Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Pernambuco registra mais 1.746 casos de Covid-19 e 35 novos óbitos nas últimas 24 horas

Além disso, o boletim registra um total de 178.716 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.218 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 160.498 eram casos leves.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Juan Mabromata/AFP)

(Foto: Juan Mabromata/AFP)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste sábado (19/12), 1.746 casos da Covid-19. Entre os confirmados, 76 (4,4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.670 (95,6%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 207.008 casos confirmados da doença, sendo 28.901 graves e 178.107 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 178.716 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.218 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 160.498 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 35 novos óbitos (20 masculinos e 15 femininos), registrados entre os dias 26/10 e 18/12. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Abreu e Lima (1), Afogados da Ingazeira (1), Araripina (1), Bodocó (1), Brejinho (1), Caruaru (1), Exu (1), Flores (1), Gravatá (1), Iati (1), Igarassu (1), Itambé (1), Itapetim (1), Ouricuri (1), Parnamirim (1), Paulista (3), Pesqueira (2), Recife (13) e Serra Talhada (2). Com isso, o Estado totaliza 9.418 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 7 e 99 anos. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 20 a 29 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (4), 50 a 59 (3), 60 a 69 (3), 70 a 79 (15) e 80 ou mais (7). Do total, 28 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (17), diabetes (14), obesidade (6), hipertensão (6), doença respiratória (4), doença renal (3), imunossupressão (2), AVC (2), tabagismo (1), câncer (1), e doença hepática (1), – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 23.822 casos foram confirmados e 42.827 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Empregos

Governo convoca 1.085 novos profissionais de segurança pública

Redação PortalPE10

Publicado

A convocação dos 1.085 aprovados que irão reforçar os quadros da Polícia Civil, Polícia Militar (PMPE), Polícia Científica e do Corpo de Bombeiros de Pernambuco (CBMPE) foi homologada pelo governador Paulo Câmara (PSB), nesta sexta-feira (14). Ao todo, são 750 profissionais para os cargos de soldados da Polícia Militar; 100 para os cargos de soldados do CBMPE; 80 oficiais, sendo 60 da PMPE e 20 do Corpo de Bombeiros; além de 60 concursados para os cargos de delegado da Polícia Civil e 95 para compor a Polícia Científica.

“Nossa intenção é iniciar os cursos de formação nos próximos 30 dias. A maioria dos profissionais deve estar reforçando o Pacto pela Vida ainda em 2021. Ano que vem, serão convocados mais 840 profissionais”, frisou Paulo Câmara. As organizadoras dos concursos estão autorizadas a publicar em seus sites os editais com os cronogramas de matrícula.

“Esse número se soma aos mais de seis mil policiais nomeados desde o início da gestão do governador Paulo Câmara. Neste ano de 2021, são 1.085 servidores da área de segurança que serão convocados para realização de matrícula, apresentação de documentos e início do processo de capacitação nas nossas academias”, detalhou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

Para possibilitar os cursos, as academias estão sendo preparadas dentro dos protocolos sanitários de distanciamento social estabelecidos pelo Governo de Pernambuco. Para proteger a saúde dos alunos, professores e funcionários das academias, as turmas serão menores e haverá higienização constante dos ambientes.

Continuar Lendo

Mata Sul

Por causa da chuva forte, Defesa Civil de Pernambuco alerta: quem estiver na rua deve voltar para casa

PortalPE10 com informações G1

Publicado


A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codcipe), alertou na tarde desta quinta (13), que a população deve evitar se expor nas ruas por causa das fortes chuvas que estão caindo em várias regiões. “Quem estiver fora, deve voltar com tranquilidade. Quem puder, deve ficar em casa, em segurança”, declarou o coordenador do órgão, major George Vitoriano.

O alerta do coordenador da Codecipe foi feito às 15h desta quinta; Ao G1, Vitoriano disse que era necessário evitar a exposição nas ruas, sobretudo, a partir do fim da tarde, por causa do pico da maré, às 17h.

“Teremos uma maré de 2,2 metros. Com essa intensidade de chuva que continua caindo, poderemos ter ainda mais alagamentos e as pessoas podem enfrentar mais problemas”, disse.

O major disse, ainda, que ao voltar para casa, as pessoas devem avaliar a situação do trajeto, É preciso, segundo ele, tomar cuidado com áreas de córregos e canais.

Outro alerta foi feito aos pedestres e passageiros de ônibus. “É preciso ficar atento a áreas com ligações elétricas, para evitar choques”, comentou.

Para os motoristas, o coordenador da Codecipe ressaltou a importância de checar as condições dos veículos, para evitar acidentes e problemas mecânicos provocados pela água.

 

Continuar Lendo

Pernambuco

Cantora Amanda Wanessa causou acidente de trânsito que a deixou em estado grave, diz inquérito da Polícia Civil

PortalPE10 com informações G1

Publicado

(Foto: Reprodução)

Pouco mais de quatro meses após a colisão que deixou gravemente ferida a cantora gospel Amanda Wanessa, de 34 anos, a Polícia Civil concluiu o inquérito que apurou o fato. A corporação informou, nesta quinta (13), que ficou constatado que ela causou o acidente de trânsito.

Por meio de nota, a corporação disse que, após as investigações, “foi constatado que a vítima “deu causa ao acidente”.

Ainda segundo o comunicado, o inquérito foi concluído “sem indiciamentos”. O documento seguiu para o Ministério Público de Pernambuco, na segunda (11).

A conclusão da polícia diverge da versão apresentada pela família da artista na época do acidente, no dia 4 de janeiro, na PE-60, em Rio Formoso, no Litoral Sul de Pernambuco.

Após a colisão, os parentes dela informaram que um caminhão de tijolos teria invadido a faixa contrária, colidindo com o veículo em que Amanda e as outras três pessoas estavam
A cantora dirigia o carro e estava acompanhada do pai, da filha Mel e da amiga Juciara Pimentel. A filha de Amanda Wanessa, Mel, de 6 anos, passou por uma cirurgia no ombro e teve alta do hospital dois dias depois do acidente.
Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.