Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Pernambucano “degolador do Brás” que matou quatros pessoas é preso em São Paulo

Mortes, todas com facadas no pescoço, ocorreram em 8 dias; em dois casos, acusado diz ter sido pago para executar as vít

Avatar

Publicado

O pernambucano Aírton Isaías da Silva, de 19 anos, é acusado de ter matado a facadas quatro pessoas entre os dias 23 de fevereiro e 2 de março no Brás, na região central de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, ele confessou os assassinatos, após ter sido detido na noite anterior.

A Justiça decretou ontem a prisão temporária de Silva, que saiu sorrindo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para ser levado a um centro de detenção provisória. A polícia não declarou se o jovem apresenta transtornos mentais. A gravação do seu depoimento, contudo, que traz falas desconexas, tem indícios de que ele possa sofrer de algum distúrbio.

A confissão do pernambucano, que estava em São Paulo havia seis meses, foi gravada em vídeo pela polícia. Segundo a diretora do DHPP, Elisabete Sato, apesar de o indiciado ter agido da mesma forma em todos os assassinatos, matando as vítimas com facadas na região do pescoço, ele não é considerado um serial killer. “Ele agia ora por motivo pessoal, ora a mando de alguém”, disse.

No interrogatório, Silva confessou que recebeu R$ 200 e R$ 500 por duas das mortes – uma teria ocorrido no dia 23 e outra, no dia 28. As vítimas seriam um vendedor e um suposto morador de rua não identificado.

Silva teria matado também o saxofonista Aislan Dantas, de 32 anos, que tocava na banda Bonde do Maluco. Ele desapareceu depois da comemoração do nascimento de sua filha, no dia 22, e foi encontrado morto na Rua São Brás, no centro de São Paulo. O indiciado afirmou que havia saído de um forró quando atacou o músico após encontrá-lo brigando com uma mulher.

A última vítima, Rodrigo Aguiar, de 32 anos, foi morta na madrugada do dia 2. De acordo com o depoimento de Silva dado à polícia, ele havia descoberto que Aguiar, que se travestia de mulher, era um homem e o matou para se defender. Segundo Silva, Aguiar teria feito um elogio a ele.

“Ele é uma pessoa xucra, não demonstrou nenhum arrependimento”, disse o delegado Cândido Araújo, que conduziu o inquérito. “Ele é um ‘risca-faca’, daqueles que não leva desaforo para casa”, complementou.

Histórico. Segundo a delegada Elisabete, o indiciado tinha problemas já em Pernambuco, onde teria jogado uma pedra na cabeça de uma criança.

As mortes do saxofonista e do vendedor Rodrigues Torres, de 46 anos, ocorreram na mesma madrugada, no dia 23. Mas, no caso de Torres, segundo Silva, a morte teria ocorrido para cumprir uma encomenda. Ele não deu detalhes sobre quem seria o mandante.

Silva havia sido detido após uma denúncia anônima feita na quarta-feira. Os quatro crimes tinham em comum o fato de as vítimas terem tido a região do pescoço cortada pelo assassino. De acordo com uma advogada das vítimas, Jaqueline Martinelli, o homem havia sido detido por ser suspeito de pelo menos dois desses casos. Jaqueline representa a família do saxofonista Allan Dantas.

Os investigadores também trabalharam com imagens de câmera de segurança que teriam identificado o autor dos crimes. A polícia encontrou com o suspeito um chip de telefone celular que pertencia ao saxofonista morto.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Mulher engravida enquanto já estava grávida e dá à luz gêmeos

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/CNN)

Grávida de Noah, a britânica Rebecca Roberts, de 39 anos, foi surpreendida com uma nova gravidez três semanas depois. O fenômeno, considerado super raro na medicina, é denominado superfetação, que é quando ocorre uma gestação de dois ou mais fetos dentro do útero, mas em estágios diferentes de desenvolvimento. As informações são da CNN.

“Fiz um ultrassom com sete semanas e outro com 10 semanas. Em ambas as vezes foi visto o mesmo bebezinho ali. Era sempre um bebê. Até que com 12 semanas surgiu um outro bebê”, disse Rebecca Roberts, que estava grávida também de Rosalie.

