Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Pernambuco ultrapassa a marca de oito mil mortes provocadas pela Covid-19

Marcelo Passos

Publicado

Segundo boletim divulgado pelo governo, neste sábado (19), foram registrados, desde o início da pandemia, em março, 8.004 óbitos.

Pernambuco ultrapassou, neste sábado (19), a marca de oito mil mortes provocadas pela Covid-19, de acordo com dados divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Desde o início da pandemia, em março, segundo o boletim, ocorreram 8.004 óbitos.

O governo também informou, neste sábado, que foram registrados mais 807 casos do novo coronavírus. Deste total, 42 (5,2%), são ocorrências de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e as outras 765 (94,8%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar.

Com isso, subiu para 141.042 casos confirmados da doença no estado. Do total de confirmações, são 26.032 graves e 115.010 leves, de acordo com o boletim.

Ainda de acorro com a SES, as mortes registradas no boletim deste sábado ocorreram desde o dia 23 de abril.

Desses óbitos, 4 (12%) ocorreram nos últimos três dias, sendo uma na sexta-feira (18) e três em 16 de setembro. Os outros 29 registros (88%) ocorreram entre os dias 23 de abril e 14 de setembro.

Além disso, o boletim deste sábado registrou 122.512 pacientes recuperados da doença. Destes, 16.106 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 106.406 eram casos leves.

Mortes
As mortes confirmadas neste sábado foram de 20 homens e 13 de mulheres. Essas pessoas moravam nos seguintes municípios:

Belém de Maria (1), Cabo de Santo Agostinho (5), Cachoeirinha (1), Camaragibe (2), Caruaru (2), Cedro (1), Custódia (1), Gameleira (1), Igarassu (1), Jurema (1), Olinda (1), Paulista (1), Primavera (1), Recife (10), Sanharó (1), São Lourenço da Mata (1), Tabira (1) e Triunfo (1).

Os pacientes tinham idades entre 39 e 85 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (4), 60 a 69 (9), 70 a 79 (12), 80 anos ou mais (4).

Dos 33 pacientes que vieram a óbito, 10 apresentavam as seguintes doenças pré-existentes: hipertensão (4), doença neurológica (3), câncer (2), doença de Chagas (1), doença respiratória (1) e tabagismo (1).

Um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Testagem
Desde o início da pandemia, em março, o estado realizou 424.557 testes para detectar a Coivid-19. Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 21.585 casos foram confirmados 35.323 descartados.

As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.

Leitos
Neste sábado, o governo informou que a taxa global de ocupação de leitos para a Covid-19 era de 50%. Havia pacientes em 67% das UTIS e em 37% das enfermarias.

Pernambuco

Jovem de 27 anos morre e cinco pessoas ficam feridas após colisão entre carros no Agreste

Redação PortalPE10

Publicado

Um homem morreu e cinco pessoas ficaram feridas após uma colisão nessa quinta-feira (29) em Paranatama, no Agreste pernambucano. Segundo informações da polícia, um homem de 27 anos conduzia um carro quando acabou invadindo a contramão e colidiu com outro veículo.

Cinco pessoas ficaram feridas e foram socorridas para o Hospital Regional Dom Moura. Porém, devido a gravidade dos ferimentos, três pessoas foram transferidas para o Hospital da Restauração, no Recife.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Instituto de Criminalística (IC) encaminharam o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste do estado.

O estado de saúde dos feridos ainda não foi divulgado.

*Informações da Rádio Jornal Garanhuns

Continuar Lendo

Pernambuco

Quatro turistas acusados de falsificar exames da Covid-19 para entrar em Fernando de Noronha são presos

Dois casais do Tocantins chegaram à ilha em um jato particular na quarta (28). Após terem a prisão preventiva decretada pela Justiça, foram levados para a delegacia da ilha na quinta (29).

PortalPE10 com informações G1

Publicado

 


Quatro turistas de Araguaína, no Tocantins, foram presos em Fernando de Noronha, na noite da quinta-feira (29), sob acusação de falsificar exames da Covid-19 para conseguir entrar na ilha. Segundo a Administração da Ilha, os visitantes presos são dois homens e duas mulheres que chegaram em um jato particular na noite da quarta-feira (28).

Eles tiveram a prisão preventiva decretada pelo juiz André Carneiro de Albuquerque Santana, que atendeu a uma solicitação do Ministério Público de Pernambuco, representado pelo promotor Flávio Falcão. Na decisão judicial, os turistas foram enquadrados nos crimes de falsificação de documento, uso de documento falsificado e associação criminosa.

De acordo com o governo local, os turistas apresentaram exames coletados no domingo (25). No entanto, o protocolo de combate ao coronavírus exige que o teste seja realizado um dia antes do embarque para Noronha

Ainda segundo a Administração da Ilha, os quatro turistas se negaram a fazer novos exames ao chegarem na pousada. “No momento da coleta, na pousada, os visitantes se negaram a fornecer as amostras, alegando que tinham feito novos exames no mesmo dia do embarque e que estavam aguardando os resultados. Sendo assim, o material não foi coletado”, disse no texto.

 

 

Continuar Lendo

Pernambuco

Saiba como denunciar atos presenciais de campanha que gerem aglomeração

Não estão mais permitidos atos como carreatas, passeatas, bandeiraços e comícios

PortalPE10 Com informações FolhaPE

Publicado


A população pode ser uma aliada na fiscalização do cumprimento da proibição de atos presenciais de campanha que causam aglomeração. Por meio o aplicativo Pardal (disponível na Apple Store e na Google Play), eleitores poderão enviar fotos, vídeos e mensagens denunciando práticas irregulares. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), a medida é importante para evitar a possibilidade de adiamento das eleições.

Passou a valer, na noite dessa quinta-feira (29), a decisão do TRE-PE de proibir a realização, em locais abertos ou semiabertos, de atos como carreatas, passeatas, bandeiraços, caminhadas, comícios, confraternizações ou eventos, até mesmo em formato drive-thru. Para que o decreto seja respeitado, juízes das comarcas municipais e sociedade civil devem ajudar no controle.

“O juiz, por si só, tem o poder de polícia, mas é impossível estar em vários lugares ao mesmo tempo. Por isso, deve pedir apoio à força policial nessa fiscalização”, explica o diretor-geral do TRE-PE, Orson Lemos. No caso da população, a vigilância acontecer com a ajuda da tecnologia. “As pessoas podem ajudar por meio da ferramenta Pardal, que permite, em tempo real, o envio de fotos e vídeos para o juiz. O aplicativo é gratuito e já vem sendo usado em outras eleições”, acrescenta.

TRE-PE proíbe comícios, carreatas, bandeiraços, passeatas e caminhadas em todo o estado de Pernambuco

Segundo o diretor-geral, a decisão do órgão em proibir este tipo de ato de campanha chega como uma forma de evitar a possibilidade do adiamento das eleições e a disseminação do novo coronavírus. “O que se tem visto é que os candidatos não estão obedecendo as recomendações. Muitos não estão usando máscara, estão em cima de carros com mais 10 pessoas, reúnem mais de mil pessoas nos atos. E, em paralelo a isso, os dados mostram os casos da Covid-19 aumentando. A emenda nº 107 da Constituição permite o adiamento das eleições caso os números da pandemia estejam alarmantes. Não é isso o que queremos, ninguém quer uma nova data faltando apenas 15 dias para a votação”, pontua.

Ao desrespeitar a resolução, o candidato pode ser multado e ter o mandato cassado. As denúncias serão investigadas pela Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.