Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Pernambuco tem 156.029 casos da Covid-19 e 8.487 mortes, depois de registrar mais 106 infectados e sete óbitos

Até este domingo (18), estado contabiliza 26.700 casos graves e 129.329 quadros leves da doença causada pelo novo coronavírus, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Lucas Passos

Publicado

Amostra é coletada para teste da Covid-19 — Foto: Agência Pará/Divulgação

Mais 106 casos da Covid-19 e sete óbitos provocados pela doença foram registrados em Pernambuco neste domingo (18). Esse acréscimo fez o estado totalizar 156.029 infectados pelo novo coronavírus e 8.487 mortes de pacientes, números que começaram a ser contabilizados em 12 de março, no início da pandemia.

Entre esses novos registros feitos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), estão 16 pessoas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 90 com quadros leves da Covid-19. Ao todo, Pernambuco tem 26.700 casos graves e e 129.329 casos leves da doença.

No estado, o número de pacientes recuperados da Covid-19 aumentou para 138.794. Destes, 17.052 tinham casos graves e precisaram de internamento hospitalar, e 121.742 apresentavam quadros leves.

Óbitos

Quanto aos sete novos óbitos, quatro ocorreram nos últimos três dias, sendo duas no sábado (17) e duas na sexta-feira (16). As outras três mortes aconteceram entre os dias 7 de junho e 10 de outubro. As vítimas foram todas mulheres, que moravam nas cidades do Cabo de Santo Agostinho (2), de Camaragibe (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Olinda (1), Petrolina (1) e São José do Belmonte (1).

As vítimas tinham idades entre 41 e 92 anos, e cinco delas apresentavam as seguintes comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (3), diabetes (3), hipertensão (3), doença renal (1) e histórico de AVC (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais casos estão em investigação.

Testes

Desde o começo da pandemia, o governo fez 553.615 testes para detectar a Covid-19. Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, foram 22.114 casos confirmados e 37.415 descartados.

As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.

Leitos

Segundo o boletim do governo divulgado neste domingo (18), a taxa de ocupação média do total de 1.651 leitos para a Covid-19 é de 49%. Há doentes em 65% dos 755 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e em 38% dos 896 leitos de enfermaria.

Fonte: G1

Empregos

Ferreira Costa tem vagas de emprego para início imediato em Caruaru

Redação PortalPE10

Publicado

Apesar das dificuldades relacionadas à falta de emprego no País, alguns setores e empresas seguem ampliando e contratando profissionais de diversas áreas. Indo na contramão do desemprego, com data marcada para abertura em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, a Ferreira Costa está com 15 vagas abertas para Supervisor de Logística e de Vendas.

A previsão de inauguração do Home Center em Caruaru é para meados deste ano. Após a abertura da unidade, há previsão para mais de 400 vagas entre empregos diretos e indiretos.

Todo o processo seletivo é online, por meio do site da Ferreira Costa.

A loja está sendo erguida na BR-104, no final da Avenida Agamenon Magalhães. O home center contará com 9.000 m² de área de vendas, além de espaço para cinco lojas de conveniência, estoque para pronta entrega no local e trará os serviços do clube do profissional, lista de casamento, vendas corporativas e centro automotivo.  CLIQUE AQUI SITE DA FERREIRA COSTA 

Continuar Lendo

Pernambuco

Com 540 doses para menos de 1% da população, secretário de Saúde fura fila da vacinação contra a covid-19 em São José do Egito, PE

Redação PortalPE10

Publicado

 


Com 540 doses da vacina contra Covid-19 recebidas pela Prefeitura de São José do Egito, no Sertão de Pernambuco, o município seria capaz de vacinar apenas 270 moradores do grupo de risco da cidade. Seria porque pelo menos uma dessas 270 pessoas que precisam do imunizante com urgência não vai receber a vacina neste momento, pois o secretário de Saúde da cidade, Paulo Jucá, furou a fila e recebeu o imunizante indevidamente.

Paulo Jucá não pertence a nenhum grupo de risco e mesmo assim foi fotografado recebendo a primeira dose da CoronaVac, imunizante desenvolvido pelo Instituto Butantan em São Paulo. Com este primeiro lote enviado pelo governo federal, os municípios só podem vacinar profissionais de saúde que trabalhem diretamente com pacientes de covid-19, idosos e deficientes que morem em instituições de longa permanência e indígenas que morem em aldeias.

