Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

PF acha mais 10 quilos de maconha no carro do filho de desembargadora

O carro, que estava apreendido há um ano, foi revistado novamente pelos policiais que encontraram mais maconha.

Avatar

Publicado


Foto: Divulgação/Polícia Federal
A Polícia Federal em Mato Grosso do Sul encontrou 10 quilos de maconha, com auxílio de cães farejadores, em um Jeep Renegade, de propriedade da presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Estado, desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, mas que era usado por seu filho, Breno Fernando Solon Borges – preso em 2017 sob acusação de tráfico de entorpecentes. A informação foi revelada pelo site Campo Grande News e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

O Jeep foi apreendido em abril de 2017, na BR-262, no município de Água Clara (MS), por agentes da Polícia Rodoviária Federal. O carro era ocupado por Breno e sua namorada.

Na época, em uma carreta reboque atrelada ao carro os policiais apreenderam, na época, 51,7 quilos de maconha e 270 munições de grosso calibre. Mais um carregamento da droga, totalizando 129 quilos, foi encontrado em uma picape F-250, de propriedade Breno

O Jeep ficou apreendido por ordem judicial. Mas agora, a PF em Três Lagoas (MS) encontrou mais 10 quilos da droga escondida no carro. Investigadores informaram que os cães farejadores estavam em treinamento para missões dessa natureza.

Depois de ter sido autuado em flagrante, quando foi surpreendido com a maconha, em abril de 2017, Breno ficou internado em uma clínica médica na cidade paulista de Atibaia, diagnosticado com Síndrome de Borderline – doença marcada por “desvios dos padrões de comportamento”, com alterações de afetividade e controle de impulsos.

Em novembro passado, a Polícia Federal havia prendido novamente o filho da magistrada, por suspeita de ligação com o tráfico de drogas.

Defesa

O advogado André Borges, constituído pela desembargadora Tânia Borges, informou que “lamenta o ocorrido”. Ele destacou que Breno Fernando Solon Borges conta com advogado contratado. “Ele (Breno) vai se defender perante o Judiciário, assim que for apresentada eventual acusação desse fato novo (encontro da droga no veículo)”.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Ex-senador Armando Monteiro é reinfectado pelo novo Coronavírus

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

O ex-senador pernambucano Armando Monteiro (sem partido) foi reinfectado pelo Novo Coronavírus. De acordo com assessoria de Imprensa do político, embora ele tenta testado positivo pela segunda vez à presença do vírus, está sendo medicado e passa bem.

Aos 68 anos, Monteiro já foi diagnosticado com o Novo Coronavírus no mês de março. No dia 16 daquele mês, o ex-senador, após regresso de Brasília, sentiu alguns sintomas de resfriado, colocando-se em isolamento. Recuperado da primeira infecção, Armando Monteiro confirmou a reinfecção nesse domingo, da 29, através de sua assessoria de Imprensa.

Até o último dia 25, Pernambuco já investigava 10 suspeitos casos de reinfecção pelo Novo Coronavírus. Em relação ao número de novos infectados, o Estado já confirmou 181.841 casos positivos e 9.030 óbitos.

PALMARES – Ao todo, já foram confirmados 1.576 casos de COVID-19 em Palmares. Deste total, 74 pessoas vieram a óbito; 1.376 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 11 casos estão sendo investigados.

Continuar Lendo

Cotidiano

Morre David Prowse, intérprete de Darth Vader em Star Wars, aos 85 anos

O agente do ator o homenageou: “Que a força esteja com ele, sempre”.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto Thierry Zoccolan/AFP via Getty Images)

David Prowse, ator britânico que interpretou Darth Vader na trilogia original de Star Wars, morreu neste domingo (29/11), aos 85 anos. Segundo a BBC, a causa da morte não foi divulgada.

A informação foi confirmada pelo agente do ator, Thomas Bowington, que também prestou uma homenagem ao amigo: “Que a força esteja com ele, sempre”.

“Embora famoso por interpretar muitos monstros, para mim e para todos os que conheceram Dave e trabalharam com ele, ele foi um herói em nossas vidas”, disse Thomas.

David Prowse assumiu publicamente, em 2009, que estava enfrentando um câncer de próstata. Na época, ele contou que tinha passado por sessões de radioterapia e estava progredindo bem no tratamento.

*Com informações Metrópoles

Continuar Lendo

Brasil

Brasileira de 9 anos entra para grupo dos mais inteligentes do mundo

Para fazer parte do grupo é necessário apresentar um Quociente de Inteligência (QI) acima de 130 e percentil superior a 99% e o de Laura é equivalente a 99,5%.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação / MF Press Global)

Com apenas 9 anos, Laura Büchele passou a fazer parte da mais antiga e respeitada Sociedade de Pessoas com Alta Inteligência do Mundo (Mensa). Para fazer parte do grupo é necessário apresentar um Quociente de Inteligência (QI) acima de 130 e percentil superior a 99% e o de Laura é equivalente a 99,5%. Aos 7 anos, após fazer um primeiro teste de QI, o resultado chamou a atenção: Laura apresentou uma pontuação de 139.

