Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Parar de fumar faz bem para a saúde mental

Revisão concluiu que abandonar o cigarro pode ter os mesmos efeitos de antidepressivos na redução de stress e ansiedade

Avatar

Publicado

Cigarro

Deixar de fumar é benéfico à saúde por uma série de motivos – entre eles, a redução do risco de doenças como o câncer e a melhora das funções cardíaca e respiratória. Agora, um novo estudo mostra que abandonar o cigarro também contribui para o bem-estar mental e têm um efeito semelhante ao dos antidepressivos utilizados para tratar ansiedade ou transtornos de humor.

A pesquisa, publicada nesta sexta-feira na revista British Medical Journal (BMJ), é uma revisão de outros 26 estudos sobre o tema. O trabalho foi feito por especialistas das universidades de Birmingham e de Nottingham, na Grã-Bretanha.

Os fumantes que participaram dos estudos revisados tinham, em média, 44 anos e fumavam de dez a quarenta cigarros por dia. Eles foram entrevistados antes de se comprometerem a tentar abandonar o cigarro e, entre seis semanas e seis meses depois, informavam se haviam conseguido.

Os pesquisadores observaram que aqueles que deixaram de fumar passaram a apresentar menos sentimentos relacionados à depressão e ansiedade, além de ter uma visão mais positiva da vida em comparação com quem não abandonou o cigarro. Segundo os pesquisadores, esse benefício ocorreu tanto em pessoas mentalmente saudáveis como entre participantes que tinham algum de transtorno psiquiátrico.

Gemma Taylor, pesquisadora da Universidade de Birmingham que coordenou o estudo, espera que esses resultados mostrem que são falsas ideias como as de que o cigarro tem qualidades antiestressantes ou relaxantes.

Maneiras de parar de fumar:

 

Parar gradualmente (grau de dependência alto)

 

A nicotina estimula a produção de dopamina, um neurotransmissor associado à sensação de prazer. Por isso, um dos sintomas da abstinência é o mau humor. Diminuir gradativamente o fumo ajuda a minimizar o sofrimento. “A pessoa deve se planejar para abandonar o vício completamente em quatro semanas”, diz Jaqueline Issa. A recomendação é reduzir o número de cigarros em 25 a 30% a cada sete dias. Se a pessoa está acostumada a fumar vinte cigarros por dia, deve diminuir para quinze na primeira semana, dez na segunda e cinco na terceira, até parar na quarta.

 

Desassociar o cigarro do prazer

O fumante associa o cigarro a momentos de prazer, como a pausa no trabalho e a cerveja no bar com os amigos. Para quebrar esse padrão, a hora de fumar deve deixar de ser agradável. “A pessoa deve passar a fumar sozinha e, se possível, de maneira desconfortável, como em pé na área de serviço”, sugere Jaqueline Issa, cardiologista diretora do Programa de Tratamento do Tabagismo do Instituto do Coração da USP (Incor). “Só assim ela vai realmente entender que é dependente, porque vai perceber que teve de levantar do sofá, onde estava sentada confortavelmente, para ir à área de serviço fumar.”

Fazer tratamento médico


“Tabagismo não é um hábito, é uma doença, e precisa ser tratado como tal”, diz a cardiologista Jaqueline Issa. Parar de fumar por conta própria pode ser difícil por causa dos sintomas ligados à abstinência da nicotina. O tratamento feito com medicamentos que atuam nos receptores de nicotina ou nos neurotransmissores estimulados pela substância, como a dopamina, ajuda a atenuar os sintomas. “Primeiro, tentamos o tratamento usando apenas um tipo de remédio. Se após duas ou três semanas a pessoa não melhorar e os sintomas persistirem, podemos combinar duas drogas, o que geralmente garante bons resultados”, diz Jaqueline.

 

Usar adesivos ou mascar gomas de nicotina

Ao contrário dos tratamentos com remédios que atuam no cérebro, para fazer uso de adesivos ou gomas com nicotina não é necessário acompanhamento médico – basta seguir as instruções da bula. Esse tipo de produto oferece ao usuário uma pequena dose de nicotina, que ajuda a impedir as crises de abstinência. Os adesivos e gomas de nicotina só são recomendados para aqueles que fumam menos de vinte cigarros por dia: caso contrário, seria preciso usar uma quantidade muito grande do produto para surtir efeito, além do gasto financeiro também ser alto.

 

Evitar álcool e cafeína

Ingerir álcool desencadeia uma série de processos químicos que aumentam a vontade de fumar. “Se a pessoa sente desejo de fumar ao ver outros fumantes, é melhor evitar o álcool e as áreas abertas de bares e restaurantes, onde o cigarro é permitido”, diz Jaqueline Issa. O mesmo acontece com o café: durante o tratamento, é recomendável trocar a bebida pura pela versão com leite, e diminuir a quantidade. “Eu costumo sugerir, no máximo, quatro xícaras de café com leite por dia”, diz Jaqueline.

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Policial militar comete suicídio após matar homem a tiros no Agreste

O PM estava bebendo com os amigos e teria assassinado a vítima usando a própria arma.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Um policial militar cometeu suicídio depois de matar um homem a tiros na tarde do último sábado (16), na cidade de Camocim de São Félix, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a polícia, o PM tinha 24 anos e estaria bebendo com os amigos no Bairro Novo.

As testemunhas informaram à polícia que o policial militar teria ido ao banheiro da casa em que estava com os amigos e, ao retornar, atirou com a própria arma na vítima, de 37 anos. Em seguira, o PM se dirigiu até a cozinha e tirou a própria vida.

