Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Projeto no Japão desenvolve exame de sangue para detectar 13 tipos de câncer

Método ainda pode ajudar na detecção precoce de doenças degenerativas.

Avatar

Publicado

O Centro Nacional de Câncer do Japão espera concluir, no prazo de cinco anos, o desenvolvimento de um método que permita o diagnóstico precoce de 13 tipos de câncer mediante um simples exame de sangue.

O projeto, com custo estimado em 57 milhões de euros, visa contribuir especialmente com a detecção precoce do câncer de mama, estômago, esôfago, pulmão, fígado, vesícula, pâncreas, colo, ovário, próstata e bexiga.

O método também pode ajudar na detecção precoce de doenças degenerativas como o Mal de Alzheimer.

Trata-se de verificar a presença no sangue de micro-ácidos ribonucleicos (microARN), cujo aumento indicaria o desenvolvimento de um câncer. Mais de 2.500 variedades destas moléculas foram descobertas no corpo humano e podem servir de “marcadores” para detectar diferentes tipos de câncer, em um método muito mais rápido que a atual bateria de exames.

O projeto é baseado em dados obtidos com 65 mil pacientes através do Centro Nacional do Câncer. “Se conseguirmos desenvolver o primeiro teste mundial de alta precisão no Japão, isto poderá aumentar em vários anos a esperança de vida das pessoas e contribuir para o desenvolvimento das indústrias japonesas”, disse Tomomitsu Hotta, presidente do centro, citado pela agência Kyodo.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o câncer matou 8,2 milhões de pessoas em 2012. Os mais letais são de pulmão, estômago, fígado, colo e mama.

Com Informações: BBC Brasil

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

FOTOS: Veja como foi a chegada das vacinas contra Covid-19 em Palmares

Município recebeu a primeira remessa de doses da CoronaVac nesta terça-feira (19).

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

Na manhã desta terça-feira (19), as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegaram em Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Enviadas pelo Ministério da Saúde, as primeiras vacinas foram transportadas em um avião da FAB que pousou em Recife capital pernambucana na noite de segunda-feira (18). Pernambuco recebeu 270 mil doses da Coronavac nesta primeira remessa.

Confira, a seguir, a galeria de imagens da chegada da vacina na sede da III Geres.

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

(Foto: Reprodução/PortalPE10)

 

 

Continuar Lendo

Cotidiano

Motorista perde controle de carreta e veículo sai da pista na BR-101, próximo a Joaquim Nabuco

Segundo a PRF, pista ficou parcialmente interrompida, deixando trânsito lento durante a manhã. Ninguém ficou ferido.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/PRF)

O motorista de um caminhão que transportava monoetilenoglicol, perdeu o controle do veículo e acabou saindo da pista na BR-101, próximo a Joaquim Nabuco, no sentido Recife. O acidente aconteceu na manhã de segunda-feira (18). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu na altura do quilômetro 166,5 e deixou o trânsito lento.

O caminhão não atingiu outros veículos, o motorista e uma passageira ficaram feridos e foram socorridas para o Hospital Regional de Palmares (HRP).

A PRF ainda informou que o veículo seria retirado após o transbordo da carga.

Continuar Lendo

Cotidiano

Vacina contra a Covid chega a Pernambuco; técnica em enfermagem será primeira imunizada

O secretário informou que, além das vacinas, os municípios também irão receber um cartão vacinal produzido pelo Governo de Pernambuco para registro das doses.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Paulo Paiva/DP)

O avião que trouxe as primeiras doses da Coronavac a serem aplicadas em Pernambuco e outros estados do Nordeste aterrissou no Aeroporto Internacional do Recife por volta das 19h30 desta segunda-feira (18). As vacinas foram trazidas por um voo de passageiros da Latam, acondicionadas em compartimentos climatizados no bagageiros. Os imunizantes destinados a Pernambuco – 270 mil doses nesta primeira remessa – seguem do terminal aéreo para a Faculdade de Ciências Médicas do Hospital Oswaldo Cruz, onde a técnica de enfermagem Perpétua do Socorro Batista, de 52 anos, será a primeira pernabucana imunizada contra o novo coronavírus. Ela trabalha na UTI do Hospital Universitário Oswaldo Crus e é profissoal de saúde há 30 anos.

Nesta segunda-feira, o secretário estadual de Saúde, André Longo, pactuou com os gestores municipais, durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), as populações prioritárias para o primeiro momento da vacinação contra a Covid-19 em Pernambuco. Ao todo, 135 pessoas participaram da reunião, entre secretários municipais, representantes da sociedade civil, de órgãos de controle, do Ministério da Saúde, conselhos de saúde e técnicos das mais diversas áreas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Com o envio de 270 mil unidades do imunizante da Coronavac/Butantan pelo Ministério da Saúde (MS), já contemplando a primeira e a segunda doses (135 mil para cada etapa), ficou acordado que serão beneficiados, inicialmente, trabalhadores de saúde atuantes em UTIs e enfermarias de atendimento à Covid-19, além dos vacinadores, idosos em instituições de longa permanência, pessoas com deficiência institucionalizadas e indígenas aldeados. Para marcar o início da vacinação, haverá evento simbólico já nesta noite para imunizar os profissionais do plantão noturno do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no Recife.

As doses da vacina serão encaminhadas de forma equânime a todos os municípios pernambucanos, que irão retirar seus quantitativo nas 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) já a partir da terça (19/01). Com as doses enviadas, serão vacinados 34% dos trabalhadores de saúde pernambucanos (mais de 99 mil) e 100% dos demais públicos: 26,5 mil indígenas, 2,5 mil idosos institucionalizados e 130 pessoas com deficiência institucionalizados. De acordo com orientação do MS, a segunda dose deve ser aplicada em um período entre duas e quatro semanas após a primeira. O Estado ainda tem orientado que, neste momento, a vacinação ocorra nos serviços de saúde, nas instituições e aldeias, ou seja, indo até o público prioritário.

“Neste primeiro momento, de acordo com o quantitativo que vamos receber, nossa prioridade será imunizar os trabalhadores de saúde que estão atendendo pacientes da Covid-19 nas nossas enfermarias e leitos de UTI. Havendo doses, devem ser atendidos os serviços de urgência, atenção primária e agentes comunitários de saúde, respeitando a gradação de acordo com o perfil que cada município tem de sua rede de atenção à Covid-19”, ressaltou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

(Foto: Arnaldo Sete/Diário de Pernambuco)

A superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo, informou que, para se vacinar, a população deve estar munida do CPF ou cartão SUS. “É importante que todos os municípios façam a alimentação diária e permanente do sistema de informação para que possamos acompanhar as ações da campanha e público vacinado”, destacou Ana Catarina.

O secretário informou que, além das vacinas, os municípios também irão receber um cartão vacinal produzido pelo Governo de Pernambuco para registro das doses. “No cartão, estarão os dados gerais do paciente, o tipo de vacina que foi aplicada e o lembrete para que seja feita a segunda dose. É importante que, além do controle que vamos ter no sistema de informação, o usuário tenha o cartão para voltar e comprovar que fez a vacina”, frisou Longo.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) lembra que já foram encaminhadas, na última terça-feira (12/01), 1,5 milhão de seringas para todos os municípios pernambucanos iniciarem a campanha e que há mais 2,5 milhões em estoque, além da previsão de receber ainda em janeiro outras 2,8 milhões e da aquisição de mais 7,5 milhões, totalizando 14,2 milhões de unidades.

*Com informações Diário de Pernambuco

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.