Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Prestes a completar quatro anos, Lava-Jato já recuperou R$ 11,5 bilhões

Valores foram desviados principalmente da Petrobras, mas envolvem também outras empresas públicas.

Avatar

Publicado


Protestos se espalharam pelo país em defesa da Operação Lava-Jato, que aumentou o repúdio à classe política. Foto: Andre Violatti/Esp. CB/D.A Press
Prestes a completar quatro anos, a Lava-Jato se consolida como uma ação policial que chegou à cúpula do poder Executivo, abalou o Legislativo e sacudiu o Judiciário. A operação que estremeceu as relações políticas no país revelou um gigantesco esquema de corrupção, mobilizou milhões de brasileiros para garantir sua continuidade e deu esperança para quem se cansou da roubalheira. Engana-se quem pensa que a Lava-Jato está chegando ao fim. Na Justiça, os processos podem levar mais seis anos.

De acordo com um levantamento realizado pelo Ministério Público Federal (MPF), até o momento já foram recuperados R$ 11,5 bilhões por meio de acordos de delação premiada. Os valores foram desviados principalmente da Petrobras, mas envolvem também outras empresas públicas e esquemas que se ramificaram pelos estados. Até agora, R$ 759 milhões foram devolvidos aos cofres públicos, e R$ 3,2 bilhões estão bloqueados pela Justiça, à espera de uma decisão sobre o destino do dinheiro. Já são mais de 170 acordos de delação na 1ª instância e mais de 300 pessoas denunciadas.

Quando as investigações começaram, em 2009, a Polícia Federal descobriu uma outra “Lava-Jato”, um esquema que consistia no uso de uma rede de postos de combustíveis e lava a jato de automóveis para movimentar recursos ilícitos desviados dos cofres públicos. Na ocasião, os delegados não imaginavam que aquelas diligências levariam ao indiciamento de deputados, senadores e até presidentes da República. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi apontado como chefe da organização criminosa investigada pela operação.

No Supremo Tribunal Federal (STF), correm 200 inquéritos, que podem levar mais de seis anos para serem concluídos. Além de autoridades com foro privilegiado, a Corte também analisa acusações contra pessoas envolvidas nas mesmas práticas de quem tem foro. O advogado criminalista Luís Henrique Machado destaca que, no Supremo, a conclusão dos processos é mais demorada. “É natural que o processo em um órgão colegiado tramite mais lentamente do que na primeira instância, onde somente um juiz decide o caso. O processo no Supremo pode até tramitar mais devagar, mas, por outro lado, a possibilidade de erro judicial reduz sensivelmente”, afirmou.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Ana Maria Braga se confunde e diz que Campos do Jordão é eleito no Recife

A apresentadora confundiu também a sigla partidária de João Campos.

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

(Foto: Reprodução)

Ana Maria Braga voltou a virar meme nas redes sociais durante a edição desta segunda (30/11) do programa “Mais Você”. A apresentadora se confundiu ao mostrar imagens do Recife, capital de Pernambuco. Ao falar que estava calor na cidade, Ana emendou a informação sobre o resultado das urnas de ontem.

João Campos (PSB) venceu a prima Marília Arraes (PT) com 56,27% dos votos. Só que Ana se atrapalhou.

“Campos do Jordão, o PSDB foi eleito o novo prefeito da capital… Ah, está fazendo calor em Campos do Jordão, não é isso?”, disse ela para a produção.

Campos do Jordão é uma cidade de São Paulo, cuja temperaturas geralmente são frias. E o PSDB não disputou o segundo turno no Recife.

Enquanto as imagens continuavam mostrando a cidade do Recife, Ana se corrigiu.

“Foi eleito o novo prefeito da capital pernambucana. João Campos que ele chama, é isso? Pronto, acertei tudo agora”, comemorou ela, já chamando o intervalo.

Continuar Lendo

Cotidiano

Falsa grávida é presa com drogas escondidas em melancia presa na barriga

Para não levantar suspeitas, ela havia amarrado fruta ao corpo e escondido os entorpecentes dentro.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Falsa grávida é presa com drogas escondidas em melancia presa na barriga em Guaratinguetá. (Foto: PM/Divulgação)

Uma mulher de 38 anos foi presa com 2 kg de pasta base de cocaína escondidos em uma barriga falsa em Guaratinguetá (SP). Segundo a polícia, a mulher usou uma melancia para forjar a barriga de grávida e escondia os entorpecentes dentro da fruta. O flagrante foi neste domingo (29).

Segundo a PM, a mulher estava em um ônibus de turismo que seguia para o Rio de Janeiro quando passageiros suspeitaram e chamaram a polícia.

Durante a abordagem, a polícia percebeu que ela estava com uma barriga falsa e encontrou a droga.

Continuar Lendo

Cotidiano

Governo argentino diz que nova nuvem de gafanhotos está próxima da divisa com Brasil

Técnicos dizem que inseto é de um tipo diferente do que se aproximou em agosto.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Twitter)

O governo da Argentina alertou que uma nova nuvem de gafanhotos está próxima do Rio Grande do Sul, no Brasil. O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) disse, na sexta-feira (27), que percebeu os insetos nas cidades Campo Viera e Itacaruaré, na província de Misiones, próximas às cidades brasileiras Rincão Vermelho e Porto Xavier.

Os técnicos disseram que o gafanhoto é de um tipo diferente do que ficou próximo ao Brasil em agosto. O animal foi visto em três fazendas em Campo Vieira e uma em Itacaruaré.

Insetos estão sendo monitorados

O deslocamentos desses insetos está sendo monitorado.

*Com informações NE10

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.