Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Rótulos de bebidas alcoólicas devem estampar fotos de acidentes

Indústrias e comerciantes de bebidas alcoólicas avaliam como vão se adaptar à lei municipal nº 9374.

Publicado

A legislação determina a exibição, nos rótulos das bebidas, de imagens de acidentes de trânsito envolvendo motoristas embriagados, à semelhança do que já ocorre nas embalagens de tabaco. O objetivo é conscientizar os consumidores das bebidas sobre o risco de misturar álcool e direção.

Além das fotos, é obrigatória a impressão nas garrafas e latinhas das bebidas da frase “Se beber, não dirija” e a indicação de dados estatísticos sobre mortes e lesões graves sofridas no trânsito. Indústrias e comerciantes têm 90 dias para se adequar à norma, prazo que começou no último dia 2, quando a lei foi sancionada. Caso contrário, pagarão multa de R$ 3 mil, que pode ser dobrada em caso de reincidência.

A lei é válida tanto para os produtos fabricados em Goiânia quanto para os comercializados na capital, mas não especifica os padrões para a exibição das imagens nos rótulos. O texto também não define a cargo de quem ficou a escolha dessas imagens, nem qual é o órgão o responsável pela fiscalização. Porém, de acordo com a vereadora Cida Garcêz (Solidariedade), autora do projeto, a responsabilidade sobre escolha e padrões de imagens é da prefeitura e da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT). Já a fiscalização cabe à Secretaria Municipal de Saúde.

Procuradas pelo G1, as indústrias evitam falar sobre o assunto. A Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) e a Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe) afirmam que estão analisando a lei. Por nota, a Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) diz “não estar comentando o assunto”.

Já a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Goiás aguarda parecer da Abrasel Nacional para alinhar seu posicionamento. A Associação Goiana de Supermercados (Agos) não informou, até a publicação desta reportagem, como a entidade pretende se adaptar à lei.

Conscientização

A autora do projeto Cida Garcêz acredita no impacto positivo que a exibição dessas imagens possa ter na redução dos números de acidentes de trânsito. “Quando a pessoa vê uma imagem pesada daquela, ela terá consciência de que aquilo é perigoso e pode trazer consequências graves. Essa conscientização vem com o rótulo”, defende.

A vereadora, contudo, reconhece que não se ateve às possíveis dificuldades que as indústrias e comerciantes de bebidas teriam para se adequar à lei, como alterações no processo de produção. Ela alega não ter procurado as indústrias porque sabia que não teriam aprovado. Segundo Cida, durante todo o período de tramitação do projeto, apresentado na Câmara de Goiânia em 2008, os produtores e comerciantes não se manifestaram. “Acredito que quem cala consente”, opina.

Segundo dados da Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito em Goiânia (Dict), em 2013, a capital registrou pelo menos 3.170 acidentes com vítimas, sendo 322 mortes. Três inquéritos foram abertos na delegacia para apurar homicídios no trânsito, quando foi comprovado que motoristas embriagados foram responsáveis por acidentes com morte.

Porém, segundo a delegada adjunta da Dict, Caroline Paim Diaz, esses dados não englobam o total de acidentes com mortes envolvendo motoristas embriagados. “Mais de 70% de acidentes com morte e lesões são com motociclistas e, na maioria das vezes, ele está embriagado. Mas, como eles morrem, não temos como fazer o bafômetro e o laudo que comprova a embriaguez às vezes não chega. Esses casos acabam ficando fora da estatística”, afirma.

Fonte: G1

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Prefeitura de Quipapá entrega kits com alimentos a estudantes

Publicado

(Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Quipapá, na Mata Sul, distribuiu mais de 3.650 kits alimentares a estudantes da rede municipal, reforçando as ações de suporte à população no sentido de atenuar os efeitos da pandemia. Os kits incluem arroz, macarrão, feijão, flocos de milho e frango, que foram entregues aos pais (ou responsáveis) de alunos que estão devidamente matriculados e frequentando as aulas remotamente.

Os alimentos foram adquiridos e distribuídos pela Secretaria de Educação. Com a iniciativa, o prefeito Alvinho Porto (DEM) garante o cumprimento da Lei 13.987, de 07/04/20, que autoriza, em caráter excepcional, durante a suspensão das aulas em situação de emergência, a distribuição de gêneros alimentícios aos estudantes. A entrega contou com a participação de toda equipe da Secretaria, gestores e professores. Todos as medidas de prevenção à Covid-19 foram respeitadas, como o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento.

