Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Recurso negado pelo TSE para volta das campanhas eleitorais de rua, foi do candidato a prefeito de Catende

Ministro determinou que o TRE-PE faça uma reavaliação periódica da medida

Redação PortalPE10

Publicado

Candidato a prefeito de Catende Rinaldo Barros (PSC) Foto: Reprodução Facebook

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, negou provimento a um mandado de segurança impetrado pelo candidato a prefeito de Catende, Rinaldo Barros (PSC) contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE/PE) que “proíbiu a realização de atos presencias de campanha eleitoral causadores de aglomeração em Pernambuco, para as Eleições 2020.

Em sua fundamentação, o magistrado pondera o momento excepcionalidade que envolve as eleições deste ano. “A responsabilidade por combater o coronavírus não repousa apenas nas mãos das autoridades, mas passa pela conscientização da população e, no que tange à disputa eleitoral – essencial à democracia –, pelo esforço e comprometimento dos candidatos e partidos políticos, os quais devem pautar a campanha em respeito às medidas de contenção de novas infecções, dando prevalência às plataformas que, por sua natureza, não induzam risco à população”, afirmou.

O ministro também cita os “inúmeros vídeos divulgados pela imprensa e pelas redes sociais, evidenciando patente e disseminada negligência com os parâmetros de segurança” e “distanciamento mínimo entre pessoas e da utilização de máscaras”. Portanto, o juiz anota que o Tribunal “resolveu agir a tempo de evitar um quadro de recrudescimento da pandemia, arrimado no já aludido parecer sanitário”.

Contudo, o magistrado defiriu, em menor escala, a medida liminar exclusivamente para “determinar ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE/PE) que proceda a uma periódica reavaliação do quadro que embasou a edição da Resolução n. 372/2020 e que a autoridade sanitária estadual se manifeste de forma dinâmica sobre a ratificação, ou não, do Parecer.

Pernambuco

Pernambuco registra mais de 2 mil casos de Covid-19 nas últimas 24h

PortalPE10 Com informações FolhaPE

Publicado

Teste rápido da Covid-19 - (Foto: Breno Esaki/Agência Saúde)

Teste rápido da Covid-19 – (Foto: Breno Esaki/Agência Saúde)

Seguindo a média de aumento de casos de Covid-19 nas últimas semanas em Pernambuco, o Estado registrou mais 2.084 novos registros da doença neste sábado (28), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Segundo o órgão, o aumento no número de casos hoje é motivado pelo acúmulo de notificações dos últimos três dias, devido à instabilidade no sistema do Ministério da Saúde, onde são notificados os casos leves (e-SUS Notifica).

Com os novos casos, Pernambuco totaliza 181.392 casos confirmados da doença, sendo 27.973 graves e 153.419 leves.Também foram confirmados 20 óbitos, ocorridos entre os dias 12/07 e 26/11, totalizando 9.019 mortes pela Covid-19.

Dos casos confirmados neste boletim, apenas 46 (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e todos os outros 2.038 (98%) são leves. Além disso, entre os registros do informe, 4,7% pacientes foram notificados em setembro; 75% em outubro; e 16% em novembro.

Os casos positivos notificados em novembro e informados hoje, 50% foi detectado por teste rápido e 17% por exames sorológicos – testes que indentificam a presença de anticorpos, portanto indicando que a pessoa já teve contato com o novo coronavírus e após a infeção. Os outros 33% foram detectados por meio de exames moleculares do tipo RT-PCR.

Continuar Lendo

Pernambuco

No último dia: Justiça proíbe prefeito Geraldo Julio e agentes públicos de convocar funcionários para atos de campanha de João Campos

Juiz determinou aplicação de multa de R$ 100 mil, caso atos voltem a ser praticados.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

A Justiça Eleitoral determinou que o prefeito Geraldo Julio (PSB) e outros agentes públicos se abstenham de convocar servidores municipais, inclusive terceirizados, para atos de campanha em favor de João Campos (PSB), que disputa com Marília Arraes (PT) o segundo turno à prefeitura. Uma multa de R$ 100 mil foi arbitrada aos investigados, caso a decisão seja descumprida.

A determinação foi proferida pelo juiz Sérgio Paulo Ribeiro da Silva, com base numa denúncia feita pela coligação de Marília Arraes, sobre abuso de poder econômico. Em nota, a prefeitura afirmou que “não existe qualquer tipo de pressão ou influência para a participação de servidores em qualquer ato relativo às eleições municipais”.

Na denúncia, a campanha da petista afirma que trabalhadores estariam sendo pressionados a votar em João Campos e que estariam sendo coagidos a trabalhar em prol da campanha do PSB.

Foi anexado à denúncia um vídeo em que um chefe do setor de terceirizados da prefeitura pede votos para o candidato, numa reunião realizada na terça-feira (24), na Bomba do Hemetério, na Zona Norte. Os funcionários teriam sido chamados para uma espécie de confraternização e, no local, a reunião seria um ato de campanha.

Continuar Lendo

Pernambuco

Estudante de 17 anos corre para dentro de casa, para não ser assaltado, mas é assassinado a tiros

Redação PortalPE10

Publicado

Um adolescente de 17 anos foi assassinado na noite desta sexta-feira (27), no bairro Poço, na cidade de Lajedo, no Agreste de Pernambuco.

O estudante Ryan Roberty Alves da Silva, estava próximo a casa que mora, quando dois homens ainda não identificados se aproximaram em uma moto, anunciaram que era um assalto e tentaram tomar seu aparelho celular, Ryan correu para dentro de casa e um dos assaltantes atirou nele.

A vítima caiu dentro de casa, foi socorrida e morreu a caminho do hospital e o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Qualquer informação que ajude a Polícia Civil a identificar os assassinos deve ser repassada para o WhatsApp da delegacia de Lajedo (87) 9.8877-2168, a identidade do denunciante é mantida no mais absoluto sigilo.

As informações são do site Agreste Violento.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.