Investigação

A Polícia Civil foi chamada para atender à ocorrência junto ao Instituto de Criminalística (IC). Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru.

A causa do ocorrido ainda é desconhecida e a polícia deve investigar o caso. Familiares do PM chegaram a afirmar que ele estava apresentando sintomas de início de depressão.

*Com informações NE10 Interior.

Continuar Lendo

Cotidiano

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19

O chefe do executivo municipal relatou que desde o início da pandemia vem realizando periodicamente testes para diagnosticar o coronavírus.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

O prefeito do Recife, João Campos, anunciou em suas redes sociais que testou positivo para a Covid-19. Através de um vídeo divulgado no sábado (16), o gestor afirma que está assintomático e permanece em isolamento na sua residência.

O chefe do executivo municipal relatou que desde o início da pandemia vem realizando periodicamente testes para diagnosticar o coronavírus. Na sexta-feira (15), João Campos fez mais um exame que, segundo ele, deu negativo, mas a contraprova, realizada neste sábado, deu positivo.

“Ao longo da pandemia, eu fiz vários exames para testar o coronavírus. Todos deram negativo, nunca apresentei sintomas ao longo desse período inteiro. Ontem eu fiz mais um, deu negativo, e a contraprova, de hoje, deu positivo. Então, eu testei positivo para coronavírus, estou sem sintomas, estou bem, estou isolado em casa e vou seguir assim pelos próximos dias, seguindo as recomendações médicas”, disse.

Nessa sexta-feira (15), a deputada federal Tábata Amaral também divulgou em suas redes sociais que testou positivo para Covid-19. Tábata é noiva de João Campos e acompanhou de perto toda a campanha para a prefeitura do Recife. “Estou bem e em casa, respeitando todas as recomendações médicas e de isolamento, e também cancelei as próximas agendas presenciais”, compartilhou a deputada em seu Twitter.

No vídeo publicado em seu Instagram, João Campos também comentou sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19 no Recife. Ele afirmou que “na próxima semana a cidade estará pronta” para vacinar a população, esperando apenas “o Ministério da Saúde mandar as vacinas. “Nossa infraestrutura já está toda pronta”, disse.

Covid em Pernambuco

No sábado (16) o estado confirmou mais 1.450 novos casos da Covid-19 e mais 29 mortes. Com isso, Pernambuco totaliza 240.605 casos confirmados e 9.993 mortes pela Covid-19, espalhadas pelos 184 municípios pernambucanos.

*Com informações Diário de Pernambuco.

Continuar Lendo

Cotidiano

Operação prende PMs e apreende 1,5 tonelada de cocaína, fuzis, pistolas e centenas de balas em Recife

De acordo com a Polícia Militar, entre os policias presos, há dois de Pernambuco, sendo um da reserva, e outro da Bahia. Um civil também foi detido. Ação ocorreu neste domingo (17), em Jaboatão.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Cerca de 1.5 tonelada de cocaína, fuzis e pistolas foram apreendidas em Jaboatão, no Grande Recife, em ação que envolveu prisão de PMs — (Foto: PM/Divulgação)

Três policiais militares e outro homem foram presos, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, na madrugada deste domingo (17), em uma ação que resultou em uma apreensão de drogas e armas de grosso calibre. De acordo com a PM, as equipes recolheram 1,5 tonelada de cocaína em tabletes, dois fuzis, cinco pistolas e mais de 450 balas de vários calibres.

Por meio de nota divulgada neste domingo, a PM informou que entre os policiais militares presos há dois de Pernambuco, sendo um da reserva, e outro da Bahia. Eles foram autuados na Delegacia de Jaboatão Centro.

A PM disse, ainda, que os policiais de Pernambuco sob suspeita “serão submetidos não apenas a procedimentos na Justiça, mas a procedimentos investigativos internos de controle para apurar as circunstâncias dos seus envolvimentos no fato”. Eles podem ser expulsos da corporação.

Na nota, a PM explicou que tudo começou quando equipes do 25º Batalhão receberam uma denúncia da Central de Operações de uma ocorrência envolvendo reféns em um loteamento próximo ao condomínio Alphaville.

Diante disso, militares do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) e da Contra-resposta da unidade seguiram para o local. Eles perceberam a movimentação de um veículo, com quatro ocupantes, “em atitude suspeita”.

Tabletes de cocaína foram encontrados em uma casa em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife — (Foto: PM/Divulgação)

“Os policiais deram voz de parada e iniciaram a abordagem policial, momento este em que o Batalhão de Radiopatrulha, que acompanhava a situação via rádio, chegou no local em apoio”, disse a nota.

Ainda segundo a PM, no veículo estavam os PMs, o civil e os armamentos. Uma parte das equipe levou os presos para a delegacia. Enquanto isso, o GATI continuou as investigações.

Em Alphaville, os militares chegaram até uma casa. “Dois caseiros, que estavam no local, informaram que o grupo, preso instantes atrás, havia entrado e revirado toda a casa em busca de armas e drogas”, disse a PM no comunicado.

Então, a equipe pediu apoio do policiamento do cães para entrar na residência. Antes de receber o reforço, os militares localizaram os tabletes da cocaína no local.

Ainda foram apreendidos diversos carregadores e munições, além de rádios comunicadores, celulares, coletes balísticos, balaclavas e maçaricos e uniformes da polícia. Todo o material foi levado para a delegacia de Prazeres, também em Jaboatão.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.