A entrega dos kits é mais uma iniciativa que reforça o conjunto de ações sociais que tem marcado os primeiros meses da administração de Alvinho. Neste período foi inaugurada a Casa de Apoio de Quipapá, espaço estruturado para receber pacientes do município que estão tratamento médico no Recife. Já na Semana Santa, foram distribuídas cestas de Páscoa para moradores da zona urbana, distritos e propriedades rurais contendo peixe, arroz e leite de coco. Em abril o Samu foi reativado e o município recebeu uma ambulância viabilizada por emenda parlamentar do deputado estadual Álvaro Porto (PTB). Além disso, o serviço de renovação da iluminação pública está em andamento, assegurando maior segurança à população.

Continuar Lendo

Cotidiano

Recém-nascida é salva por policiais militares após engasgar, em Catende

Equipe policial realizou a manobra de Heimlich na bebê de dois dias de vida.

Publicado

Equipe policial salva bebê após engasgar — (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma recém-nascida de dois dias de vida foi salva por policiais militares após sofrer um engasgo na noite do domingo (16) em Catende, na Mata Sul de Pernambuco.

Os pais da criança solicitaram ajuda ao perceberem que a filha engasgou e ficou sem respirar. As informações são do G1.

Conforme a Polícia Militar, a equipe realizou o procedimento de urgência com a manobra de Heimlich na recém-nascida. Os pais foram orientados a levar a criança para o atendimento médico para que fosse realizada uma avaliação clínica.

Continuar Lendo

Brasil

MC Kevin teria caído de sacada ao tentar evitar flagra com mulheres, diz modelo

Equipe do funkeiro teria colocado mulheres no quarto do artista e ele teria tentado pular a varanda do hotel para que sua esposa não fizesse um flagra.

Publicado

A modelo e passista da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi Anny Alves diz que o acidente que matou MC Kevin, nome artístico de Kevin Nascimento Bueno, 23, teria acontecido após uma “brincadeira de mau gosto” de amigos.

Em uma série de vídeos pelas redes sociais, ela conta que a equipe do funkeiro teria colocado mulheres no quarto do artista e que ele teria tentado pular a varanda do hotel para que sua esposa não fizesse um flagra.

No momento em que alguém bateu na porta do quarto, segundo ela, ele teria achado que era a mulher, com quem se casou faz algumas semanas, no México. Então, caiu do quinto andar. “Foi uma brincadeira de mau gosto. Bateram na porta e ele achou que fosse a mulher dele. Se desesperou e foi tentar pular de uma varanda para outra, o vidro quebrou”, diz a passista no vídeo. As informações são da Folhapress.

Esta seria uma outra versão do caso e que é também apurada pela polícia do Rio de Janeiro. A outra é referente a uma tentativa de pulo do quarto para a piscina do hotel. Assim, teria batido a cabeça na borda e morrido.

De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, as equipes da 16ª DP (Barra da Tijuca) realizaram diligências na piscina e no quarto onde Kevin ficou hospedado com o objetivo de esclarecer os fatos relacionados à morte do cantor. O corpo estava no IML do centro, foi necropsiado e aguardava liberação da família.

A morte de MC Kevin foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Rio horas depois de o cantor ter sido levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, zona sul da cidade, em estado grave. “Infelizmente, o paciente Kevin Bueno não resistiu e faleceu”, dizia a nota, enviada por email.

Com 9,2 milhões de seguidores no Instagram e quase 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, MC Kevin publicou em seu stories na noite de sábado (15) um vídeo no hotel, acompanhado da mulher, a advogada Deolane Bezerra. “E aí, família, suave, como que vocês estão? Estou aqui na Barra, partiu show”, disse o cantor.

Segundo o site da produtora KondZilla, que fez clipes de Kevin, ele estava no Rio de Janeiro acompanhado de MC Bruninho da Praia e MC FK para um show marcado no sábado (15) em uma balada chamada Baile do Imperador, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio.

Amigos e familiares foram ao hospital assim que receberam informações sobre o acidente. O clima era de comoção. Deolade Bezerra, com quem o artista havia se casado em abril, no México, e que estava com ele no hotel, prestou depoimento na madrugada desta segunda (17) na 16ª DP, na Barra.

A polícia também ouviu amigos do músico e funcionários do hotel. Já o corpo do artista está no IML (Instituto Médico Legal). Procurada, a assessoria do artista ainda não se manifestou sobre o enterro e velório.

Vários famosos lamentaram a morte e relembraram momentos ao lado de Kevin. Entre eles está o jogador Neymar, que era um ídolo para MC Kevin. “Tínhamos combinado de nos conhecer agora nas minhas férias, mas infelizmente não poderemos. Tenho certeza que ainda te abraçarei e te agradecerei por confiar em mim, na pessoa que eu sou. Vá em paz, menino!”, afirmou.

A morte de MC Kevin teve repercussão internacional. O ator e roteirista Marlon Wayans, do filme “As Branquelas” (2004), lamentou o ocorrido. ” Uma alma tão doce e pura”, escreveu no Instagram. “Com quem vou festejar agora quando for para o Brasil?”.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.