“O que aconteceu é que eu engravidei enquanto já estava grávida, o que foi absolutamente louco quando nos contaram, porque isso não deveria acontecer”, explica a britânica à CNN.

Rosalie foi concebida aproximadamente três semanas após Noah. Em casos de gêmeos fraternos, como Noah e Rosalie, geralmente dois óvulos são liberados ao mesmo tempo, fertilizados e os embriões são implantados no útero ao mesmo tempo.

Mas, no caso de Rebecca Roberts, os óvulos foram lançados com três semanas de diferença e cada embrião implantado separadamente em tempos diferentes.

Segundo a ginecologista Lilian Schapiro, “é incomum neste caso que a mulher pareça ter ovulado uma vez para o bebê mais velho e depois para o menor”.

Um estudo de 2008 publicado no European Journal of Obstetrics & Gynecology and Reproductive Biology encontrou ao menos 10 casos de superfetação registrados no mundo.

No caso de Rebecca Roberts, os médicos acreditam que o uso de remédios para fertilidade pode ter ajudado a atingir o resultado. Ainda segundo os médicos do hospital, os gêmeos nasceram cerca de seis semanas antes do previsto.

Noah nasceu com aproximadamente 1,9 kg, enquanto Rosalie com 1,105 kg. Ambos precisaram ficar na unidade de terapia intensiva neonatal para ganhar peso, mas estão com boa saúde, segundo os médicos.

Apesar do tempo de gestação diferente, Rebecca Roberts disse que não os vê como irmão mais novo e irmão mais velho. “Eu definitivamente penso neles como gêmeos. Eles nasceram ao mesmo tempo. Podem não ter sido concebidos ao mesmo tempo, mas eu os carreguei ao mesmo tempo”, disse à CNN.

Questionada se se surpreendeu com a descoberta, Roberts disse: “eu não poderia acreditar que tinha acontecido comigo, mas aconteceu. É lindo.”

Continuar Lendo

Cotidiano

Novo lote com 1.410 doses da vacina contra covid deve chegar em Palmares

Pernambuco recebeu mais 255.150 doses de vacinas contra a Covid-19.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

Uma nova remessa de doses das vacinas contra a covid-19 deve chegar à Palmares, na Mata Sul nos próximos dias, isso porque o 13º lote de vacinas contra a Covid-19 chegou a Pernambuco na madrugada da última sexta-feira (16).

Conforme a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou das novas doses recebidas em Pernambuco, 102.400 são de CoronaVac/Butantan e 152.750 de Oxford/AstraZeneca. Com esse novo quantitativo, o estado totalizou 2.276.080 doses de imunizantes contra a Covid-19 recebidas, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz.

Nesta etapa da campanha, devem ser imunizadas pessoas a partir dos 60 anos de idade (de acordo com o município), idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde e trabalhadores de forças de segurança e salvamento.

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

 

Continuar Lendo

Brasil

Bolsonaro diz que tomará vacina por último: “Há muita gente apavorada”

Presidente afirma que não tem presa em se imunizar e que cederá seu lugar a quem deseja se submeter logo à vacinação.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Crítico da vacina contra a Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, na noite dessa sexta-feira (16/4), que pretende se vacinar “por último”, pois “há muita gente apavorada” esperando pela imunização. Ele tem 66 anos e já está apto para receber a vacina no Distrito Federal desde o dia 3 de abril. As informações são do Metrópoles.

“O que acontece, tem muita gente apavorada aí aguardando a vacina, então deixa as pessoas tomarem na minha frente. Vou tomar por último. Eu acho que essa é uma atitude louvável. Porque tem gente que não sai de casa, está apavorado dentro de casa”, disse o presidente a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

O chefe do Executivo federal, no entanto, já reiterou dezenas de vezes que não se imunizaria e fez algumas investidas contra a vacina.

Ao menos, três membros do alto escalão do governo federal já se vacinaram: o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB); o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro do GSI, Augusto Heleno.

Bolsonaro é o único presidente do G20, grupo que reúne as economias mais ricas do mundo, a ter negado, repetidas vezes, a hipótese de se vacinar.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.