar o cumprimento destas por parte de todos os cidadãos.

Continuar Lendo

Cotidiano

Pernambuco registra quase 2 mil novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

Estado registra 1.985 casos e 35 óbitos causados pela Covid-19.

Redação PortalPE10

Publicado

Conceptual photo – testing for coronavirus: in the hand there is a test tube with a patient s blood sample, which gave a positive result for coronavirus COVID-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (21), 1.985 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 55 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.930 (97%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 246.799 casos confirmados da doença, sendo 30.492 graves e 216.307 leves.

Também foram confirmados 35 óbitos, ocorridos entre os dias 29 de outubro de 2020 e essa quarta-feira (20). Com isso, o estado totaliza 10.133 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Continuar Lendo

Cotidiano

Corpo de homem com perfuração de bala é encontrado em Água Preta

Vítima foi encontrada por moradores na manhã desta quinta-feira (12). Polícia Civil investiga o crime.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

Um homem foi encontrado morto nesta quinta-feira (21) no bairro Eudócia, em Água Preta, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Conforme informações repassadas ao PortalPE10, a vítima foi encontrada morta já em estado de decomposição. Ainda segundo informações extraoficiais o homem tinha marca de disparo de arma de fogo.

Moradores da região acionaram a Polícia Militar (PM) após encontrarem o corpo boiando.

A perícia do Instituto de Criminalística foi até o local do crime para obter informações para investigação. O corpo foi liberado para uma funerária local.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil da Delegacia de Água Preta.

O nome e a idade da vítima não foram divulgados.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.