Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Pesquisadores registram primeiros casos de vírus zika em cérebro de bebês

Descoberta reforça a tese de problemas congênitos

Avatar

Publicado

Mosquito; dengue; zika

Para o virologista Amílcar Tanuri, da UFRJ, um dos maiores especialistas em genética de vírus do Brasil, “o zika nas Américas é uma história em desenvolvimento”. É uma história triste. Faz parte dela a descoberta no fim de semana do zika no cérebro de dois bebês, um deles com microcefalia e o outro com uma devastadora malformação cerebral. Eles morreram logo após nascer. Foram infectados quando as mães estavam por volta da 18ª semana de gestação. E o vírus permaneceu com eles o tempo todo até o nascimento, informou “O Globo”.

Essa é a primeira vez que se mostra o impacto direto do zika sobre o cérebro de bebês no Brasil, o que reforça a tese de problemas congênitos registrados em bebês de mães que tiveram a doença. A pesquisa toda desenvolvida aqui é básica para descobrir como o vírus causa danos e, assim, poder combatê-lo. O poder do zika aumenta, em parte, devido ao desconhecimento. Ninguém sabe como um micro-organismo sem importância se transformou num inimigo letal. “Pobres desses bebês”, lamenta Tanuri, chefe do Laboratório de Virologia Molecular da UFRJ.

A gestação das crianças foi acompanhada pela obstetra e cientista Adriana Melo, do Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto, em Campina Grande, na Paraíba. Ela agradece às mães. “Não pudemos fazer nada pelos filhos delas. A medicina não tem ainda como oferecer ajuda. Essas moças tiveram zika. Souberam que os fetos tinham sido atingidos. E perderam suas crianças. Essas mulheres tiveram uma grandeza enorme. Doaram os filhos para que outras mães do Brasil não sofressem o que elas e seus bebês sofreram”, afirma Adriana.

Após o ato de total desprendimento, as moças voltaram para suas casas em municípios pobres do sertão da Paraíba, onde o mosquito continua a infestar as valas de esgoto a céu aberto.

Ainda segundo “O Globo”, o estudo pioneiro ainda está em curso. É realizado pelo grupo integrado por Adriana Melo; Amílcar Tanuri; Patrícia Garcez, do Laboratório de Neuroplasticidade da UFRJ e do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino; Ana Bispo, do Laboratório de Flavivírus da Fiocruz; e Lorraine Campanati de Andrade, do Laboratório de Morfogênese Celular da UFRJ. Tanuri acredita que uma das chaves para o zika afetar tecidos dos fetos e continuar ativo nos bebês até o nascimento é um mecanismo que a ciência chama de reativação.

A gestante contrai o zika e ele não só atravessa a placenta e chega ao feto, quanto se oculta nas células de mãe e filho. Semanas após a manifestação dos primeiros sintomas, como dores e erupções na pele, a mãe sente “a volta do zika”. Tem de novo dores e outros sintomas. Algumas das mães de bebês com microcefalia relataram ter tido zika duas vezes. O pesquisador observa que, mesmo que a mãe não apresente sintomas de “uma segunda zika”, o feto pode continuar a sofrer.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Motorista fica preso às ferragens após acidente entre carro e caminhão, em Água Preta

Trecho chegou a ficar com uma das faixas interditadas.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

Um acidente entre um veículo de passeio e um caminhão deixou uma pessoa ferida nesta quarta-feira (14), em Água Preta, na Mata Sul de Pernambuco.

Um caminhão carregado com madeira colidiu de frente com um veículo modelo Fiat que vinha sentido contrario. O acidente aconteceu próximo a uma curva, na PE-096.

Um motorista do carro chegou a ficar preso às ferragens, mas foi resgatado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para uma unidade de saúde próxima. O motorista do caminhão não se feriu. Uma das pistas foi interditada para atendimento da ocorrência.

*Mais informações em instantes

(Foto: Reprodução)

Continuar Lendo

Cotidiano

Pernambuco anuncia ampliação da vacinação para idosos acima de 60 anos de idade em todo o Estado

Governador Paulo Câmara divulgou a flexibilização do rodízio de abastecimento de água nas áreas críticas da RMR, com a elevação do nível de armazenamento dos reservatórios provocada pelas chuvas

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Aluísio Moreira/SEI)

Em pronunciamento nesta quarta-feira (14.04), o governador Paulo Câmara anunciou a chegada de mais 255 mil doses de vacina contra a Covid-19 ao Estado, prevista para amanhã (15.04). Com o novo lote, será possível avançar em todos os municípios pernambucanos na imunização de idosos acima de 60 anos de idade. Além disso, Paulo Câmara também divulgou a flexibilização no rodízio do abastecimento de água nas áreas mais críticas da Região Metropolitana do Recife.

“É um passo importante na proteção da população idosa, que já vem registrando resultados positivos nas faixas etárias cuja imunização já foi concluída. Nosso esquema de logística está pronto e a distribuição dessas novas doses será concluída até a próxima sexta-feira”, ressaltou Paulo Câmara.

ÁGUA – Ainda de acordo com o governador, o volume de chuvas registrado nos últimos cinco dias elevou o nível de armazenamento dos principais reservatórios da Região Metropolitana do Recife. Com isso, será possível flexibilizar o rodízio do abastecimento de água nas áreas mais críticas da RMR. “O novo calendário será divulgado pela Compesa, e vai permitir uma oferta maior para atender às demandas da nossa população. Com mais água, temos mais condições de intensificar a higienização das mãos e dos ambientes”, reforçou Paulo Câmara.

Continuar Lendo

Cotidiano

Vídeo: Volta a chover forte e ruas já começam a ficar alagadas em Catende

Pontos de alagamento já foram registrados na Cohab e na Avenida Bela Aurora.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

Voltou a chover forte em Catende, na Mata Sul de Pernambuco na manhã desta quarta-feira (14) e vários pontos de alagamentos já foram registrados. De acordo com informações repassadas ao PortalPE10, há pontos de alagamentos na avenida Bela Aurora que dá acesso a entrada da cidade e também algumas ruas ficaram alagadas no bairro da Cohab.

Alguns dos veículos que tentam atravessar a avenida principal estão tendo dificuldades.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) o previsão é de tempo parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva de forma isolada ao longo do dia com intensidade moderada.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.