Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Prisão de suspeitos de tráfico evita duplo homicídio no Cabo

Além das armas e das pedras de crack, foram apreendidos com a dupla dois carregadores e 18 munições de calibre .40, seis munições de calibre 38 e dois invólucros de cocaína.

Publicado

(Foto: Divulgação/PMPE)

(Foto: Divulgação/PMPE)

Dois homens foram presos, na noite desta quarta-feira, por policiais militares do 18º BPM, no Cabo de Santo Agostinho. Eles foram detidos na Rua 3, bairro da Bela Vista, com armas e drogas. A captura dos suspeitos ainda evitou que fosse cometido um duplo homicídio na cidade.

Durante rondas pelo Centro da cidade, o efetivo recebeu informações de populares sobre a prática de tráfico de drogas em uma residência. Foi feito um cerco ao local e ao serem chamados para vir ao lado de fora, o primeiro homem tentou fugir pelo telhado de uma casa vizinha, mas foi alcançado, portando uma pistola calibre .40.

O segundo suspeito também foi encontrado com uma bolsa onde transportava 105 pedras de crack. Ele ainda afirmou que o parceiro possuía uma outra arma, um revólver calibre 38, fato confirmado pelo proprietário, que indicou o esconderijo. Ele revelou, ainda, que iria emprestar o armamento para o amigo, que iria cometer duplo homicídio a mando de traficantes e o crime seria para quitar uma dívida de R$ 18 mil.

Os suspeitos, no entanto, ficaram acusando um ao outro sobre quem seria o executor e foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil do Cabo, para esclarecimento dos fatos e a tomada das medidas cabíveis. Além das armas e das pedras de crack, foram apreendidos com a dupla dois carregadores e 18 munições de calibre .40, seis munições de calibre 38 e dois invólucros de cocaína.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pernambuco

Jovem de 29 anos leva choque e morre após tocar em varal dentro de casa, em Altinho, no Agreste de Pernambuco

Publicado

Edvania Maria de Oliveira Andrade, 29 anos

Uma mulher morreu ao sofrer choque elétrico na manhã deste sábado (15), no centro da cidade de Altinho, no Agreste de Pernambuco.

A dona de casa Edvania Maria de Oliveira Andrade, 29 anos, estava realizando serviços doméstico e ao estender roupas em um varal recebeu forte descarga elétrica e faleceu. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência SAMU, chegou a ser acionada, porém ao chegar no local constatou o óbito.

De acordo com informações colhidas no local, o varal de roupas estaria em contato com um fio de energia, o que pode ter ocasionado o acidente. Uma perícia foi realizada no local e a Polícia Civil vai investigar o caso.As informações são do site Agreste Violento

O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), de Caruaru.

Continuar Lendo

Pernambuco

Acidente na BR 232,deixa uma pessoa morta e quatro feridas

Publicado

Um acidente no km 13 da BR 232, em Jaboatão dos Guararapes, no sentido Recife,  por volta das 14h15 deste domingo, deixou uma pessoa morta e quatro feridas. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PE), uma viatura da Polícia Militar acompanhava um carro (Corolla) com suspeita de roubo, quando o motorista do Corolla, ao perder o controle do veículo, entrou na contramão da rodovia e colidiiu com um utilitário (Land Rover) e bateu de frente em outro carro (Onix).

Segundo informações repassadas pela PRF, o motorista do Corolla era suspeito de ter roubado frentista de um posto de gasolina e portava um revólver calibre 38. Preso às ferragens, o homem não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Além do motorista, três pessoas ficaram feridas na Land Rover e foram socorridas para o Hospital Português, no Recife. Já o motorista do Onix, que também ficou ferido, foi socorrido para uma unidade de saúde da região.

Continuar Lendo

Pernambuco

Parentes e amigos se despedem de família vítima de deslizamento em Jaboatão

Publicado

Em clima de união e solidariedade, familiares e amigos se despediram dos quatro familiares que faleceram em decorrência de um deslizamento de terra em Jaboatão dos Guararapes neste domingo (16). Silvia Regina da Silva, 36 anos, Osvaldo Pessoa de Siqueira, 39, Otávio Pessoa de Siqueira, 16, Isabele Pessoa de Siqueira, 11, morreram após a queda de uma barreira sobre a casa em que moravam em Cavaleiro, após o grande volume de chuvas na última quinta-feira (13).

O sepultamento das vítimas ocorreu no Cemitério do Pacheco, em Tejipió, Zona Oeste do Recife, com centenas de pessoas acompanhando a despedida. A Prefeitura de Jaboatão custeou as dependências com o enterro. Segundo parentes, os quatro familiares eram muito queridos pela comunidade, que ficou dois dias em busca dos corpos soterrados. O reflexo disso foi no volume de pessoas no cemitério, que foram levadas por ônibus do local do deslizamento.

Irmão de Osvaldo, Manuel Pessoa de Siqueira disse que já havia morado próximo à barreira que deslizou, mudou-se, mas o irmão não teve as mesmas condições para se deslocar da moradia. “Ele era muito humilde, se tivesse condições tinha saído como eu. Não esperava que viesse muita gente, os vizinhos foram muito solidários, ficando dia e noite lá buscando e ajudando os bombeiros”, conta.

Já Carlos Francisco da Silva, irmão de Silvia, enfatizou como a família era unida e dos momentos em que ele dividia com os sobrinhos, Otávio e Isabele. “Só lembranças maravilhosas. Eu andava de bicicleta com eles, junto com meu filho. Passeava no shopping. Era muito bonito todo mundo unido, era uma festa. Todos eram carinhosos com os outros familiares”, relembra Carlos.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.