Vídeo de fotógrafo “furando fila” da vacina contra covid-19 em Jupi, Pernambuco, viraliza; SES pede investigação
Para se ter uma ideia da importância de usar corretamente as doses deste primeiro lote para vacinar apenas indivíduos que precisem do imunizante com máxima prioridade, com as 540 doses recebidas por São José do Egito, apenas 0,79% da população poderá ser vacinada, já que, de acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade tinha, em 2020, 34.056 habitantes.

Resposta

De acordo com a Assessoria de Imprensa da prefeitura de São José do Egito, o secretário Paulo Jucá recebeu a vacina como forma de estimular a população a se vacinar.

Em outras cidades e estados, secretários de saúde, prefeitos e governadores se limitam a estar ao lado dos primeiros vacinados como forma de estimular a população e garantir que a vacina é segura.

Outro caso

O secretário de Saúde de São José do Egito não foi o primeiro a se vacinar indevidamente contra a covid-19 em Pernambuco. Em Jupi, no Agreste, o fotógrafo oficial da prefeitura, conhecido como Guilherme JG, recebeu a primeira dose do imunizante. Na cidade, apenas 68 pessoas deveriam receber a vacina e Guilherme não deveria estar na lista, uma vez que não é pertencente ao grupo prioritário. Depois da repercussão negativa, o fotógrafo disse que se arrependeu.

 

 

 

Continuar Lendo

Pernambuco

Eventos sociais e corporativos ficarão suspensos por 30 dias em Pernambuco por causa da covid-19

Redação PortalPE10

Publicado

Em entrevista coletiva remota na tarde desta quarta-feira (20), o secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, anunciou, ao lado do titular da Saúde, André Longo, a suspensão dos eventos sociais e dos eventos corporativos em todo o Estado, a partir do dia 25 de janeiro, por um prazo de 30 dias. Alguns eventos, a exemplo de casamentos e formaturas, ainda estavam autorizados, desde que respeitassem a capacidade máxima de 150 pessoas.

A decisão foi tomada pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco e teve como base o cenário de aumento de casos da doença, sobretudo nas formas mais graves. De acordo com André Longo, nas duas primeiras semanas deste ano houve uma redução de 10% nos pedidos por vaga em enfermarias, na Central de Regulação de Leitos do Estado, porém foi notado um acréscimo de 5,3% nas solicitações de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para pacientes com a doença.

“Temos, hoje (quarta-feira), um mil pacientes internados em UTIs nas redes pública e privada do Estado, o que muito nos preocupa. Sabemos da alta taxa de mortalidade entre os pacientes graves. Atingimos a marca de 10 mil vidas perdidas para a Covid-19 no último final de semana e isso nos entristece”, comentou Longo.

Recentemente, o gestor disse que, em média, de três pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) associada à Covid-19 que precisam de internação em regime de terapia intensiva, apenas um sobrevive.

Até o momento, Pernambuco notificou 30.384 casos de SRAG a partir da infecção pelo novo coronavírus – números equivalentes apenas aos pacientes que já receberam diagnóstico positivo, não contabilizando os internados ainda com suspeita da doença. Entre os casos de SRAG confirmados, 33,10% (10.059) não resistiram. Os curados somam 18.799 (61,87%).

Praias e Parques
Além dos eventos, os parques também poderão sofrer restrições nos próximos dias. “Nos preocupa o que está sendo observado nos parques, onde o abandono da máscara tornou-se quase uma normalidade. Caso não haja melhora do comportamento nesses espaços de convivência e as prefeituras não sejam mais rígidas, o Comitê decidiu por avaliar o fechamento dos parques na próxima semana”, disse André Longo.

Tanto ele quanto Rodrigo Novaes, porém, disseram que foi observada melhora em relação ao comportamento nas praias do Estado no último final de semana. Entretanto, alertaram que o litoral continua sendo alvo de avaliação constante.

“Ressalto que para termos condições de continuar com as atividades econômicas e sociais funcionando, todos precisam adotar medidas sanitárias. Não hesitaremos em tomar novas medidas restritivas na próxima semana caso haja aumento significativo nos casos e nas taxas de ocupação. As medidas adotadas são proporcionais à nossas atitudes enquanto sociedade. Os protocolos reduzem a possibilidade de contágio e proporcionam um funcionamento seguro em praticamente todas as atividades, sem colocar vidas em risco”, falou o titular da Saúde.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.