Nos siga nas redes sociais

Mata Sul

Polícia confirma prisão de terceiro suspeito de envolvimento na morte de adolescente, em Água Preta

Elaine Maria da Silva, de 17 anos foi encontrada morta na manhã do último domingo, ela estava grávida de dois meses e segundo a Polícia teria sido morta no lugar do companheiro.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

Policiais Militares do 10º BPM em operação conjunta com a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) por meio da Delegacia de Polícia da 75ª Circunscrição em Água Preta prenderam nesta terça-feira (23) um homem suspeito de participar de um homicídio ocorrido no último domingo (21), em Água Preta, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. A vítima a adolescente Elaine Maria da Silva, 17 anos foi encontrada morta, no Engenho Palmeira, zona rural do município. De acordo com a polícia ela teria sido morta por três homens no lugar do seu companheiro.

O acusado Jefersson Marcolino da Silva Ferreira, vulto ‘Jefinho’ foi preso nesta terça-feira por meio de mandado de prisão temporária por 30 dias, expedido pela 1ª Vara Criminal de Água Preta. Ele estava foragido desde o dia do crime.

De acordo com a policia ele foi encontrado escondido na casa da Avó, ele confessou ter participado do crime.

Ele foi trazido até a Delegacia de Palmares, onde prestou depoimento para a Delegada Juliana Bernat.

Leia também: Jovem que foi assassinada em Água Preta estava grávida de dois meses

Outros dois envolvidos foram presos em flagrante horas após o crime, em Água Preta, ele foram encaminhado para audiência de custódia e em seguida um deles foi levado para o Presídio Rorenildo da Rocha Leão e o outro para a Funase em Garanhuns.

Após os procedimentos o homem deve ser encaminhado para o Presídio Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares.

 

Mata Sul

Catende registra nova morte por coronavírus na cidade

Óbito foi informado pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE).

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Catende)

O município de Catende, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, registrou uma nova morte por coronavírus na cidade. A informação foi divulgada na noite desta segunda-feira (1º) por meio de boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE).

O boletim ainda consta, 629 novos casos da Covid-19 registrados em Pernambuco, nesta segunda-feira. O Estado agora totaliza 300.104 casos confirmados da doença, sendo 32.499 graves e 267.605 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Até o fechamento desta reportagem a Prefeitura de Catende não havia divulgado o boletim epidemiológico de hoje com os casos registrados, o último que foi divulgado foi dia 26 de fevereiro.

Continuar Lendo

Mata Sul

Catende: Presidente da Câmara emite nota de esclarecimento sobre recomendação do Ministério Público

Segundo o órgão, a Promotoria de Justiça de Catende tomou conhecimento de uma notícia sobre a prática de nepotismo no município.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

O Ministério Público de Pernambuco expediu recomendação, em 24 de fevereiro de 2021, ao presidente da Câmara de Vereadores de Catende e aos demais membros do poder legislativo municipal que exonerem, no prazo de 48 horas, cônjuge, companheiro ou parente em linha reta ou colateral, por consanguinidade ou afinidade, até o terceiro grau e/ou que não detenham a devida habilitação técnica.

Segundo o órgão, a Promotoria de Justiça de Catende tomou conhecimento de uma notícia sobre a prática de nepotismo no município.

Após veiculação da recomendação, o presidente da Câmara de Vereadores de Catende, Djalma Loureiro de Figueredo Junior (PTB) enviou uma nota de esclarecimento ao PortalPE10 visando a elucidação dos fatos noticiados.

Nota Oficial

Com relação a matéria publicada, com o título “MPPE recomenda ao presidente da Câmara de Catende que exonere parentes de cargos públicos”, esclarecemos que:

O Presidente da Câmara Municipal de Catende, Vereador Djalma (PTB), esclarece que recebeu da mesma forma que a Prefeita Dona Graça (PTB) a recomendação do Ministério Público de Pernambuco para que exonere parentes que exerçam alguma função de confiança no legislativo municipal. No entanto, o Vereador respondeu ao ofício do Ministério Público informando que não há nenhum parente ” cônjuge, companheiro ou parente em linha reta ou colateral, por consanguinidade ou afinidade, até o terceiro grau e/ou que não detenham a devida habilitação técnica” exercendo funções em cargos de confiança na Câmara, nem do Presidente e nem de nenhum dos vereadores.

O Presidente aproveitou para reiterar votos de estima e apreço pelo Ministério Público, na pessoa do Promotor Rômulo Siqueira França, que tem prestado grandes serviços à população.

Assessoria de Comunicação do Vereador Djalma Loureiro, Presidente do Legislativo Municipal

Continuar Lendo

Mata Sul

MPPE recomenda ao presidente da Câmara de Catende que exonere parentes de cargos públicos

Redação PortalPE10

Publicado

FOTO ARQUIVO PORTALPE10

Após a Promotoria de Justiça de Catende tomar conhecimento de uma notícia sobre a prática de nepotismo no município, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao presidente da Câmara de Vereadores de Catende e aos demais membros do poder legislativo municipal que exonerem, no prazo de 48 horas, cônjuge, companheiro ou parente em linha reta ou colateral, por consanguinidade ou afinidade, até o terceiro grau e/ou que não detenham a devida habilitação técnica.

Na recomendação, o 1º Promotor de Justiça de Catende, Rômulo Siqueira França, ressaltou que o Supremo Tribunal Federal diz expressamente, na Súmula Vinculante 13, que essa prática de nomeação de parentes viola a Constituição Federal. Segundo entendimento do STF, a aplicação da súmula sobre nepotismo deve sempre levar em conta se o nomeado possui qualificação profissional compatível com as atribuições do cargo. Além disso, a nomeação de parente, sem habilitação técnica para o exercício do cargo, visando apenas interesse particular, pode configurar crime de responsabilidade (art. 1, inciso XIII, do Decreto Lei nº 201/67).

Assim, o MPPE também recomendou aos representantes do poder legislativo de Catende que se abstenha de nomear cônjuges, companheiros ou parentes consanguíneos ou por afinidade até o terceiro grau da prefeita, do vice-prefeito, dos secretários municipais e de todos os demais agentes públicos, e/ou demonstre a devida habilitação técnica para o exercício de cargos políticos.

A recomendação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPE do dia 24 de fevereiro.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.