Bruna Büchele, mãe de Laura, conta que os sinais da inteligência avançada da filha começaram a aparecer antes da menina completar um ano, quando ela começou a falar. “Ela falava com clareza o que queria e começou a colocar detalhes nas explicações”, relembra.

Atualmente, Laura e a família moram na Flórida, nos Estados Unidos. A mudança ocorreu há três anos, após Bruna optar por melhores condições de vida no exterior. Antes de embarcar para um novo país, a mãe conta que Laura começou a estudar inglês no jardim de infância. Ao chegar lá, com 6 anos, a filha apresentou excelentes resultados na escola.

Em setembro deste ano, após recomendações de professores, a menina fez os testes necessários para fazer parte do Mensa e após uma semana, a família recebeu a notícia da aprovação. “O teste da Laura foi agendado durante as férias e passamos mais de quatro horas na escola. Ela fez com um profissional qualificado e, finalizado, um grupo de orientadores me convocou para explicar os resultados do teste”, lembra Bruna.

Laura nasceu em Itajaí, município de Santa Catarina, onde foi alfabetizada e fez até a primeira série. Bruna conta que o desempenho escolar da filha sempre foi positivo, bem como a convivência com professores e os amigos. “Eles (professores) tiveram, na minha opinião, um papel muito importante para toda essa bagagem de conhecimento que ela carrega. A Laura sempre foi estimulada a aprender com brincadeiras, desafios e acolhimento. Tanto comigo, antes dos 2 anos, quanto na escola que ela frequentou até os 6 anos, no Brasil”, relata.

Habilidade especial notada cedo

Antes de completar 2 anos, Laura já dominava os alfabetos português e inglês, além de memorizar as sílabas e conjugar os verbos com excelência. “Brincávamos que ela já nasceu com 70 anos, pois com uns 3 anos falava coisas como “Você poderia me servir este cafezinho?, “Mas mamãe, você precisa entender que não funciona assim”, entre outras pérolas”, relembra a mãe.

Portanto, o que mais chamou a atenção da família foi a capacidade de armazenamento de informações que a filha demonstrou ter desde cedo. Bruna Büchele conta que só de olhar para roupas, Laura consegue lembrar com exatidão a ocasião em que a peça foi usada.

De acordo com Bruna, se a família tivesse ficado no Brasil, talvez Laura não teria suas aptidões notadas tão rapidamente. “Sei que no nosso país tem crianças que se destacam, mas, muitas vezes, não recebem orientação ou nem são identificadas. Como a Laura, devem ter muitos outros por aí que, se fossem guiados, seriam pequenos gênios, inventando várias coisas para melhorar e facilitar a nossa vida”, completa.

A infância de um pequeno gênio

Embora Laura se destaque entre as outras crianças de sua idade, ela vive sua infância como qualquer outra, mesclando diversão com aprendizagem. A mãe diz que. após a escola, que vai das 8h às 15h, a única responsabilidade de Laura é almoçar, antes de sair para brincar.

“É uma rotina tranquila tanto para nós, quanto para ela, já que não precisamos ter que ficar dizendo o tempo inteiro o que ela vai fazer. É simples e funciona muito.”, diz Bruna.

Com relação aos estudos, a mãe conta que Laura não é de ficar horas estudando, já que a menina tem memória fotográfica e guarda até informações complexas. Bruna diz que já tentou revisar os conteúdos estudados nas aulas, mas não dava muito certo, pois passado um tempo, Laura ficava entediada.

Segundo a mãe, ela aprende com facilidade os assuntos pelo qual se interessa, ou os que ainda não conhece. Se é algo que ela viu ou aprendeu, Laura fica dispersa e não vai querer ouvir novamente a mesma coisa.

Laura é uma leitora assídua e, segundo Bruna, lê um ou dois livros toda semana. Além disso, matemática não é um problema para a criança, pois ela consegue fazer cálculos complexos de cabeça.

“Ela está na 4ª série, mas, segundo os professores, a leitura dela equivale a de um estudante do 7ª ano. Todos os testes que ela fez para matemática e língua inglesa equivalem ao 7ª ano. É muito provável que quando chegar no ensino médio, ela consiga pular etapas.”, detalha a mãe.

Para o futuro, Bruna Büchele adianta que Laura ainda não tem planos concretos, mas acredita que a filha seguirá caminhos da ciência ou matemática.

*Com informações Correio Braziliense

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.